Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15406
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-0941-3501
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: A interrogação em sateré-mawé
Author: Spoladore, Fernanda Ferreira
First Advisor: Franceschini, Dulce do Carmo
First member of the Committee: Agustini, Carmen Lucia Hernandes
Second member of the Committee: Cabral, Ana Suelly Arruda Câmara
Summary: O objetivo deste trabalho, composto por sete capítulos, é apresentar uma proposta de descrição e análise do sistema interrogativo da língua Sateré-Mawé. No primeiro capítulo, apresentamos algumas considerações históricas, demográficas e sociolinguísticas, em relação aos povos indígenas brasileiros. No segundo capítulo, apresentamos algumas informações a respeito do povo Sateré-Mawé e de sua língua. Discutimos, no terceiro capítulo, os fundamentos teóricos do funcionalismo estrutural, nos quais nos baseamos para a descrição e a análise que propomos. No quarto capítulo, descrevemos a metodologia adotada nesse trabalho, entre outras informações, o contexto em que essa pesquisa foi realizada e os procedimentos para a constituição do corpus de análise. No quinto capítulo, apresentamos as construções interrogativas possíveis e encontradas em estudos acerca de diferentes línguas. No sexto capítulo, por sua vez, apresentamos alguns estudos já realizados sobre o funcionamento do sistema interrogativo de línguas que pertencem ao tronco Tupi. No sétimo e último capítulo, apresentamos os resultados que obtivemos ao estudar o sistema interrogativo dessa língua, que dispõe de perguntas totais e parciais. As perguntas totais são caracterizadas, principalmente, pelo emprego de partícula interrogativa, responsável pela focalização de uma unidade linguística. As perguntas parciais, ao contrário, são também opcionalmente caracterizadas pelo emprego de partícula interrogativa, mas obrigatoriamente caracterizadas pelo emprego de proforma interrogativa, simples ou complexa, responsável por substituir a unidade sobre a qual interroga. O emprego de proformas interrogativas simples é condicionado pela intenção do locutor em questionar sobre um actante, cuja referência seja uma entidade humana ou não-humana. Ao contrário, o emprego de proformas interrogativas complexas é condicionado pela intenção do locutor em questionar sobre a localização, o modo, um referente não-humano, a quantidade ou o tempo.
Abstract: The purpose of this study, composed by seven chapters, is to present a proposal of description and analysis of the interrogative system of Sateré-Mawé language. The first chapter presents some historic, demographic and sociolinguistic considerations about the Brazilian Indian people. The second chapter presents some information about Sateré-Mawé people and their language. The third chapter presents the theoretical fundaments of the functionalism structural, the groundwork for the description and analysis proposed here. The fourth chapter illustrates the description of the methodology applied in this study, like some information about the searching context and the analysis corpus constitution. The fifth chapter shows the interrogative constructions which are possible in different languages. The sixth chapter makes clear some proposals about the functioning of the interrogative system of Tupi languages. The seventh and last chapter presents our understanding about your interrogative system, which contains total and partial questions. The total questions are mostly marked by an interrogative particle, which serves for focus on some linguistic unity. The partial questions are optionally marked by an interrogative particle, but obligatorily marked by an interrogative proform, simple or complex, which serves for substituting some unity and questioning about it. The employment of simple interrogative proforms is conditioned by the speaker s intention of questioning about some actant, which refers to a human or non-human referent. On the other hand, the employment of complex interrogative proforms is conditioned by the speaker s intention of questioning about placement, manner, some non-human referent, quantity or time.
Keywords: Línguas indígenas
Língua sateré-mawé (tupi)
Morfossintaxe
Sistema interrogativo
Perguntas totais e parciais
Indian languages
Sateré-Mawé language (Tupi)
Morphosyntax
Interrogative System
Total and partial questions
Índios da América do Sul - Línguas
Língua mawé
Area (s) of CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Linguística Letras e Artes
Program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Quote: SPOLADORE, Fernanda Ferreira. A interrogação em sateré-mawé. 2011. 160 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15406
Date of defense: 27-Apr-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
diss fernanada.pdf1.12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.