Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30469
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-9501-6344
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Title: Comunicação da equipe de Enfermagem na troca de turnos: observação das práticas segundo o método ISBAR e as implicações para a segurança do paciente
Author: Souza, Maria Heliza Oliveira de
First Advisor: Silva, Andréa Mara Bernardes da
First coorientator: Antunes, Douglas Eulálio
Summary: Introdução: Atualmente, os serviços de saúde têm sido pressionados de diversas formas a utilizar diferentes tecnologias, para garantir a qualidade da assistência e a segurança do paciente desde sua admissão até a alta. Para isso, tornam-se necessários acolhimento adequado, identificação correta do paciente, trabalho em equipe e comunicação eficiente entre profissionais e serviços de saúde. A comunicação efetiva entre equipes é um nó crítico da assistência à saúde que requer mais atenção, por esta razão a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu como meta a melhoria da comunicação durante a troca de turnos dada a sua importância. Assim, o objetivo desse estudo foi analisar e descrever a comunicação das equipes de enfermagem durante as trocas de turno num hospital público de alta complexidade. Metodologia: Estudo observacional transversal, realizado com a equipe de enfermagem que presta assistência direta ao paciente hospitalizado, nos diferentes turnos de três setores (Unidade de Tratamento Intensivo, Clínica Médica e o Pronto Socorro). Os dados foram coletados nos meses de julho e agosto de 2020, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. Primeiramente, utilizou-se uma Lista de Verificação (Checklist) para observação da comunicação na troca de turnos, e um Instrumento de coleta de dados referentes as Práticas profissionais realizadas durante a comunicação na troca de turnos “passagem de plantão”, baseado no método ISBAR. Ambos construídos, e submetidos a validação aparente e de conteúdo, por três juízes expertises na área. Resultados: A primeira etapa de coleta, a amostra foi constituída por 114 “passagens de plantão” e na segunda etapa, um total de 82 profissionais enfermeiros (25.6%; 21/82) e técnicos de enfermagem (74.4%; 61/82) compuseram a amostra. Destes, 41,2% das passagens de plantão aconteceram no corredor (p<0,0001); 36,3% dos dados de situação transmitidos foram sobre procedimentos (p<0,0001). Ruídos (17,6%) e tempo insuficiente (24,9%) foram os dificultadores mais frequentes (p<0,0001). Discussão: A comunicação nas unidades deste estudo desempenha a finalidade de garantir a continuidade do cuidado; porém requer aperfeiçoamento nas fragilidades encontradas, especificamente em uma das clínicas, em que a comunicação entre os técnicos e auxiliares foi inexistente. Conclusão: O estudo identificou que o perfil assistencial da unidade não interferiu na qualidade da comunicação nas trocas de turno. Instrumentos validados de comunicação para a troca de turnos baseados na metodologia ISBAR, podem ser utilizados nos processos de comunicação, mediante treinamento prévio e capacitação profissional. A comunicação eficiente é considerada uma das estratégias promissoras a Segurança do Paciente
Keywords: Equipe de Enfermagem
Segurança do paciente
Comunicação em saúde
Gestão em Enfermagem
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::ENFERMAGEM MEDICO-CIRURGICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: SOUZA, Maria Heliza Oliveira. Comunicação da equipe de Enfermagem na troca de turnos: observação das práticas segundo o método ISBAR e as implicações para a Segurança do Paciente. 2020. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30469
Date of defense: 2-Oct-2020
Appears in Collections:TCC - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ComunicaçãoDaEquipe.pdf
  Until 2022-10-02
819.62 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons