Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18736
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Luzes e sombras na ficção científica: heterotopia e distopia na obra de George Lucas (1971-1977)
metadata.dc.creator: Flávio, Lucas Martins
metadata.dc.contributor.advisor1: Spini, Ana Paula
metadata.dc.contributor.referee1: Ferraresi, Carla Miucci
metadata.dc.contributor.referee2: Trovao, Flavio Vilas Boas
metadata.dc.description.resumo: Na literatura, alguns gêneros narrativos tanto exigem quanto suscitam maior dependência visual: os gêneros derivados da fantasia. Pode-se dizer que a ficção científica, se não é derivada da fantasia, compartilha com ela essa dependência de um sistema de visualidade especial. Analisar as características e peculiaridades desse sistema de símbolos é importante para compreender como essas narrativas criam sentido através da evocação visual. No entanto, a ficção científica não é um gênero exclusivamente literário. É um gênero multimídia, compartilhando esse sistema ao longo de sua história com outras plataformas narrativas, como o teatro e o cinema. Desse modo, é necessário também observar o desenvolvimento desse gênero e sua transposição para outros suportes, pois os significados também são construídos histórica e socialmente. Mapear e refletir sobre essas questões, especialmente em relação ao uso desse sistema visual por George Lucas – e alguns outros diretores da década de 1970 – é a proposta básica desse trabalho.
Abstract: In literature, some narrative genres both demand and elicit bigger visual dependence: the genres derived from fantasy. It can be said that science fiction, if are not derived from fantasy, shares with it this dependence of a special visuality system. Analyzing the characteristics and peculiarities of this symbol system is important to understand how these narratives create meaning through visual evocation. However, science fiction is not an exclusively literary genre. It is a multimedia genre, sharing this system throughout its history with other narrative platforms such as theater and cinema. In this way, it is also necessary to observe the development of this genre and its transposition to other supports, because the meanings are also constructed historically and socially. Mapping and reflecting on these issues, especially regarding the use of this visual system by George Lucas – and some other directors of the 1970’s – is the basic proposal of this work.
Keywords: História
Cinema e história
Ficção científica
Lucas, George, 1944
História e cinema
Regime de visualidade
History and cinema
Visuality regime
Science fiction
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: FLAVIO, Lucas Martins. Luzes e sombras na ficção científica: heterotopia e distopia na obra de George Lucas (1971-1977). 2017. 124 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18736
Issue Date: 22-Feb-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuzesSombrasFiccao.pdfDissertação4.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.