Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15952
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Uso de leguminosas arbóreas no controle da evolução de voçoroca no domínio do cerrado
Author: Biulchi, Denise Figueiredo
First Advisor: Rodrigues, Sílvio Carlos
First member of the Committee: Pedrosa, António de Sousa
Second member of the Committee: Ferreira, Vanderlei de Oliveira
Third member of the Committee: Guerra, Antonio Jose Teixeira
Fourth member of the Committee: Bezerra, Jose Fernando Rodrigues
Summary: Este trabalho foi desenvolvido na estação experimental da Fazenda do Glória, em Uberlândia- MG. O objetivo foi avaliar o uso de formas alternativas, de baixo custo, para a recuperação de voçorocas com revegetação e barreiras vegetais. Voçoroca é o estágio mais avançado dos processos de erosão e a sua recuperação é um desafio, principalmente na condição de lençol aflorado. As pesquisas foram divididas em cinco ensaios objetivando: 1. Monitorar e determinar o percentual de umidade no solo dentro do canal. 2. Avaliar o comportamento da Gliricidia sepium, cultivada em dois ambientes: dentro de voçoroca com lençol aflorado e fora da voçoroca em condições de cerrado. 3. Avaliar o comportamento de Gliricidia sepium, plantada diretamente no campo a partir de estacas, dentro de uma voçoroca, tendo como variável o substrato. 4. Avaliar o estabelecimento de espécies arbóreas nativas (Cytharexyllum myrianthum, Erythrina mulungu, Cróton floribundus e Inga uruguensis), no interior de uma voçoroca, em comparação com a espécie exótica (Gliricidia sepium). 5. Avaliar o monitoramento para barreiras estabelecidas com o uso da bioengenharia e Gliricidia sepium, o estabelecimento das mudas e a contribuição da barreira no período de uma estação chuvosa. Foram realizadas análises físico-químicas do solo dentro do canal e na área de cerrado. O acompanhamento das espécies foi realizado com avaliações fitométricas mensais (altura da planta, largura da copa e diâmetro do caule) e registros fotográficos. As pesquisas foram realizadas entre abril de 2009 e outubro de 2011, utilizando-se para análise estatística o programa SISVAR. Os dados foram submetidos à ANAVA (Proc. SISVAR), aplicando-se o teste de Scott-Knott às médias dos tratamentos. Foi possível observar que: o período das chuvas tem relação direta com o crescimento da voçoroca; a umidade no solo dentro do canal acompanha o regime das chuvas permanecendo alta mesmo após o período chuvoso; a água no solo é regulada pelos índices pluviométricos que regulam a água subsuperficial que exuda na área da pesquisa; a Gliricidia sepium mostra-se promissora para recuperação de voçorocas que apresentam índices de umidade no solo variando de 10% a 30% no decorrer do ano; a espécie apresentou boa capacidade de adaptação em área de Cerrado na região do Triângulo Mineiro; a Gliricidia sepium, produzida a partir de estacas, não apresentou diferença significativa no seu estabelecimento com relação ao substrato no interior da voçoroca; as espécies Cytharexyllum myrianthum e Croton floribundus apresentaram médias de crescimento e sobrevivência muito baixas, não sendo indicadas neste estudo para plantio em voçoroca que apresenta lençol aflorado; as nativas Inga uruguensis e Erythrina mulungu responderam de forma positiva às condições ambientais da voçoroca apresentando alta taxa de sobrevivência; as barreiras mostraram-se eficientes na dissipação de energia e na contenção de sedimentos avaliados em uma estação chuvosa; um ano após a implantação, a Gliricidia apresentou 71,02 % de sobrevivência nas barreiras; o uso da Gliricidia sepium intercalada com bambu se apresentou como uma possibilidade viável de barreira viva para uso em voçoroca com lençol aflorado no primeiro ano de avaliação.
Abstract: This study was conducted at the experimental station of Fazenda do Glória , Uberlândia- MG. The objective was to evaluate the use of alternative, low cost recovery of gullies with revegetation and plant barriers. Gully is the most advanced stage of erosion processes and its recovery is a challenge, especially in the condition of emerged water table. The surveys were divided into five aiming tests: 1. Monitoring and determining the percentage of soil humidity within the canal. 2. Evaluating the behavior of Gliricidia sepium growth in two environments: in a gully with emerged water table and off the gully in Cerrado. 3. Evaluating the performance of Gliricidia sepium planted directly in the field from cuttings, in a gully, having the substrate as variable. 4. Evaluating the establishment of native species (Cytharexyllum myrianthum, Erythrina mulungu, Inga floribundus and Croton uruguensis) within a gully, in comparison with exotic species (Gliricidia sepium). 5. Monitoring the barriers established by bioengineering and Gliricidia sepium, the establishment of seedlings and the barrier contribution during a rainy season. Soil physico-chemical analyzes were carried out within the canal and the Cerrado. The species monitoring was carried out by monthly phytometric evaluations (plant height, crown width and stem diameter) and photographic records. The surveys were conducted between April 2009 and October 2011, using SISVAR program for statistical analysis. Data were submitted to ANAVA (Proc. SISVAR), applying Scott-Knott test to the treatment averages. It was observed that: the rainy season is directly related to the gully growth; soil humidity in the canal follows the rains, remaining high even after the rainy season; soil water is ruled by rainfall that regulates subsurface water flowing in the research area; Gliricidia sepium shows itself promising for recovery of gullies that have soil humidity levels ranging from 10% to 30% during the year; the species has presented good ability to adapt in the Cerrado area at the Triângulo Mineiro; Gliricidia sepium produced from cuttings has not presented significant difference on its growth regarding the substrate within the gully; Cytharexyllum myrianthum and Croton floribundus have presented very low growth and survival averages, not being indicated for planting in gullies with emerged water table; the native Inga uruguensis and Erythrina mulungu responded positively to the gully environmental conditions with high survival rate; the barriers were effective in energy dissipation and containment of sediment assessed in a wet season; one year after implantation, Gliricidia showed 71.02% survival in the barriers; the use of Gliricidia sepium interspersed with bamboo is a viable possibility of living barrier for use in gullies with emerged water table in the first year evaluation.
Keywords: Voçorocas
Recuperação
Umidade
Gliricidia sepium
Bioengenharia
Barreiras vegetais
Recovery
Moisture
Bioengineering
Plant barriers
Geomorfologia
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: BIULCHI, Denise Figueiredo. Uso de leguminosas arbóreas no controle da evolução de voçoroca no domínio do cerrado. 2012. 280 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15952
Date of defense: 19-Sep-2012
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UsoLeguminosasArboreas.pdf16.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.