Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30215
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-4448-6802
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Hugo de Carvalho Ramos: uma obra no intervalo entre a tradição e a modernidade
Alternate title (s): Hugo de Carvalho Ramos: a work in the interval between tradition and modernity
Author: Gomes, Luciana Coelho
First Advisor: Cunha, Betina Ribeiro Rodrigues da
First coorientator: Araújo, Joana Luíza Muylaert de
First member of the Committee: Barzotto, Leoné Astride
Second member of the Committee: Pereira, Kenia Maria de Almeida
Third member of the Committee: Pereira, Helena Bonito Couto
Summary: Este trabalho apresenta um estudo em torno da obra do escritor goiano Hugo de Carvalho Ramos e sua participação nas discussões referentes à nossa nacionalidade que se intensificaram no final do século XIX e início do século XX. Ramos é um autor contado no número dos escritores brasileiros regionalistas, porém apresenta uma obra que foge ao padrão ortodoxo dessa prática literária, quase sempre tendente ao exótico e ao pitoresco. Sua produção é reconhecida por críticos especializados, como Alfredo Bosi, como pertencente ao que se convencionou como regionalismo programático, sem os vícios da “cor local”, aprofundando a linha realista na compreensão das regiões interioranas. De fato, Carvalho Ramos escreveu sob o rigor da observação direta da realidade, porém considerando o elemento humano como o principal motivo em sua produção, denunciando e criticando os problemas originados pela desigualdade e pela injustiça social, enfrentados pelo homem pobre que habita o interior do Brasil, dando voz ao sertão e ao sertanejo pela sua ótica criativa. O autor é mais conhecido pela sua obra literária, o livro de contos Tropas e boiadas, mas sua obra não se resumiu a esse livro, ele escreveu textos poéticos, vasta correspondência pessoal, textos críticos e teóricos nos quais o espírito de intelectual preocupado com a realidade do país se revela. É nessa parte de sua obra, junto ao livro de contos, que encontramos subsídios para enfrentar o estudo aqui proposto: investigar a problematização empreendida pelo autor a respeito da realidade nacional, articulando suas ideias com as experiências estético-culturais que animaram o espírito de modernidade nacional. Nossa proposta de trabalho pretende comprovar que Ramos é um autor que trabalhou buscando a conjugação entre a tradição e a inovação, entre o arcaico e o moderno, o que faz com que a sua obra possa ser vista como uma produção intervalar no período de transição do regional programático para a modernidade brasileira.
Abstract: This study presents the work of Hugo de Carvalho Ramos, a Brazilian writer from Goiás, and his engagement in discussions regarding to our nationality, which were intensified in the late 19th and early 20th centuries. Ramos is a highlighted author among the Brazilian regionalist writers, thus his work differs from the orthodox standard literary practice, tending to the exotic and picturesque. His production is recognized by specialized critics, such as Alfredo Bosi, as belonging to what is known as programmatic regionalism, without the vicious way of “local color”, by deepening the realistic line in understanding the interior regions. In fact, Carvalho Ramos wrote under the rigor of direct observation of reality, but considering the human element as the main reason in his production, speaking up and criticizing the problems caused by inequality and social injustice, faced by the poor men who lived in the inner regions of Brazil, giving a voice to the sertão (backwoods) and sertanejo (backcountry) through their creative perspectives. Therefore, this author is best known for his literary work, the short stories book entitled Tropas e Boiadas, but his work was not limited to that title. Moreover, he wrote poetic texts, vast personal correspondence, critical and theoretical essays in which the intellectual spirit concerned with the reality of the country is revealed. It is in this part of his work, along with the storybook, that we may find support to face this study proposed: to investigate the problematization undertaken by the author regarding to the national reality, articulating his ideas with the aesthetic-cultural experiences that motivated the spirit of national modernity. This work proposal intends to prove that Ramos is an author who worked looking for the conjugation between tradition and innovation, between the archaic and the modern, what allows his work to be seen as an interval work during a Brazilian historic period of transiton from the regional to modernity.
Keywords: Hugo de Carvalho Ramos
Hugo de Carvalho Ramos
Sertão e sertanejo
Sertão e sertanejo
Crítica e denúncia social
Criticism and social denunciation
Tradição e modernidade
Tradition and modernity
Crítica literária
Literary Criticism
Literatura
Literature
Area (s) of CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Subject: Ramos, Hugo de Carvalho, 1895-1921
Sertanejos
Crítica literária
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Estudos Literários
Quote: GOMES, Luciana Coelho. Hugo de Carvalho Ramos: uma obra no intervalo entre a tradição e a modernidade. 2020. 160 f. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.te.2020.205.
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.te.2020.205
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30215
Date of defense: 10-Jul-2020
Appears in Collections:TESE - Estudos Literários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HugoCarvalhoRamos.pdfTese5.43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons