Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31611
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Title: O uso do conceito Bobath em crianças com paralisia cerebral do tipo espástico
Author: Borges, Ana Karla Almeida
First Advisor: Dionísio, Jadiane
First member of the Committee: Kishi, Marcos Seizo
Second member of the Committee: Dornelas, Lilian de Fátima
Summary: Introdução: A paralisia cerebral (PC) descreve um grupo de desordens permanentes do desenvolvimento da postura e do movimento, causando limitação de atividade que são atribuídas a distúrbios não progressivos que ocorreram no desenvolvimento do cérebro fetal ou infantil. Objetivos: Observar a melhora e aumento da função motora grossa através do Conceito Neuro evolutivo Bobath. Metodologia: Estudo prospectivo, longitudinal e de caráter avaliativo, composto por 5 crianças com diagnóstico médico de Paralisia Cerebral, com idade entre 4 a 8 anos de ambos os sexos, classificados com Gross Motor Function Classification System I, IV e V baseados nos critérios de inclusão e exclusão. Após assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, realizou-se a coleta de dados através de uma ficha de avaliação estruturada e aplicação da escala Gross Motor Function Mensure, pré e pós terapia. Em seguida, realizou-se oito terapias composta pelo protocolo com o Conceito Neuro evolutivo Bobath. Resultados: Ao comparar o score total, pré e pós tratamento, foi observado diferença significativa em todas as crianças (F:142,31; P:0,0009), assim como na comparação das dimensões da GMFM pré e pós-tratamento (F:85,01; P:<0,0001) intraparticipante. Também foi realizado a comparação entre as crianças classificadas como GMFCS I com as crianças do GMFCS V, pós tratamento, sendo observado maior eficácia nas crianças classificadas como GMFCS I (F:9,36; P:0,0022). Conclusão: O tratamento longitudinal se mostrou eficaz em crianças com Paralisia Cerebral do tipo espástico, sendo o uso da técnica mais eficaz em crianças com topografia hemiplégica.
Keywords: Paralisia cerebral
Espasticidade
Conceito bobath
GMFM
GMFCS
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: BORGES, Ana Karla Almeida. O uso do método Bobath em crianças com paralisia cerebral do tipo espástico. 2020. 17 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2021.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31611
Date of defense: 2-Oct-2020
Appears in Collections:TCC - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UsoDoConceito.pdf
  Until 2022-10-02
208.3 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.