Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15911
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Dos fragmentos à totalidade? : mobilidade e legibilidade urbana de Uberlândia MG
Author: Mesquita, Adailson Pinheiro
First Advisor: Colesanti, Marlene Teresinha de Muno
First member of the Committee: Soares, Beatriz Ribeiro
Second member of the Committee: Sposito, Maria Encarnação Beltrão
Third member of the Committee: Ferreira, William Rodrigues
Fourth member of the Committee: Araújo, Ronaldo de Souza
Summary: O século XX foi caracterizado por atitudes racionalistas por parte dos planejadores urbanos, contribuindo para a produção do espaço urbano sem muitas considerações sobre os aspectos sociais e culturais do homem. O planejamento dos transportes e da mobilidade não fugiu à regra racionalista e ao longo de anos da sua aplicação, desde a criação dos modelos que relacionam transportes e uso do solo, tem-se compreendido a realidade dos deslocamentos urbanos sob a visão de causa e efeito. A aproximação teórica da geografia humana com os estudos de percepção ambiental lançou uma nova luz sobre as questões ligadas às dimensões psicológicas das relações entre o comportamento humano e o ambiente físico e/ou natural, inserindo aí a questão da mobilidade, a orientabilidade e a legibilidade urbana. Este trabalho investigou as relações existentes entre as representações espaciais da cidade de Uberlândia-MG e os padrões de mobilidade de seus habitantes. Descrevem-se os padrões da imagem pública da cidade pesquisada e as representações espaciais dos diferentes grupos de usuários das vias públicas e suas relações com a legibilidade do espaço urbano e os padrões de mobilidade definidos pelo seu modal de deslocamento (a pé, por ônibus e por automóvel).
Abstract: The century XX was characterized by rationalist attitudes on the part of the urban planners, contributing to the production of the urban space without many considerations on the social and cultural aspects of the man. The planning of the transports and mobility did not run away from the rationalist rule and throughout years of its application, since the creation of the models that relate transports and use of the ground, has understood the reality of the urban displacements under the vision of cause and effect. The theoretical approach of human geography from the studies of ambient perception search to launch a new light on the on questions to the psychological dimensions of the relations between the human behavior and the physical and/or natural environment, inserting there the question of the mobility, the wayfinding and the urban legibility. This work investigated the existing relations between the space representations of the city of Uberlândia-MG and the standards of mobility of its inhabitants. The work described the standards of the public image of there searched city and the space representations of the different groups of users of the public ways, and its relations with the legibility of the urban space and the standards of mobility defined by its modal one of displacement (walking, by bus and by car).
Keywords: Percepção ambiental
Mobilidade urbana
Planejamento dos espaços urbanos
Environmental perception
Urban mobility
Planning of urban spaces
Geografia urbana Uberlândia
Transporte urbano - Uberlândia (MG)
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: MESQUITA, Adailson Pinheiro. Dos fragmentos à totalidade? : mobilidade e legibilidade urbana de Uberlândia MG. 2008. 360 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15911
Date of defense: 7-Apr-2008
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FragmentosTotalidadeMobilidade.pdf12.45 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.