Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15456
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O nome próprio nas elaborações de Ferdinand de Saussure
metadata.dc.creator: Henriques, Stefania Montes
metadata.dc.contributor.advisor1: Silveira, Eliane Mara
metadata.dc.contributor.referee1: Castro, Maria Fausta Cajahyba Pereira de
metadata.dc.contributor.referee2: Mussalim, Fernanda
metadata.dc.description.resumo: O objetivo principal dessa dissertação é apreender de que maneira o nome próprio é considerado nas elaborações de Ferdinand de Saussure. Essa categoria linguística pode ser considerada como um dos problemas mais espinhosos nos estudos da linguagem. E isso por dois motivos principais: i. ela é heterogênea e não possui uma regra geral que seja aplicável a todas as línguas naturais; ii. envolve em sua constituição a arbitrariedade e a fala. Nesse sentido, efetuamos um percurso teórico pelos estudos da linguagem do século XIX, enfatizando as teorias de J. S. Mill e G. Frege, no âmbito da Filosofia, e de W.D. Whitney e M. Bréal, no âmbito da Linguística. A escolha por esses estudiosos justifica-se porque eles atribuem aos nomes próprios um lugar de destaque em suas teorias e são contemporâneos a Ferdinand de Saussure. Assim, o estudo das teorias desses autores nos proporcionou elementos para questionar a posição de Ferdinand de Saussure sobre essa categoria linguística. Considerando que a produção saussuriana não se restringiu ao Curso de Linguística Geral, compreendendo também estudos comparatistas, os manuscritos sobre linguística e sobre as Lendas Germânicas, investigamos as considerações saussurianas em quatro materiais: i. no CLG; ii. em três comunicações proferidas na Société d Histoire et Archéologie de Gènéve que tinham como foco os topônimos; iii. no manuscrito Notes Item. Sôme et sème; e, por fim, iv. nos estudos saussurianos sobre as Lendas Germânicas. Mediante a análise desses materiais, percebemos que o nome próprio foi tratado por Ferdinand de Saussure de duas maneiras distintas: como uma palavra isolada e como uma palavra relacional. Essa duplicidade no tratamento saussuriano dessa categoria linguística evidencia que ela oferece, de fato, dificuldades em sua delimitação e que participa de um questionamento teórico importante sobre o funcionamento linguístico na teoria de Ferdinand de Saussure.
Abstract: The main goal in this master thesis is to understand how the proper name is considered in Ferdinand de Saussure s elaboration. This linguistic category can be considered as one of the thorniest problems in language studies. And this for two main reasons: i .it is heterogeneous and does not have a general rule which may be applied to all natural languages, ii. its constitution involves complex aspects, such as the arbitrariness and speech. This way, we performed a theoretical path for the nineteenth century language studies, emphasizing J. S. Mill s and G. Frege s theories, within the philosophy , and WD Whitney s and M. Breal1s, under Linguistics. The scholars choice is justified because they attach to the proper names a prominent place in their theories and they are Ferdinand de Saussure s contemporary. Thus, the study of these authors theories provided the evidence to question Ferdinand de Saussure s position on this linguistic category. Whereas Saussure\'s production was not restricted to the Course in General Linguistics, comprising also comparatist studies, the manuscripts on linguistics and on Germanic Legends, we investigate Saussure s considerations in four materials: i.in CLG, ii. three communications which was taken at the Société d Histoire et Archéologie de Gènéve that had as focus on the toponomies, iii. the notes on Notes Item. Sôme et sème manuscript; and finally, iv. Saussure s studies on Germanic Legends. Through the analysis of these materials, we realized that the proper name was treated by Ferdinand de Saussure in two distinct ways: as a single word and as a relational word. This duplicity in Saussure s treatment at this linguistic category shows that it is, indeed, a complex category which offers difficulties in its delimitation and it participates in an important theoretical inquires about the linguistic functioning in Ferdinand de Saussure s theory.
Keywords: Nomes próprios
Ferdinand de Saussure
Manuscritos
Lendas germânicas
Proper names
Manuscripts
Germanic legends
Saussure, Ferdinand de, 1857-1913 - crítica e interpretação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: HENRIQUES, Stefania Montes. O nome próprio nas elaborações de Ferdinand de Saussure. 2014. 91 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15456
Issue Date: 21-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NomeProprioElaboracoes.pdf2.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.