Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13620
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Qualificação e competência : a formação do novo trabalhador pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI de Montes Claros/MG no período de 2003 a 2009
metadata.dc.creator: Teixeira, Regina Célia Fernandes
metadata.dc.contributor.advisor1: Marques, Mara Rubia Alves
metadata.dc.contributor.referee1: Lucena, Carlos Alberto
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Marcelo Soares Pereira da
metadata.dc.contributor.referee3: Machado, Liliane Campos
metadata.dc.contributor.referee4: Rodrigues, Rosangela Silveira
metadata.dc.description.resumo: Este estudo é fruto de pesquisa realizada, de forma específica com os docentes do SENAI- Montes Claros/MG, no entanto amparou-se também nas contribuições, de caráter relevante, de egressos e Diretor técnico deste centro de ensino e de um analista de educação. Com esse estudo, buscou-se identificar e analisar de forma crítica de que maneira vem sendo conduzida a formação de um novo trabalhador industrial nessa instituição de ensino profissionalizante a partir do deslocamento do conceito de qualificação para a noção de competência, demonstrando o enfraquecimento de sua dimensão social, política e econômica. O ponto de partida foi o movimento de reestruturação produtiva, cujo propósito foi fortalecer o capital após a crise do Fordismo/Taylorismo em meados dos anos 1970, dando origem ao regime de acumulação flexível. O novo paradigma de acumulação provocou mudanças significativas no mundo produtivo, tais como, precarização e terceirização do trabalho; por outro lado, suscitou a necessidade de um trabalhador com formação mais ampla, fundamentada no que foi denominado múltiplas competências, ou seja, capacidade de responder às inúmeras contingências trazidas pela aceleração tecnológica com autonomia, liderança e criatividade. Ao passo que a formação do trabalhador durante o modelo fordista/taylorista de produção restringia-se a conhecimentos técnicos e especializados, voltados diretamente para um posto de trabalho específico, no regime de acumulação flexível, essa formação deve contemplar tanto elementos de natureza técnica quanto subjetiva. Em face disso, discutiu-se a especificidade da reforma da educação profissional no Brasil implementada nos últimos cinco anos, tendo-se a competência como princípio ordenador, mediante um olhar aguçado pela teoria, sobre os documentos oficiais que regulam a reforma a partir da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: Decreto no 2.208/97, Diretrizes e Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Profissional de Nível Técnico. Com base nesses fatos, buscou-se identificar junto aos sujeitos envolvidos e/ou relacionados com o centro profissionalizante de ensino (SENAI) a maneira como vem sendo conduzida a formação do trabalhador industrial, e em que medida essa formação vem atendendo às premissas do regime de acumulação flexível. Demonstraram-se os limites políticos, epistemológicos e pedagógicos dessas regulações, propondo o resgate de um referencial históricocrítico para a educação profissional comprometida com a classe trabalhadora. A pedagogia das competências é enunciada pelo SENAI como um princípio formativo adequado à flexibilidade e à complexidade atual dos processos de trabalho, destacando os aspectos subjetivos dos profissionais. No entanto, este estudo nos revela que a noção de competência é limitada em relação à perspectiva da formação humana e construção de uma concepção transformadora de mundo. Por isso, considera-se a pesquisa, de cunho reflexivo e incitador para a construção de propostas que levem em conta a educação profissional como formação humana e como práxis transformadora das relações trabalho/educação. Uma perspectiva de resgate da instrução profissional como uma política voltada para os interesses da maioria, a classe trabalhadora.
Abstract: This study is the result of research conducted, specifically with teachers of SENAIMontes Claros/MG, but also bolstered the contributions of relevant character of graduates and Director of this technical education center and of an education analyst. With this study, we sought to identify and critically analyze how the training is being conducted for an industrial worker in this new institution of vocational education from the displacement of the concept of qualification for the notion of competence, demonstrating the weakening of its social, political and economic dimension. The starting point was the movement of productive restructuring, whose purpose was to strengthen the capital after the crisis of Fordism/Taylorism in the mid-1970s, giving rise to the regime of flexible accumulation. The new paradigm of accumulation caused significant changes in the productive world, such as outsourcing and precarious work, however, prompted the need for a worker with broader training, based on what was called multiple skills, or ability to respond the many contingencies brought on by technological acceleration with autonomy, leadership and creativity. While the formation of the worker during the Fordist/Taylorist model of production was restricted to technical and specialized knowledge, targeted directly to a specific job in the regime of flexible accumulation, such training should include elements of both technical and subjective features. Related to that, it was discussed the specificity of the reform of vocational education in Brazil implemented the last five years, having the competence ordering principle, by a keen eye for the theory on the official documents that regulate the reform from the Law Guidelines and Bases of National Education: Decree 2.208/97, guidelines and benchmarks of the National Curriculum Vocational Technical Level. Based on these facts, we sought to identify with the individuals involved and/or related to the vocational education center (SENAI) how the training has been conducted of the industrial worker, and the extent to which such training has been serving the premises of the regime of flexible accumulation. It was demonstrated the political, epistemological and pedagogical limits of these regulations, proposing the recovery of a historical-critical benchmark for professional education committed to working class. The teaching of skills is enunciated by SENAI as a formative principle appropriate to the flexibility and complexity of current work processes, emphasizing the subjective aspects of the professionals. However, this study reveals that the notion of competence is limited at the prospect of human design and construction of a transforming world. Therefore, this reflective and firebrand research is considered a motivation for the construction of proposals that take into account the professional education and training as a human development and transformative practice of the relations work / education. A prospect of recovery of professional education as a policy for the interests of the majority, the working class.
Keywords: Qualificação
Pedagogia das competências
Empregabilidade
Reforma da educação profissional
Trabalho como princípio educativo
Qualification
Pedagogy of skills
Employabilit
Reform of the professional education
Labor as an educational principle
Ensino profissional Montes Claros - 2003- 2009
SENAI
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: TEIXEIRA, Regina Célia Fernandes. Qualificação e competência : a formação do novo trabalhador pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI de Montes Claros/MG no período de 2003 a 2009. 2011. 245 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13620
Issue Date: 29-Aug-2011
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
t.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.