Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19168
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Democracia participativa e tensão social em Uberlândia: experiências de moradores do bairro Nossa Senhora das Graças
metadata.dc.creator: Santos, Carlos Meneses Sousa
metadata.dc.contributor.advisor1: Cardoso, Heloisa Helena Pacheco
metadata.dc.contributor.referee1: Paula, Dilma Andrade de
metadata.dc.contributor.referee2: Caldas, Pedro Spinola Pereira
metadata.dc.description.resumo: A monografia busca compreender a relação que os moradores do bairro Nossa Senhora das Graças estabeleceram com a gestão administrativa do governo do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), capitaneado pela imagem política de Zaire Rezende. Como na Uberlândia dos anos 80, governada pela oposição peemedebista foi construída/sustentada a dominação de classe, esta vivida em meio a oposições, expectativas e indiferenças, em torno da proposta de participação popular? Compõem este trabalho documentações produzidas pelo poder público; ofícios encaminhados e recebidos pelas organizações de representação popular; atas, tanto as da Câmara Municipal, quanto as da Associação de Moradores do Bairro Nossa Senhora das Graças; matérias dos jornais Correio de Uberlândia e Primeira Hora, os quais circularam periodicamente na cidade de Uberlândia nos anos de 1980; e, ainda, as entrevistas orais, cujo objetivo era perceber como as pessoas entrevistadas interpretaram suas vivências nas relações que estabeleceram com o poder público municipal e com a associação de bairro. A pesquisa foi organizada em três capítulos. O primeiro discute como os zairistas se apresentaram e se fizeram reconhecidos por muitos moradores da cidade como uma candidatura popular e de oposição às condições sociais de desigualdade e injustiça que viviam. Procura mostrar como as condições vividas por moradores da cidade, que habitavam o Bairro Nossa Senhora das Graças, atuaram como condicionantes no apoio que dado à eleição de Zaire Rezende. O segundo capítulo trata da relação dos moradores do bairro Nossa Senhora das Graças com o poder público municipal, procurando evidenciar como estes se relacionaram entre si e como participaram do fazer-se da cidade, construindo formas de atuação e luta na busca por melhorias em suas condições de vida. O último capítulo pretende perceber como os moradores entrevistados avaliaram a proposta de participação popular e como a política de democracia participativa continua, ou não, sendo vivida na consciência dos sujeitos que ainda moram e trabalham em Uberlândia.
Notes: Resumo criado pelo pesquisador do Projeto PROGRAD/DIREN/UFU 2016-2017 Historiografia e pesquisa discente: as monografias dos graduandos em História da UFU.
Keywords: Cultura
Participação popular
Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: SANTOS, Carlos Meneses Sousa. Democracia participativa e tensão social em Uberlândia: experiências de moradores do bairro Nossa Senhora das Graças. 2006. 112 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de História, Instituto de História, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19168
Issue Date: 2006
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DemocraciaParticipativaTensao.pdfTCC1.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.