Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16446
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Das crônicas do relojoeiro as narrações do conselheiro: Policarpo e Aires dois intérpretes da república brasileira
metadata.dc.creator: Borges, Luciana Tavares
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Regma Maria dos
metadata.dc.contributor.referee1: Lopreato, Christina da Silva Roquette
metadata.dc.contributor.referee2: Silveira, Cristiane
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação tem por objetivo discutir a interpretação do nascimento da república segundo três obras do escritor brasileiro Joaquim Maria Machado de Assis (1839-1908). Serão analisadas duas crônicas da série Bons Dias! (27 de maio de 1888 e 29 de junho de 1889) e também o romance Esaú e Jacó. Nas crônicas, Policarpo, o narrador, faz objeção à ideia do federalismo, uma das defesas da campanha republicana. Em relação ao romance, deter-nos-emos aos capítulos 60 a 64 que nos mostram a postura de incerteza do Conselheiro Aires sobre a ascensão do novo regime político. A relação entre história e literatura permitirá a nós problematizar a nascente república brasileira por meio dos personagens machadianos. Será que Machado analisou o nascimento da república como um fato positivo? Nas próximas páginas, apresentaremos essa e outras questões deste trabalho, que tem como premissa analisar a tríade História- Literatura-Política, a mudança de regime político no Brasil do final do século XIX.
Abstract: This dissertation aims to discuss the interpretation of the birth of the republic according to three works of Brazilian writer Joaquim Maria Machado de Assis (1839- 1908). Will be analyzed in two series chronicles Good Day! (May 27, 1888 and June 29, 1889) and the novel chronicles Esau and Jacob On, Polycarp, the narrator, makes objection to the idea of federalism, one of the defenses of the Republican campaign. Regarding the novel, we will stop to chapters 60-64 we show the position of Counselor Aires uncertainty about the rise of new political regime. The relationship between history and literature will allow us to discuss the nascent republic by the Brazilian Machado characters. Will Machado considered the birth of the republic as a positive? In the following pages, we present this and other issues in this work, which is premised analyze the triad Literature-History-Politics, the change of political regime in Brazil at the end of the nineteenth century.
Keywords: História
Literatura
República
Machado de Assis
History
Literature
Republic
Literatura e história
Brasil - História - República, 1889-
Brasil - Política e governo - 1889-
Assis, Machado de, 1839-1908 - Crítica e interpretação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: BORGES, Luciana Tavares. Das crônicas do relojoeiro as narrações do conselheiro: Policarpo e Aires dois intérpretes da república brasileira. 2012. 128 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16446
Issue Date: 14-Dec-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LucianaTavares.pdf8.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.