Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29804
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-0941-3501
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Reforma agrária e desenvolvimento local: o Assentamento Nova Santo Inácio e Ranchinho no município de Campo Florido (MG)
Alternate title (s): Agrarian reform and local development: the Nova Santo Inácio and Ranchinho Settlement in the municipality of Campo Florido (MG)
Author: Nomura, Mirian
First Advisor: Ortega, Antônio César
First member of the Committee: Shiki, Shigeo
Second member of the Committee: Gonçalves Neto, Wenceslau
Summary: A questão agrária ainda é um tema recorrente no cenário brasileiro, a propriedade da terra continua concentrada, e com ela encontram-se concentrados o poder econômico e político, criando assim, uma dinâmica que impede grande parte da população rural de melhores condições de vida, trabalho e participação democrática nas decisões políticas. O modelo de desenvolvimento rural, baseado na modernização tecnológica de latifúndios, provocou e tem provocado conseqüências negativas para o meio ambiente, para o processo de concentração fundiária e de renda. Nas décadas de 1980 e 1990, os problemas sociais e econômicos da população rural são agravados em decorrência do caráter parcial do processo de modernização, e o que é pior, grande parte dos excluídos por este processo vão paras as cidades, inchando as periferias, pois estas não mais oferecem postos de trabalho para essa população sobrante. Assim, a reforma agrária, nos dias atuais, representa não só uma forma de dar condições dignas de vida e cidadania para parcela importante da população rural, como significa também uma estratégia para um novo modelo de desenvolvimento, agora baseado no local, um modelo que integre campo e cidade, rural e urbano. Por meio do estudo dos impactos do assentamento Nova Santo Inácio e Ranchinho no município de Campo Florido, foi possível verificar os efeitos multiplicadores da reforma agrária, ou seja, mediante a implantação de um assentamento observa-se a dinamização da economia do município, pois, ocorre o aumento da produção agropecuária, aumento na comercialização de diferentes produtos (alimentícios, vestuário, móveis, aparelhos domésticos, produtos agropecuários, materiais de construção etc.), e aumento de diferentes serviços (bancário, perfuração de poços, transporte, escritório etc). O processo de luta pela terra traz também ao assentado a possibilidade de melhor representar seus interesses frente à sociedade, ganhando espaço nas decisões políticas.
Abstract: The agrarian issue is still a recurring theme in the Brazilian scenario, land ownership remains concentrated, and with it economic and political power are concentrated, thus creating a dynamic that prevents a large part of the rural population from better living conditions, work and democratic participation in political decisions. The rural development model, based on the technological modernization of large estates, has caused and has had negative consequences for the environment, for the process of land and income concentration. In the 1980s and 1990s, the social and economic problems of the rural population are aggravated due to the partial nature of the modernization process, and what is worse, most of those excluded by this process go to the cities, swelling the peripheries, because they no longer provide jobs for this surplus population. Thus, agrarian reform, nowadays, represents not only a way of giving dignified living conditions and citizenship to an important part of the rural population, but also means a strategy for a new development model, now based on the local, a model that integrate countryside and city, rural and urban. Through the study of the impacts of the Nova Santo Inácio and Ranchinho settlement in the municipality of Campo Florido, it was possible to verify the multiplier effects of agrarian reform, that is, through the establishment of a settlement, the dynamism of the municipality's economy can be observed, since, there is an increase in agricultural production, an increase in the commercialization of different products (food, clothing, furniture, household appliances, agricultural products, construction materials, etc.), and an increase in different services (banking, drilling of wells, transportation, offices, etc.) . The process of fighting for land also brings to the settler the possibility of better representing his interests before society, gaining space in political decisions.
Keywords: Questão agrária
Propriedade da terra
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Subject: Reforma agrária
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Economia
Quote: NOMURA, Mirian. Reforma agrária e desenvolvimento local: o Assentamento Nova Santo Inácio e Ranchinho no município de Campo Florido (MG). 2001. 113 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2001.44
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2001.44
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29804
Date of defense: 2001
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ReformaAgrariaDesenvolvimento.pdf9.5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons