Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18936
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Os rumos da política externa brasileira durante os governos pós- neoliberais (2003-2010): linhagens e intepretações sobre a integração regional
metadata.dc.creator: Campos, André Sanches Siqueira
metadata.dc.contributor.advisor1: Prado, Débora Figueiredo Mendonça do
metadata.dc.contributor.referee1: Vigevani, Tullo
metadata.dc.contributor.referee2: Yahn Filho, Armando Gallo
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desta pesquisa é analisar em perspectiva histórica o papel empreendido pelo governo brasileiro na América do Sul, com ênfase nas continuidades e rupturas promovidas no processo de integração regional pelos governos pós-neoliberais de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), em relação aos governos de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), cujo modelo vincula-se ao período neoliberal dos anos 1990. A pesquisa parte da premissa de que houve mudanças na condução dos processos de integração regional no Brasil durante os governos pós-neoliberais de Lula da Silva, cujos objetivos de política externa contribuíram para um maior engajamento integracionista, representando um momento de inflexão no pensamento e nas práticas políticas regionais. Dessa maneira, busca-se identificar as linhagens de pensamento sobre a integração regional internalizadas neste período, composta pela variável ideológica e pela ação política, visando contribuir para a reflexão e interpretação das práticas do regionalismo pós-neoliberal brasileiro para a literatura das relações internacionais. Para identificar as políticas empreendidas pelos governos pós-neoliberais com vistas à consolidação da região como uma unidade política, econômica e de segurança, serão analisadas a evolução dos processos no MERCOSUL, a institucionalização da UNASUL e a conformação da CELAC. A análise do MERCOSUL, instituição que se encontra no centro das reflexões ideológicas e das práticas políticas dos governos brasileiros, estará centrada no processo de ressignificação de sua institucionalidade de modo a corroborar com a interpretação de que houve mudança significativa na condução da integração regional dos governos pós-neoliberais brasileiros.
Abstract: The aim of this research is to analyze in historical perspective the role undertaken by the Brazilian government in South America, focused on continuities and changes of the regional integration process undertaken by post-neoliberal governments. The assumption of this research is based on the changes in the conduct of regional integration process in Brazil during the post-neoliberal agenda under Lula da Silva’s Government (2003-2010), whose foreign policy orientation regarding South America has contributed to a deeper integrationist engagement at the regional level and a review for regional model thinking and political practices. In this way, the purpose of this research is also to identify and analyze the political lineage framework on regional integration taken by the post-neoliberal governments in Brazil and contribute to reflect and understand Brazilian Post-Neoliberal Regionalism practices in the international relations studies. Therefore, to identify the policies undertaken by postneoliberal governments which efforts are likely to consolidate the region as a Political, Economic and Security Unit, this research is going to analyze the foundation process of MERCOSUR, the institutionalization of UNASUR and the organization of CELAC. In order to specify the provisions on changes between the post-neoliberal governments and the Fernando Henrique Cardoso’s neoliberal governments concerning South America regional integration process, this research is going to focus on MERCOSUR institutionality changes for its considerations about Brazilian government’s ideologies and political practices.
Keywords: Relações internacionais
América do Sul - Política e governo
Neoliberalismo
MERCOSUL
Integração regional
Política Externa Brasileira
Pós-neoliberalismo
MERCOSUL
Regional Integration
South America
Brazilian foreign policy
Neoliberalism
Post-neoliberalism
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais
Citation: CAMPOS, André Sanches Siqueira. Os rumos da política externa brasileira durante os governos pós- neoliberais (2003-2010): linhagens e intepretações sobre a integração regional. 2017. 200 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18936
Issue Date: 8-Mar-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Relações Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RumosPoliticaExterna.pdfDissertação14.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.