Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17973
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Interações espaciais entre cidade média e pequenas cidades: um estudo de Araguaína-TO, Campos Lindos-TO, Carolina-MA e São Geraldo do Araguaia-PA
metadata.dc.creator: Dias, Reges Sodré da Luz Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Ramires, Julio Cesar de Lima
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Magda Valéria da
metadata.dc.contributor.referee2: Melo, Nágela Aparecida de
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa investiga os papéis desempenhados e as interações estabelecidas pelas pequenas cidades da região de influência de Araguaína-TO, que é o segundo principal centro urbano do Tocantins, dispondo de uma ampla oferta de bens e serviços para o contexto regional. Dentre as 26 cidades sob sua região de influência, Carolina-MA, São Geraldo do Araguaia-PA e Campos Lindos-TO, se destacam em vários indicadores econômicos e populacionais, como os maiores PIBs, população e produção agropecuária. A pesquisa foca no entendimento dessas pequenas cidades, a partir da centralidade e das interações espaciais, produzidas pelas atividades econômicas que elas mantém com outros centros e dos deslocamentos dos seus moradores. Em termos metodológicos, o estudo apresenta uma abordagem quali-quantitativa. Os procedimentos quantitativos estão focados na caracterização geral das pequenas cidades diretamente influenciadas por Araguaína, segundo classificação do IBGE (2008), coletando dados secundários de vários órgãos e instituições. Com relação aos procedimentos de natureza qualitativa, por meio de observação simples percorremos as ruas de São Geraldo do Araguaia, Carolina e Campos Lindos, com diário de campo, quando foi possível, fazendo anotações de todos os estabelecimentos existentes e principais serviços oferecidos, bem como elementos para a realização de mapas temáticos. Realizamos também entrevistas semi-estruturadas com a utilização de dois tipos de formulários, sendo o primeiro, destinado à população da área urbana e o outro com os proprietários e responsáveis pelos estabelecimentos comerciais. Entre os elementos que redefinem a rede urbana estão as novas tecnologias da informação, a ampliação do consumo entre os trabalhadores de menor renda, bem como o avanço do agronegócio e a tímida desconcentração industrial. Em termos analíticos, surgem novas abordagens que propõe explicações à esses elementos. Entre os quais, destaca-se a articulação de escalas geográficas, em que as interações espaciais se tornam interescalares. Nas pequenas cidades em estudo, os processos de modernização são muito recentes e se realizam com extrema contradição, em razão dos acentuados índices de pobreza. As novas dinâmicas que redefinem a rede urbana nacional, não são indiferentes na região em estudo, guardadas as suas especificidades e os cuidados que se deve ter ao fazer analogias de processos gerais, elas já se mostram capazes de impor novos elementos para se pensar a rede de cidades. De um lado, as cidades médias tem suas funções sustentadas em interações espaciais interescalares e hierárquicas, subordinando as pequenas cidades, de outro, essas cidades ao mesmo tempo que estão subordinadas a cidade média, subvertem parcialmente essa hierarquia, especialmente através das novas tecnologias e do fortalecimento do agronegócio.
Abstract: This research investigates the roles played and the interactions established by smalltowns in the area of influence of Araguaína-TO, which is the second largest urban center of the Tocantins, offering a wide range of goods and services to the regional contexto. Among the 26 cities under its area of influence, Carolina, São Geraldo do Araguaia and Campos Lindos, highlight in various economic and population indicators, such as higher GDP, population and agricultural production. The research focuses on the understanding of these small towns, from the centrality and spatial interactions produced by the economic activities that they have with other centers and displacement of its residents. In terms of methodology, the study presentes a qualitative and quantitative approach. Quantitative procedures are focused on characterization of small towns directly influenced by Araguaína, according to the classification of the IBGE (2008), collecting secondary data from various agencies and institutions. With regard to qualitative procedures, through simple observation go through the streets of São Geraldo do Araguaia, Carolina and Campos Lindos, with diary, when possible making notes of all the shops and main services offered, as well as elements for the realization of thematic maps. We also semi-structured interviews with the use of two types of forms, the first, for the population of the urban area and the other with the owners and responsible for comercial establishments. Among the elements that redefine the urban network are the new information technologies, the expansion of consumption among low-income workers, and the advance of agribusiness and timid industrial desconcentration. In analytical terms, there are new approaches that proposes explanations to these elements. Among which stands out the articulation of geographic scales, in which the spatial interations become interescalares. In small cities under study, modernizations processes are very recente and realized with extreme contradiction, because of higher poverty rates. The new dynamics that redefines national urban network, are not indiferente in the region under study, kept their specificities and care should be taken when making analogies general processes, they have to show themselves capable of imposing new elements to think about the network cities. On the one hand, the medium-sized cities has its supported functions in interescalares and hierarchical spatial interactions, subordinating the small towns on the other, these cities at the same time are subject to average city, partially subvert this hierarchy, espacially through new technologies and strengthening agribusiness.
Keywords: Geografia
Cidades e vilas
Desenvolvimento econômico - Fator demográfico
Urbanização - Brasil
Pequenas cidades
Rede urbana
Cidades médias
Região de influência de Araguaína
Tocantins
Small towns
Urban network
Medium-sized cities
Area de influence of Araguaína
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: DIAS, Reges Sodré da Luz Silva. Interações espaciais entre cidade média e pequenas cidades: um estudo de Araguaína-TO, Campos Lindos-TO, Carolina-MA e São Geraldo do Araguaia-PA. 2016. 238 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17973
Issue Date: 13-Dec-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InteraçõesEspaciaisCidade.pdfDissertação6.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.