Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21033
Document type: Tese
Access type: Acesso Embargado
Title: Comunidades campesinas ameaçadas: riscos à vida e novas ruralidades na Vila Coqueiros a partir do avanço da cana-de-açúcar
Alternate title (s): Threatened peasant communities: risks to life and new ruralities in Vila Coqueiros from the advance of sugarcane
Author: Carvalho, Eduardo Rozetti de
First Advisor: Silva, Vicente de Paulo da
First member of the Committee: Suzuki, Júlio César
Second member of the Committee: Paula, Andréa Maria Narciso Rocha
Third member of the Committee: Costa, Antônio Cláudio Moreira
Fourth member of the Committee: Chelotti, Marcelo Cervo
Summary: A ação do agronegócio sobre o território, como o do setor canavieiro, deve ser entendido por ações e processos de conflitualidade dos agentes envolvidos de um lado pelo capital e do outro pelas comunidades e agricultores residentes nas áreas de interesse. Esse processo cria estruturas territoriais temporariamente definidas, mas, em contrapartida, em constante processo de (re-des)territorialização. Pensando nesse aspecto, surge a necessidade de compreendermos um desses cenários que é a comunidade camponesa Vila dos Coqueiros, em Itapagipe, Minas Gerais, como local de transformações que modificaram de forma gerar riscos aos modos de produção, vida e trabalho. Assim, o objetivo desse estudo é compreender as dinâmicas e estratégias de resistência dos agricultores e moradores da comunidade, observando suas formas de enfrentamento aos modos de vida instituídos pelos Grandes Projetos de Investimentos Canavieiros. Metodologicamente, o estudo está sustentado em debates e revisões acerca da temática, bem como direcionamentos reflexivos das realidades (re)criadas pelo avanço dos projetos de investimentos em comunidades camponesas. A estratégia de pesquisa é o estudo de caso, por meio do desenvolvimento do método monográfico/etnográfico, com o nível que propomos sendo de pesquisas do tipo descritivas e explicativas com realização de levantamento de dados primários, por meio de roteiros de entrevistas semiestruturados e não estruturados de acordo com grupos amostrais construídos, além de observações visuais. Processo concomitante com levantamento de dados secundários em banco de dados de instituições de representação a temática. O referencial bibliográfico é baseado em diversificado e variado grupos de autores e estudiosos ligados a temática, cujas análises e argumentações divergem muitas vezes umas das outras, mas que desencadearam a construção teórica e panorama reflexivo no desenvolvimento da tese. Apresentamos no decorrer da tese uma análise das ruralidades e urbanidades na comunidade, destacando os seus aspectos históricos que influenciam seus modos de manifestação do rural, como também avaliamos a dinâmica da cana de açúcar na região desde seus processos históricos como efetivos e materializados na atualidade. Avaliamos os efeitos e ameaças à comunidade camponesa estudada apresentando os riscos que essa perfaz, não deixando de analisar e precisar as transformações e resistências dos camponeses, materializada pela resiliência. Esperamos com o estudo colaborar com o conhecimento da temática além de construir um material que possibilite entender aspectos internos e externos que estruturam as comunidades camponesas tanto na produção, no trabalho e na vida desses sujeitos frente expansão do capital canavieiro.
Abstract: The action of agribusiness on the territory, such as that of the sugarcane sector, must be understood by actions and processes of conflict of the agents involved on the one hand by the capital and the other by the communities and farmers residing in the areas of interest. This process creates territorial structures that are temporarily defined, but, on the other hand, in a constant process of (re-des) territorialization. Thinking about this aspect, there is a need to understand one of these scenarios, which is the peasant community of Vila dos Coqueiros, in Itapagipe, Minas Gerais, as a place of transformation that has changed in ways that create risks to production, life and work. Thus, the objective of this study is to understand the dynamics and resistance strategies of farmers and community dwellers, observing their ways of coping with the ways of life instituted by the Large Projects of Sugarcane Investments. Methodologically, the study is based on debates and reviews on the subject, as well as reflexive orientations of the realities (re) created by the advance of investment projects in peasant communities. The research strategy is the case study, through the development of the monographic / ethnographic method, with the level that we propose being of descriptive and explanatory researches with primary data collection, through semi-structured and non- structured interview scripts. Structured according to constructed sample groups, as well as visual observations. Concurrent process with secondary data collection in the database of representative institutions thematic. The bibliographic references are based on diverse and varied groups of authors and scholars related to the theme, whose analyzes and arguments often differ from one another, but that triggered the theoretical construction and reflective panorama in the development of the thesis. In the course of the thesis, we present an analysis of the ruralities and urbanities in the community, highlighting their historical aspects that influence their manifestations of the rural, as well as evaluating the sugarcane dynamics in the region since its historical processes as effective and materialized today. We evaluated the effects and threats to the peasant community under study, presenting the risks that this is, and analyzing and specifying the transformations and resistances of peasants, materialized by resilience. Expected by the study to collaborate with the knowledge of the subject besides to build a material that makes possible to understand internal and external aspects that structure the peasant communities in the production, in the work and in the life of these subjects in front of the expansion of the sugarcane capital.
Keywords: Comunidades Camponesas
Riscos
Vulnerabilidades
Resiliência
Grandes Projetos de Investimentos
Community peasants
Scratchs
Vulnerabilities
Resilience
Major Investment Projects
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA HUMANA::GEOGRAFIA AGRARIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Administração
Quote: CARVALHO, Eduardo Rozetti de,Comunidades campesinas ameaçadas: riscos à vida e novas ruralidades na Vila Coqueiros a partir do avanço da cana-de-açúcar - Uberlândia. 2017. 234 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.14
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21033
Date of defense: 4-May-2017
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Comunidadescampesinasameaçadas.pdf
  Until 2019-06-30
Tese de Doutorado11.98 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.