Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15345
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O ensino de gramática em língua estrangeira: concepções de uma professora e implicações em sua prática
metadata.dc.creator: Rodrigues, Ricardo Madureira
metadata.dc.contributor.advisor1: Figueiredo, Celia Assuncao
metadata.dc.contributor.referee1: Jesus, Osvaldo Freitas de
metadata.dc.contributor.referee2: Leffa, Vilson Jose
metadata.dc.description.resumo: Este estudo visa a investigar como as concepções de uma professora, a respeito do ensino de gramática, em língua estrangeira, se manifestam em sua prática, bem como analisar a interrelação entre tais manifestações e a sua prática de ensino. Dada a importância do nosso sistema de concepções na nossa prática docente, faz-se necessário analisar contribuições advindas tanto da teoria como de nossa experiência, na constituição de nossa postura profissional. A relevância desta pesquisa se relaciona à tentativa de mudança de paradigma no ensino de línguas, oriunda das contribuições da Lingüística Aplicada atual em oposição à prática legada pelo ensino tradicional. Apesar de avanços teóricos importantes, este estudo indica que o tema ainda levanta questionamentos que apontam para a falta de discussões mais explícitas, revelando uma lacuna entre a teoria e a prática, e vice-versa. Para este estudo, adotamos o paradigma de pesquisa interpretativa e qualitativa, de base etnográfica. Os principais instrumentos de pesquisa são a observação presencial de aulas, acompanhadas de filmagem, com suas respectivas transcrições, e uma entrevista gravada em áudio. Para a triangulação dos dados, utilizamos ainda notas de campo, a partir das quais redigimos um diário de observação; um questionário, para a coleta de dados factuais ; e, por fim, uma sessão de revisionamento junto à professora colaboradora, para cotejarmos também sua própria perspectiva, bem como dar-lhe retorno do nosso trabalho. A análise dos dados sugere a existência de três concepções mais abrangentes de gramática, subjacentes à prática da professora colaboradora, a saber: "conteúdo escolar", "conhecimento sistêmico implícito" e "gramática normativa", como também a existência de uma certa tensão entre suas concepções e a sua prática. Ao mesmo tempo, os dados revelam uma crescente autonomia, que sugere resistência de sua parte ao dogmatismo das teorias em ensino de línguas.
Abstract: This study aims at analysing how the conceptions of a teacher, as for the teaching of grammar in foreign language teaching, are manifested in her classes, as well as looking into the interrelation between such manifestations and her teaching practice. Given the importance of our system of conceptions in our teaching, it is necessary to analyse contributions from both theory and our professional experience, in the shaping of our professional attitudes. The relevance of this research is bound up with attempts at paradigmatic change in language teaching, stemming back to the contribution from modern Applied Linguistics theories in opposition to the traditional teaching practice legacy. Despite consequential theoretical advancements, this study has shown that the theme still raises issues which point to a lack of more explicit discussions, revealing a gap between theory and practice, and vice-versa. In this study, the interpretative, qualitative and ethnographic-based paradigm was adopted. The main research instruments are classroom observation and taping (accompanied by transcription) and a recorded interview. For data triangulation, we adopted the following instruments: field notes, from which an observation diary was written; a questionnaire, to collect factual data; and, finally, a re-viewing session with the participant-teacher, so we could also take her own perspective into account, as well as give her feedback from this study. Data analysis suggests the existence of three overarching conceptions underlining the participant-teacher s practice, namely: grammar as "school subject", "implicit systemic knowledge" and "normative grammar", as well as a certain tension between the participant-teacher s conceptions and her practice. At the same time, the data reveal an increasing autonomy in her decision-making, indicative of some resistance on her part to dogmatism in foreign language teaching theories.
Keywords: Gramática e ensino de língua estrangeira
Lingüística aplicada
Estudo etnográfico
Grammar and foreign language teaching
Applied linguistics
Ethnographic study
Linguas-Estudo e ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: RODRIGUES, Ricardo Madureira. O ensino de gramática em língua estrangeira: concepções de uma professora e implicações em sua prática. 2005. 156 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2005.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15345
Issue Date: 12-Dec-2005
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RMRodriguesDISSPRT.pdf511.11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.