Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19369
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: A reestruturação produtiva na empresa Votorantim Metais: novas práticas para a velha dominação capitalista
Author: Lucas, Marcilio Rodrigues
First Advisor: Almeida, Antônio de
First member of the Committee: Paula, Dilma Andrade de
Second member of the Committee: Graciolli, Edilson José
Summary: Esta pesquisa busca analisar o processo de reestruturação produtiva ocorrido na empresa Votorantim Metais/Unidade Três Marias-MG (VMTM), a partir da década de 1990. Essa reestruturação está inserida num processo mais amplo de reorganização do capitalismo, que, no plano da produção, caracteriza-se pela ascensão do modelo "toyotista" de organização do trabalho. As mudanças percebidas nesse contexto são de grande profundidade, alterando aspectos da materialidade e da subjetividade dos trabalhadores da VMTM. Entre as principais transformações ocorridas estão as demissões em massa, a terceirização de vários setores da empresa, a fragmentação dos trabalhadores e a intensificação do trabalho. Além disso, a partir do ideal de "empresa enxuta", a VMTM apresenta uma série de programas organizacionais que tem por objetivo final estabelecer novos mecanismos de sujeição da força de trabalho, que possibilitem o aumento da produtividade ao proporcionar um grau maior de envolvimento dos trabalhadores com o processo produtivo. Em outros termos, trata-se de uma tentativa de conseguir o engajamento subjetivo dos trabalhadores em defesa das metas empresariais, num contexto desfavorável às organizações coletivas dos trabalhadores. Por último, este trabalho procura analisar a experiência dos trabalhadores, em termos de adesão e resistência, diante do processo de reestruturação colocado. Trata-se de uma realidade extremamente contraditória, na qual a pressão pela conformação aos padrões da empresa possui mais força e poder persuasivo que as noções de identidade e solidariedade de classes. Porém, não se pode dizer que existe uma assimilação completa do conteúdo da dominação burguesa por parte dos trabalhadores. Apesar da conjuntura adversa, os trabalhadores da VMTM demonstram capacidade crítica frente ao processo e conseguem manter, com todas as dificuldades, um sindicato significativamente combativo, muito distante do "sindicato de empresa" projetado pelo modelo toyotista.
Notes: Palavras-chave criadas pelo pesquisador do Projeto PROGRAD/DIREN/UFU 2016-2017 Historiografia e pesquisa discente: as monografias dos graduandos em História da UFU.
Keywords: Votorantim
Capitalismo
Toyotismo
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: LUCAS, Marcilio Rodrigues. A reestruturação produtiva na empresa Votorantim Metais: novas práticas para a velha dominação capitalista. 2007. 94 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de História, Instituto de História, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19369
Date of defense: 2007
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ReestruturacaoProdutivaVotorantim.pdfTCC18.06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.