Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18316
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Entre experiências e indícios: o ensino de português para estrangeiros em contexto de imersão linguística
metadata.dc.creator: Chagas, Lucas Araújo
metadata.dc.contributor.advisor1: Tavares, Carla Nunes Vieira
metadata.dc.contributor.referee1: Bertoldo, Ernesto Sérgio
metadata.dc.contributor.referee2: Freitas, Vilma Aparecida Botelho
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem como principal intuito abrir espaço para os estudos ligados ao ensino- aprendizagem de Português para estudantes estrangeiros em contexto de imersão linguística no Brasil. Para tanto, tomou-se como aporte teórico-metodológico os Estudos Discursivos afetados pela Psicanálise, na medida em que estes possibilitaram perceber como identificações à e na Língua Portuguesa - tomada enquanto objeto de saber -, por parte dos estudantes estrangeiros, podem incidir no ensino-aprendizagem dessa língua. Especificamente, aprofundamos a discussão sobre a relação entre identificação e ensino- aprendizado de línguas em contexto de imersão linguística e discutimos em que medida essas identificações podem ensejar a tomada da Língua Portuguesa enquanto objeto de saber. Parto do pressuposto de que, ao estar imerso no universo discursivo da língua do outro, o estrangeiro se vê diante de uma nova forma de se dizer e se ver no mundo, perspectiva esta que pode ensejar a ele ocupar um lugar nessa língua e querer aprender a mesma. Desse modo, tomo como hipótese o fato de que a imersão de um estudante estrangeiro no Brasil não é garantia de que ele tomará a palavra na língua do país de acolhida, mas instâncias de aprendizagem, em que dele seja demandado fazer uma experiência de si, podem proporcionar a instauração de processos de identificação com e na língua outra que venham a ter desdobramentos na sua constituição identitária. Como perguntas direcionadoras de pesquisa construo as indagações seguintes: 1) em que medida os estudantes estrangeiros se identificam à Língua Portuguesa e ao saber que ela porta? 2) que identificações à Língua Portuguesa são perceptíveis nos dizeres do estudante estrangeiro?; 3) que efeitos as identificações à Língua Portuguesa surtem na entrada do estudante estrangeiro nessa língua? Como objetivos de pesquisa, espero aprofundar as discussões sobre a relação entre identificação e aprendizagem de uma língua em contexto de imersão linguística; indiciar as prováveis identificações instauradas com a língua e a cultura que ela porta em processos de aprendizagem de uma língua não-materna; e discutir em que medida as identificações iniciais a essa língua podem ensejar uma primeira entrada ou tomada dos saberes dessa língua. Com o intuito de desenvolver a pesquisa compus um corpus a partir de entrevistas gravadas com três estudantes estrangeiros e de recortes de diários de bordo de um professor de Português para Estrangeiros de uma universidade pública brasileira. Durante o procedimento de composição do corpus, percebemos que alguns saberes incitados nos dizeres dos estudantes estrangeiros indiciam discursos característicos da Língua Portuguesa, discursos esses não característicos de suas línguas maternas. Para nós, esses traços da Língua Portuguesa parecem ressoar nas enunciações que o estudante estrangeiro faz na tentativa de nomear-se Eu, deixando pistas de possíveis identificações deste à/nessa língua. Assim, recorremos ao conceito de formações e ressonâncias discursivas de Serrani-Infante (1997) como uma ferramenta de análise do nosso corpus. Além disso, tomei como suporte metodológico o conceito de paradigma indiciário proposto por Ginzburg (1979), na medida em que este permite perceber o indivisível-invisível presente nos movimentos metonímicos perceptíveis nos dizeres enunciados pelos participantes da pesquisa. Após analisar o corpus, foi possível perceber que a imersão de estudantes estrangeiros no Brasil pode fazer com que instâncias de aprendizagem do Português ocorram em decorrência das experiências de si - advindas de processos de identificação à e na língua do outro - produzindo efeitos na subjetividade desses estrangeiros, ensejando-os a tomar a Língua Portuguesa e os saberes que ela porta.
Abstract: This research aims to open debates through the studies directed to the Portuguese teachinglearning for foreign students in context of linguistic immersion. Discursive Studies and Psychoanalysis were used as theoretical and methodological fundaments in a way that they made possible to notice identifications on the Portuguese Language - taken as a knowledge object -, by the foreign students, and how these identifications can contribute to the teachinglearning of this language. Specifically, discussions were made on the relationship between identification and teaching-learning languages in context of immersion. Besides that, discussions were made upon the extent of these identifications and their incidences on the appropriation of this language as a knowledge object. After analyzing the research corpus it was revealed that the immersion of foreign students in Brazil can cause learning Portuguese instances as a result of their own experiences - in the language of the Another - producing effects on their identity constitutions, whereas making foreign students portrays the Portuguese Language and the knowledge that it portrays.
Keywords: Linguística
Língua portuguesa - Estudo e ensino
Falantes estrangeiros
Ensino-aprendizagem de língua(s)
Imersão linguística
Português para estrangeiros
Identificação(ões)
Objeto de saber
Language(s) teaching-learning
Linguistic immersion
Portuguese for foreigners
Identification(s)
Knowledge object
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: CHAGAS, Lucas Araújo. Entre experiências e indícios: o ensino de português para estrangeiros em contexto de imersão linguística. 2016. 110 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18316
Issue Date: 29-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EntreExperienciasIndicios.pdfDissertação6.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.