Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27697
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: A dinâmica pulsional na surdez congênita ou precoce: reflexões sobre língua materna e língua de sinais
Alternate title (s): The drive dynamics in congenital or early deafness: reflections on mother tongue and sign language
Author: Vieira, Camila Campos Curcino
First Advisor: Paravidini, João Luiz Leitão
First member of the Committee: Neves, Anamaria Silva
Second member of the Committee: Maliska, Maurício Eugênio
Summary: Esta dissertação buscou compreender o papel língua materna na constituição psíquica do sujeito com surdez pertencente a uma família de ouvintes, apontando as especificidades da ausência de acesso à sonoridade e do uso da língua de sinais nos primeiros anos da criança. A construção das proposições foi decorrente do trabalho analítico com duas crianças com surdez e da elaboração de ensaio metapsicológico, os quais fizeram despontar os impasses decorrentes do encontro entre a língua oral e a língua de sinais e a singularidade da dinâmica pulsional entre os objetos voz e olhar na transferência. A língua materna foi tomada naquilo que se aproxima de lalangue, ou seja, ao sem sentido da língua e ao que escapa à representação. A língua de sinais ocupou duas posições nas sessões sendo a própria posição de lalangue ou sua elocubração, com efeitos de estranhamento e apaziguamento, respectivamente. Na ausência da sonoridade e na fragilidade do lugar simbólico ocupado pelo Outro primordial, o objeto olhar tornava-se uma presença insuportável ou assumia uma posição siderante, na qual o sujeito era capturado e não havia espaço para o questionamento do saber. Constatou-se que a língua de sinais, assim como a língua oral, assumiu o papel de embalar o objeto voz, quando utilizada por uma mãe ouvinte. Por fim, na análise dos sujeitos com surdez, o lugar do Outro como tesouro dos significantes encontrou demarcação quando a língua de sinais, diante do olhar materno, assumiu suas potencialidades simbólicas e de veículo para transmissão do desejo.
Abstract: This dissertation aimed at understanding the mother tongue role in the psychological constitution of the deaf subject inserted in a family of listeners, pointing out the particularities of the lack of access to sound and the use of sign language in the early years of childhood. Our propositions were based on the analytical work with two deaf children and the elaboration of a metapsychological essay. Questions arose due to the meeting of oral language and sign language to the singularity of the drive dynamics between the object voice and transfer. We understood mother tongue as close to lalangue, that is, what is meaninglessness of the language and what escapes representation. Sign language occupied two positions in the sessions, the lalangue position itself and its elocubration, with effects of estrangement and appeasement, respectively. In the absence of sonority and in the fragility of the symbolic place occupied by the primordial Other, the object gaze became an unbearable presence or assumed a puzzled position, in which the subject was captured and there was no room for questioning knowledge. Sign language, as well as oral language, assumed the role of wrapping the object voice when used by a listening mother. Regarding deaf subjects, the place of the Other as a treasure of signifiers found boundaries when the sign language, before the maternal gaze, assumed its symbolic and instrumental potentialities to transmit desire.
Keywords: Psicanálise
Surdez
Língua materna
Língua de sinais
Objetos pulsionais
Psychoanalysis
Deafness
Mother tongue
Sign language
Drive objects
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Quote: VIEIRA, Camila Campos Curcino. A dinâmica pulsional na surdez congênita ou precoce: reflexões sobre língua materna e língua de sinais. 2019. 182 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2019.1361.
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2019.1361
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27697
Date of defense: 6-May-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DinamicaPulsionalSurdez.pdf2.79 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.