Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18885
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Redescobrindo espaços de esperanças: um resgate do sentimento topofílico nos ambientes escolares de Uberlândia
metadata.dc.creator: Marson, Noam Alves Martins
metadata.dc.contributor.advisor1: Colesanti, Marlene Teresinha de Muno
metadata.dc.contributor.referee1: Melo, Adriany de Ávila
metadata.dc.contributor.referee2: Nehme, Valéria Guimarães de Freitas
metadata.dc.description.resumo: O conhecimento da percepção topofílica e dos processos cognitivos que envolvem os indivíduos inseridos nos múltiplos ambientes existentes, é de vital necessidade para o entendimento das inter-relações com o espaço. Contudo, ao intervir no ambiente, produto relacional entre sujeitos e seus lugares, pode-se influenciar a qualidade de vida de ambos? Partindo da interface teórica/prática entre arquitetura e educação, baseada na historiografia de algumas escolas e suas experiências pedagógicas, e apresentando a influência do edifício escolar no processo de ensino-aprendizagem, é que aquela indagação buscou ser respondida. Através do diagnóstico dos espaços de aprendizagem no contexto de Uberlândia, Minas Gerais, – especificamente as escolas cujo projeto arquitetônico apresenta modelo padrão “H” – e de sua pós-ocupação, buscou-se investigar qual a percepção dos seus usuários, através de instrumentos metodológicos de avaliação da qualidade ambiental. Nesta etapa, foi fundamental a (1) entrevista com o arquiteto Paulo Carrara, autor do projeto cuja edificação é tomada como objeto de pesquisa; (2) a aplicação do passeio walktrough, que combina simultaneamente a entrevista com o usuário e a observação do ambiente e (3) a análise do poema dos desejos, que revela o olhar das crianças em relação aos elementos naturais existentes na escola através de desenhos. Com base nestes dados, que revelaram a situação técnica do edifício escolar e também a pouca percepção dos seus usuários para seus atributos potenciais, foi possível propor uma intervenção arquitetônica, à guisa de conclusão, que resgatasse, a partir de sua própria solução arquitetônica, o sentimento topofílico natural que permeia os indivíduos, categorizando as escolas como espaços de esperanças, o lugar esperado para a (re)construção de uma consciência ambiental planetária.
Abstract: The knowledge of topophilia perception and cognitive processes that involve individuals inserted in multiple existing environments is an essential necessity for understanding the interrelationships with the space. However, can intervening in the environment, a relational product between subjects and their locations, influence the quality of life of both of them? Starting from the theoretical/practical interface between architecture and education, based on some schools historiography and their teaching experiences, and presenting the influence of the school building on the teaching-learning process, that question sought to be answered. Through the diagnosis of learning spaces in the context of Uberlandia, Minas Gerais, – specifically schools whose architectural design features the standard “H" model – and of its post-occupation, we sought to investigate the perception of its users, through methodological instruments of environmental quality evaluation. At this stage, it was primordial the (1) interview with the architect Paulo Carrara, author of the project whose building is taken as a research object; (2) the application of the walkthrough tour, which simultaneously combines the user interview and the environmental observation; and (3) the analysis of the wish poem, which reveals the children‟s perceptions of the natural elements existing in school through drawings. Based on these data, which reveal the technical condition of the school building, and also little understanding of their users for their potential attributes, it was possible to propose an architectural intervention, already concluding, that rescued, with its own architectural solution, the natural feeling of topophilia that permeates the individuals, categorizing schools as spaces of hope, the expected place to (re)construct a planetary environmental awareness.
Keywords: Geografia
Arquitetura
Ensino aprendizagem
Avaliação paisagística
Topofilia
Arquitetura
Processo ensino-aprendizagem
Percepção Ambiental
Natureza
Topophilia
Architecture
Teaching-learning process
Environmental perception
Nature
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: MARSON, Noam Alves Martins. Redescobrindo espaços de esperanças: um resgate do sentimento topofílico nos ambientes escolares de Uberlândia. 2016. 170 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18885
Issue Date: 14-Mar-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RedescobrindoeEspacosEsperancas.pdfDissertação19.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.