Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/35729
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMota, Amanda Alves-
dc.date.accessioned2022-08-23T17:47:18Z-
dc.date.available2022-08-23T17:47:18Z-
dc.date.issued2022-08-09-
dc.identifier.citationMOTA, Amanda Alves. Produção de materiais didáticos de inglês como língua estrangeira e formação docente crítica: um estudo autoetnográfico. 2022. 34 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/35729-
dc.description.abstractThis autoethnographic study aims to discuss the development of English language teaching materials as a part of teacher training courses through a set of materials produced in the context of ELLA, English Language Learning Laboratory, a virtual environment with an artificial intelligence system that promotes language learning through topics of social relevance. Hence, the comments presented in this paper regarding English language materials design and teacher training are based on decolonial thinking – one of ELLA’s theoretical frameworks from which the interpersonal, subjective, political and epistemic relationships that resulted from colonialism in the Americas are questioned – and language education – a concept that values critical thinking and the plurality of language use in the classroom. It is concluded that, in the context of teacher training, developing English teaching materials demands creativity and a solid theoretical foundation that supports thematic and linguistic choices. It is also a chance for language teachers to develop critical thinking and awareness regarding their roles as educators that foster citizenship and social responsibility, and to understand that language must be addressed in its ability to build, frame and organize reality in addition to its structural dimension.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectProdução de material didático de inglêspt_BR
dc.subjectEnglish language materials developmentpt_BR
dc.subjectFormação de professorespt_BR
dc.subjectTeacher trainingpt_BR
dc.subjectEnsino de língua inglesapt_BR
dc.subjectEnglish language teachingpt_BR
dc.subjectPensamento decolonialpt_BR
dc.subjectDecolonial thinkingpt_BR
dc.subjectEducação linguísticapt_BR
dc.subjectLanguage educationpt_BR
dc.titleProdução de materiais didáticos de inglês como língua estrangeira e formação docente crítica: um estudo autoetnográficopt_BR
dc.title.alternativeProduction of teaching materials for English as a foreign language and critical teacher training: an autoethnographic studypt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Brito, Cristiane Carvalho de Paula-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7024272980833285pt_BR
dc.contributor.referee1Fagundes, Isabella Zaiden Zara-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0229096247950294pt_BR
dc.contributor.referee2Nascimento, Mariana Ruiz-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1728058434635172pt_BR
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoEsta monografia de cunho autoetnográfico discute a produção de materiais didáticos de inglês como língua estrangeira como parte da formação para a docência em Letras e a partir da experiência de elaboração de conteúdos no contexto do ELLA, English Language Learning Laboratory, um ambiente virtual com um sistema de inteligência artificial que propõe a aprendizagem de língua inglesa través de temas de relevância social. As reflexões sobre elaboração de materiais didáticos e formação docente apresentadas neste estudo têm como base o pensamento decolonial – um dos pilares teóricos do ELLA a partir dos quais são problematizadas as relações interpessoais, subjetivas, políticas e epistêmicas que resultaram do colonialismo nas Américas – e a educação linguística – que se relaciona à criticidade e à valorização de práticas de linguagem multiformes na sala de aula de línguas. Conclui-se que, na formação docente, o processo de desenvolvimento de materiais didáticos, para além de envolver a criatividade e a necessidade de uma fundamentação teórica sólida que sustente as escolhas temáticas e linguísticas, também pode ser uma chance de constituição de maior criticidade e conscientização do professor de língua inglesa no que se refere ao seu papel como educador para a cidadania e a responsabilidade social e que a língua, para além de sua dimensão estrutural, deve ser abordada em sua capacidade de construir, recortar e organizar a realidade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseLetraspt_BR
dc.sizeorduration34pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADApt_BR
Appears in Collections:TCC - Letras: Inglês e Literaturas de Língua Inglesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ProduçãoMateriaisDidáticos.pdf799.13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.