Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18015
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Trono Manchado de Sangue: uma perspectiva oriental sobre Macbeth
metadata.dc.creator: Borges, Matheus Luciano
metadata.dc.contributor.advisor1: Campo, Mônica Brincalepe
metadata.dc.contributor.referee1: Spini, Ana Paula
metadata.dc.contributor.referee2: Paranhos, Kátia Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: A monografia busca discutir o tema do encontro entre oriente e ocidente proporcionado pela obra adaptada de Willian Shakespeare, Macbeth, por Akira Kurosawa, no filme Trono Manchado de Sangue. O tema deste encontro, os diálogos estabelecidos, a adaptação que equilibra referências entre oriente e ocidente, possibilitou questionar o espelho com que costumamos mirar o outro, e induz a nos fazer acreditar que lidamos com a alteridade. O autor procurou aplicar e discutir os conceitos teóricos elegidos ao longo das leituras e partir para uma espécie de ensaio exploratório do tema central. A procura pelas fontes, a partir do que se tinha disponível na biblioteca, ou do material que teve de ser comprado e pesquisado na internet, foi o que o fez perceber que precisaria se contentar com certas limitações, se baseando em livros que simplesmente narravam, forneciam informações e conteúdos, preocupados com a tentativa de contar a história tal qual ela realmente aconteceu. O primeiro capítulo, apresenta a autobiografia do diretor japonês Akira Kurosawa. No segundo capítulo, são comentadas as diferenças entre Trono Manchado de Sangue e Macbeth, levando em conta o texto e o enredo de ambas as histórias, assim como as sequências de determinados acontecimentos. Para a análise também intentou discutir assuntos mais referentes à técnica da adaptação de um suporte artístico original para outro completamente distinto, e utilizou conceitos de adaptação e construção de roteiros e da intersemiótica. No terceiro e último capítulo, há uma breve discussão sobre como Akira Kurosawa revoluciona o gênero jidaigeki, e em seguida são analisadas três cenas onde o Teatro Nô tem uma participação decisiva: o primeiro contato com o espírito do bosque, que profetiza os futuros de Washizu e Miki; o diálogo entre Washizu e sua esposa Asaji, antes que o samurai mate seu senhor; e o retorno de Washizu ao bosque à procura do espírito, a quem pede conselhos sobre como prosseguir diante da ameaça do inimigo.
Notes: Palavras-chave e Resumo criados pelo pesquisador do Projeto "PROGRAD/DIREN/UFU 2016-2017: Historiografia e pesquisa discente: as monografias dos graduandos em História da UFU".
Keywords: Trono Manchado de Sangue
Macbeth
Ocidente e Oriente
Cinema
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: BORGES, Matheus Luciano. Trono Manchado de Sangue: uma perspectiva oriental sobre Macbeth. 2015. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18015
Issue Date: 2015
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TronoManchadoSangue.pdfTCC743.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.