Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15926
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Gestão ambiental : complexidade sistêmica em bacia hidrográfica
Author: Campos, Yarnel de Oliveira
First Advisor: Nishiyama, Luiz
First member of the Committee: Andreozzi, Sylvio Luiz
Second member of the Committee: Grossi, Suely Regina Del
Third member of the Committee: Oliveira, Wallace
Fourth member of the Committee: Mauro, Claudio Antonio Di
Summary: A interação e a interdependência das unidades físicas e sociais ocorrem nas interfaces de onde emerge a dominação, que se sustenta em um poder transitório diferenciado no tempo e no espaço. Neste contexto, encontra-se a Gestão Ambiental e constata-se que a organização não é somente construída puramente pelas unidades sistêmicas, mas também pelas ações que as conectam e lhes dão coerências construtivas, que formam, sustentam, regulam, regem e revelam a unidade complexa inter-relacionando-as com sua totalidade, assim como o complexo das relações entre a totalidade e as unidades. A interação se manifesta no conjunto das ações, relações e retroações que ocorrem e se constroem em um sistema permeado pelo poder transitório. A complexidade sistêmica se manifesta na concepção das múltiplas interações das unidades naturais e sociais, em diferentes organizações, que se materializam em um determinado território dinâmico e integrado. Em uma pesquisa bibliográfica, busca-se a análise diferenciada da gestão ambiental com percepção sistêmica e complexa em um determinado território com seus limites arbitrados pelos pressupostos conceituais de bacia hidrográfica e seus interflúvios. Fundamenta-se na abordagem sistêmica complexa de Edgar Morin e nos conceitos de burocracia e poder, de Max Weber, e de saber e poder, em Michel Foucault. Considera-se que há necessidade de ampliar a concepção de um sistema constituído por elementos simples, desconectados e integrados de forma fragmentada, para uma concepção de relações múltiplas que exprime a organização particular de um determinado território que possibilite uma gestão ambiental complexa com limites claros e precisos.
Abstract: The interaction and interdependence of social and physical units occurs in interfaces where domination emerges, which maintains a differentiated transitional power in time and space. In this context environmental management is found and also the organization that is not built purely by the systemic units, but also by actions that connect and give them constructive consistency, which forms, maintains, rules, regulates and reveals the complex unit interacting with its totality, as well as the complex of relations between totality and units. The interaction happens in the combination of actions, relationships and retroactions that occur and builds on a transitional Government system. The systemic complexity is manifest in the conceptions of multiple interactions of natural and social units in different organizations that materialize in a determined territory as dynamic and integrated. Bibliographical research was done in search of a differentiated analysis of environmental management, with a systemic and complex perception in a determined territory with its conceptual limits arbitrated by the assumptions of the conception of basin and its watershed. It is based on the complex approach of Edgar Morin and on the concepts of bureaucracy and power of Max Weber and the concepts of power and learning of Michel Foucault. It is considered that there is a need to broaden the concept of a system made by simple elements, disconnected and integrated in a piecemeal manner, to a multiple relations design that expresses the particular organization of a determined territory and makes possible a complex environmental management with clear and precise limits.
Keywords: Complexidade sistêmica
Bacia hidrográfica
Poder
Environmental management
Systemic complexity
Basin
Power
Gestão ambiental
Bacias hidrográficas
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: CAMPOS, Yarnel de Oliveira. Gestão ambiental : complexidade sistêmica em bacia hidrográfica. 2010. 187 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15926
Date of defense: 14-Jan-2010
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
yarnel.pdf4.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.