Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14786
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Identificação da força de atrito através de análise de sinais não lineares em ensaios tribológicos
Other Titles: Non linear signal analysis applied to friction force identification in tribological tests
metadata.dc.creator: Santos, Marcelo Braga dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Lepore Neto, Francisco Paulo
metadata.dc.contributor.referee1: Sinatora, Amilton
metadata.dc.contributor.referee2: Ribeiro, Carlos Roberto
metadata.dc.contributor.referee3: Mello, José Daniel Biasoli de
metadata.dc.contributor.referee4: Dedini, Kátia Lucchesi Cavalca
metadata.dc.description.resumo: Quando as superfícies de dois corpos elásticos em contato apresentam movimento relativo, o sistema mecânico pode se tornar instável. Experimentos conduzidos com corpos elásticos em contato mostram que o sistema é um sistema auto excitado devido à característica não linear da força de atrito. Os objetivos principais desta tese são o estudo do campo de pressões e tensões, devido ao contato mecânico, e a estimativa da força de atrito com a analise de sinais não lineares aplicada aos sinais de vibração medidos em um tribômetro do tipo alternativo. O método de elementos finitos é apresentado detalhadamente como algoritmo de solução dos campos de pressões e tensões em corpos submetidos ao contato mecânico. Um modelo de duas entradas e uma saída é utilizado para representar um sistema dinâmico não linear. A saída total é composta da soma da parcela devida ao caminho linear da estrutura e da parcela devida ao caminho não linear. Esta ultima parcela possui um modelo não linear, representando a força de atrito, e outra função linear em série. Desde que a função transferência do caminho linear é identificada a partir da análise de sinais tradicional, a parcela não linear é obtida pelas relações globais entre a entrada e a saída do sistema global, sendo posteriormente correlacionada as condições superficiais das amostras. Os testes de validação são realizados em um tribômetro do tipo alternativo com contra corpo esférico e corpo prismático o qual possui um movimento harmônico imposto. A força de reação da estrutura ao atrito entre os corpos é medida simultaneamente por uma célula de carga piezelétrica e por uma célula de carga piezoresistiva. As velocidades do corpo e do contra corpo são medidos por um acelerômetro e um vibrômetro laser respectivamente. Todos os sinais são digitalizados sobre a mesma base de tempo e transferidos a um micro computador. A força de atrito é estimada através da análise de sinais não linear aplicada aos sinais de vibração medidos. As variações da força de atrito estimada são então comparadas às condições superficiais das amostras mostrando a eficiência da metodologia proposta.
Abstract: When the surfaces of two elastic bodies present relative motions under certain amount of contact pressure the mechanical system can be instable. Experiments conducted on elastic bodies under friction forces shown that the dynamical system is self-excited by the non-linear behavior of frictional forces. The main objectives of this thesis are the study of the pressure and stress fields, due to mechanical contact, and the estimation of friction using the vibrations signals measured on a reciprocating wear testing machine using non-linear signal analysis formulation. The finite element methodology is detailed presented to solve stress fields in contact problems. A two input and one output MISO model is proposed to represent the non-linear system dynamics. The global output is the sum of two outputs produced by one linear path associated in parallel with a non-linear path. This last path has a non-linear model that represents the friction force and another linear transfer function connected in series. Since the linear path is identified by traditional signal analysis, the non-linear function can be evaluated by the global input/output relationships, and can be correlated to wear conditions of the contact surfaces. Validation tests are conducted in a tribological system composed by a sphere in contact with a prismatic body witch has an imposed harmonic motion. The global output force is simultaneously measured by piezoresistive and piezoelectric load cells. The sphere and prismatic body vibrations are measured by accelerometers and by a laser Doppler vibrometer. All signals are digitalized with the same time base and the data is transferred to a microcomputer. The non-linear signal analysis technique uses this data to identify the friction force. The estimated friction force and the stress fields are compared to surfaces of bodies after tribological tests to show the efficiency of proposed methodology.
Keywords: Análise de sinais não-lineares
Contato mecânico
Tribologia
Tribômetro
Força de atrito
Non-linear signal analysis
Contact mechanics
Tribology
Reciprocating tribometer
Friction force
Vibração
Tribologia
Análise de sistemas
Teorias não-lineares
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA MECANICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica
Citation: SANTOS, Marcelo Braga dos. Non linear signal analysis applied to friction force identification in tribological tests. 2005. 89 f. Tese (Doutorado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2005.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14786
Issue Date: 11-Mar-2005
Appears in Collections:TESE - Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MBSantosTES01PRT.pdf2.26 MBAdobe PDFView/Open
MBSantosTES0203PRT.zip3.7 MBUnknownView/Open
MBSantosTES0405PRT.zip3.81 MBUnknownView/Open
MBSantosTES0607PRT.zip4.14 MBUnknownView/Open
MBSantosTES0809PRT.zip3.18 MBUnknownView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.