Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27299
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Sexualidade, identidades de gênero, políticas públicas para a população LGBT e perfil socioeconômico de travestis profissionais do sexo
Alternate title (s): Sexuality, gender identities, public policies for LGBT population and socioeconomic profile of professional transvestites sex
Author: Santos, Lauro Ricardo de Lima
First Advisor: Junqueira, Marcelle Aparecida de Barros
First coorientator: Ferreira, Maria Cristina de Moura
Second member of the Committee: Bacelar, Winston Kleiber de Almeida
Third member of the Committee: Rosenburg, Eleusa Gallo
Summary: INTRODUÇÃO: A travesti que é uma das figuras mais estigmatizadas da comunidade de LGBT se vê sem fuga ao trabalho como profissional do sexo, visto que as mesmas por serem seres que transitam entre os gêneros, a prostituição parece ser um caminho rápido e fácil para a aquisição de recursos para a sobrevivência. A trabalhadora do sexo requer um cuidado com a saúde, visto que esta atividade laboral é considera informal e insalubre, carregando com ela diversas vulnerabilidades. OBJETIVOS: Avaliar indicadores comportamentais e sociodemográficos de travestis profissionais do sexo, além de revisar conceitos sobre sexualidade, gênero, comportamento e pontuar as politicas públicas voltadas a população LGBT. METODOLOGIA: A população foi de 46 travestis profissionais do sexo da cidade de Uberlândia-MG. A pesquisa tem um caráter descritivo e quantitativo. Para a defesa de dissertação foram utilizados 3 artigos aceitos, que são recortes da dissertação final. RESULTADOS E DISCUSSÕES: Podemos perceber com esta pesquisa que de forma geral as necessidades de saúde e conscientização desta população se tornam alarmantes e que devemos educar os profissionais de saúde, educadores, e todos que devem ser pessoas que garantam os direitos desta população. Foram vistos em diversas variáveis avaliadas as diferenças sociais e culturais que estão impregnadas nesta população que são, na maioria das vezes, obrigadas a fazerem do mercado do sexo o seu ambiente de trabalho. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Sabemos que o número de politicas publica e publicações em prol a estas populações que sejam desvinculados a epidemia de AIDS é quase inexistente, e que mesmo assim, são de suma importância para diminuir estigmatização e estereotipagem propagada há décadas a esta população.
Abstract: INTRODUCTION: The transvestite, who is one of the most stigmatized figures in the LGBT community, finds herself without escape from her work as a sex worker, as they are sexually transient beings, and prostitution seems to be a quick and easy way for them. acquisition of resources for survival. The sex worker requires health care, as this work activity is considered informal and unhealthy, carrying with it several vulnerabilities. OBJECTIVES: To evaluate behavioral and sociodemographic indicators of transvestite sex workers, as well as to review concepts on sexuality, gender, behavior and to point out public policies aimed at the LGBT population. METHODOLOGY: The population was 46 transvestite sex workers from the city of Uberlândia-MG. The research has a descriptive and quantitative character. For the dissertation defense, 3 accepted articles were used, which are clippings of the final dissertation. RESULTS AND DISCUSSIONS: We can see from this research that in general the health and awareness needs of this population become alarming and that we should educate health professionals, educators, and all who should be people who guarantee the rights of this population. The various social and cultural differences that are pervaded in this population, which are, for the most part, obliged to make the sex market their working environment, were evaluated in several variables. FINAL CONSIDERATIONS: We know that the number of public policies and publications in favor of these populations that are unlinked to the AIDS epidemic is almost nonexistent, and yet they are of paramount importance to reduce stigmatization and stereotyping propagated for decades to this population.
Keywords: Travesti
Prostituição
Políticas Públicas
Identidade de Gênero
Geografia médica
Travesti - comportamento
Travesti - condições econômicas
Travesti - políticas públicas
Transvestite
Gender identity
Public policy
Prostitution
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)
Quote: SANTOS, Lauro Ricardo de Lima. Sexualidade, identidades de gênero, políticas públicas para a população LGBT e perfil socioeconômico de travestis profissionais do sexo. 2019. 69 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador ) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.691
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.691
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27299
Date of defense: 12-Mar-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO - LAURO RICARDO DE LIMA SANTOS.pdf1.29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.