Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20972
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Saúde do trabalhador do tribunal de justiça do estado de Minas Gerais: compreensões de asistentes sociais sobre as relações entre trabalho, saúde e vida.
Alternate title (s): Workers' health of the court of justice of the state of Minas Gerais: understandings of social workers on the relationships between work, health and life.
Author: Valadares, Rodrigo
First Advisor: Querino, Rosimár Alves
First member of the Committee: Lourenço, Edvânia Ângela de Souza
Second member of the Committee: Pereira, Maristela de Souza
Summary: Esta pesquisa discute a saúde do trabalhador do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG). A ênfase é a analise do modo como as assistentes sociais judiciais compreendem as relações entre trabalho, saúde e vida. Os objetivos específicos consistiram em: analisar o processo de trabalho das assistentes sociais judiciais do TJMG e as suas condições de trabalho; o modo como compreendem as relações entre as condições de trabalho e o processo saúde-doença bem como a capacidade de enfrentamento das situações de desgaste ou dor em seu cotidiano de trabalho e verificar como as assistentes sociais judiciais relacionam as licenças de saúde com o seu processo de vida. De natureza qualitativa, a pesquisa deu-se a partir de uma inter-relação entre a pesquisa bibliográfica e a de campo. A pesquisa bibliográfica embasou-se no referencial teórico da saúde do trabalhador. A pesquisa de campo contou com a participação de vinte assistentes sociais judiciais. As entrevistas foram audiogravadas, transcritas na íntegra e analisadas de modo temático. Emergiram quatro categorias temáticas: ser assistente social no TJMG, condições de trabalho, organização do trabalho e processo saúde-doença dos assistentes sociais judiciais. O estudo evidenciou os impactos das transformações do mundo do trabalho também no Tribunal de Justiça e entre servidores públicos. Os resultados alcançados demonstram que as assistentes sociais judiciais compreendem os impactos da organização e das condições de trabalho sobre suas condições de saúde e vida. O volume elevado de processos, a pressão para cumprir metas e prazos em condições precárias, assédio moral e dificuldades para a progressão na carreira constituem aspectos desgastantes do trabalho. Os aspectos gratificantes do trabalho são vinculados ao atendimento das demandas sociais e reconhecimento dos cidadãos. Ao mesmo tempo em que as assistentes sociais reconhecem que a organização do processo de trabalho produz adoecimento, em alguns momentos dos depoimentos negam tais relações. Demonstram dificuldades de estabelecer nexo causal, sendo na maioria das vezes, ignorados pelas trabalhadoras seus diagnósticos de afastamentos por motivo de transtorno mental e do comportamento em decorrência do trabalho. Em contrapartida, as trabalhadoras evidenciaram que a saúde do trabalhador do TJMG está circunscrita à função pericial. Nesse sentido, se faz necessário que a categoria dos assistentes sociais judiciais se organize para propor ações efetivas em prol de melhores condições e organização do trabalho, assistência, prevenção e da promoção da saúde dos trabalhadores.
Abstract: This research discusses the health of the worker of the Court of Justice of the State of Minas Gerais. Emphasis is the analysis of how judicial social workers understand the relations between work, life and health. The specific objectives consisted in: analyze the working process of the judicial social workers of the Court of Justice of the State of Minas Gerais and their working conditions; the way they understand the relation between working conditions and the health- disease process as well as the ability to cope with situations of wear or pain in their daily work and verify how judicial social workers relate sick leaves to their life process. Qualitative in nature, the research was based on an interrelationship between bibliographical and field research. The bibliographical research was based on the theoretical reference of worker health. The field research had the participation of twenty judicial social workers. The interviews were audio-videotaped, transcribed in their entirety and thematically analyzed. Four thematic categories emerged: be a social worker in the Court of Justice of the State of Minas Gerais, work conditions, work organization and health- disease process of judicial social workers. The study showed the impacts of transformations in the world of work also in the Court of Justice and among civil servants. The study evidenced the impact of transformations in the world of work also in the Court of Justice and among public servants. The results achieved demonstrated that judicial social workers understand the impact of the organization and working conditions on their health and life conditions. The high volume of processes, the pressure to meet goals and deadlines in precarious conditions, moral harassment and difficulties for the career progression are exhausting aspects of the work. The gratifying aspects of the work are linked to meeting the social demands and recognition of citizens. At the same time that the social workers recognize that the organization of the work process produces sickness, in some moments of the testimonies deny such relations.They show difficulties in establishing causal nexus, most of which are ignored by women workers, their medical licensing diagnosis due to mental disorder and behavior as a result of work. On the other hand, the workers evidenced that the worker's health of the Court of Justice of the State of Minas Gerais is limited to the expert function. In this sense, it is necessary that the category of judicial social workers be organized to propose effective actions for better conditions and work organization, assistance, prevention and health promotion of workers.
Keywords: Geografia médica
Saúde e trabalho
Mulheres
Trabalho
Assistentes sociais
Saúde do trabalhador
Mulheres trabalhadoras
Promoção da saúde
worker's Health
Social workers
Working Women
Health Promotion
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)
Quote: VALADARES, Rodrigo. Saúde do trabalhador do tribunal de justiça do estado de Minas Gerais: compreensões de assistentes sociais sobre as relações entre trabalho, saúde e vida. 2017. 162 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: x
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20972
Date of defense: 20-Jul-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SaudeTrabalhadorTribunalJustica.pdfDissertação3.18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.