Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25373
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Variação linguística e tecnologia digital: por uma abordagem reflexiva da língua portuguesa no ensino fundamental
Alternate title (s): Linguistic variation and digital technology: by a reflective approach of the portuguese language in fundamental teaching
Author: Melo, Regina Aparecida Ferreira
First Advisor: Marine, Talita de Cássia
First member of the Committee: Floripi, Simone Azevedo
Second member of the Committee: Oliveira, Peterson José de
Summary: Esta dissertação é o resultado de uma pesquisa do Mestrado Profissional em Letras - PROFLETRAS - Universidade Federal de Uberlândia. Partindo do pressuposto de que o ensino de Língua Portuguesa tem sido um dos grandes desafios da Educação brasileira, principalmente nas escolas públicas, que atendem uma clientela oriunda de classes socioeconômica e cultural tão diversas, acreditamos, assim como Cyranka (2007), Dantas (2015), Santos (2017) e Frasson (2017) que diagnosticar crenças linguísticas do alunado pode ser um caminho profícuo rumo à busca de um ensino de Língua Portuguesa significativo e estimulante na Educação Básica. Em sintonia com tal perspectiva, acreditamos também que para que tal ensino possa ser viabilizado, é preciso levar em consideração o vasto conhecimento prévio que o aluno possui de sua língua materna, enquanto falante nativo do Português, algo que, quase invariavelmente, é ignorado pelos milhares de professores de Língua Portuguesa no Brasil. Diante desse cenário e pautadas na hipótese de que a maioria dos alunos da Educação Básica, sobretudo da escola pública, possuem crenças linguísticas bastante negativas, tanto em relação ao ensino da Língua Portuguesa, quanto ao conhecimento que possuem dessa língua enquanto falantes nativos, respaldadas pelas contribuições da Pedagogia da Variação Linguística (cf. BORTONI-RICARDO, 2004; 2005; FARACO, 2008), desenvolvemos uma proposta de intervenção didática e aplicamos a alunos do 6º ano de uma escola municipal da cidade Uberlândia, Minas Gerais, buscando contribuir com a elevação da autoestima linguística desses alunos. Para tal, acreditando ser imprescindível a sensibilização do alunado quanto à heterogeneidade da Língua Portuguesa, focamos grande parte da proposta didática à desconstrução, junto aos alunos, da noção de língua homogênea, bem como da falsa relação de estudo de Língua Portuguesa como sinônimo de ensino/aprendizagem de gramática normativa. Com isso, buscamos contribuir também para a abolição da dicotomia “certo x errado” no que se refere aos usos da língua, em favor da noção de “adequado e inadequado” a determinadas situações comunicativas de fala e escrita (cf. BAGNO, 2007). Para atingirmos nossos objetivos, exploramos os recursos digitais presentes no cotidiano dos alunos como forma de despertar o interesse deles para o desenvolvimento de suas habilidades linguísticas, colaborando, assim, para a ampliação da competência comunicativa desses alunos. A pesquisa se fundamentou nos pressupostos metodológicos da pesquisa-ação (THIOLLENT, 1985), em que uma vez identificada uma determinada demanda na sala de aula, elaboramos e aplicamos uma proposta de intervenção. Além disso, lançamos mão de outros recursos metodológicos, aplicando um questionário de crenças e atitudes linguísticas em dois momentos distintos do ano letivo de 2018, bem como um questionário sobre o uso da tecnologia digital pelos alunos participantes da pesquisa. Atrelado a isso, elaboramos uma proposta de intervenção didática criada na blogosfera e intitulada “O Português nosso de cada dia” com atividades elaboradas à luz das contribuições da Sociolinguística Educacional e da Pedagogia da Variação Linguística. Neste espaço virtual, tanto professores quanto alunos poderão encontrar, de forma simples e prática, informações úteis em um espaço interativo criado com vistas à reflexão acerca de questões da língua a partir do viés variacionista de língua. Com o desenvolvimento desta pesquisa e em conformidade com os resultados apresentados, pudemos confirmar a necessidade urgente e efetiva, desde as séries iniciais do Ensino Fundamental, de um ensino de Língua Portuguesa mais sistemático no que se refere às reflexões relacionadas à variação linguística, de forma a promover um ensino de Língua Portuguesa pautado na língua em uso e, portanto, sensível à heterogeneidade da língua, atentando-se para a variação linguística em todos os seus diferentes níveis. A análise dos resultados nos permitiu observar que, apesar do curto período de intervenção, houve uma contribuição positiva de nossa pesquisa, visto que conseguimos promover um olhar mais reflexivo dos alunos sobre a língua materna, extrapolando os muros escolares.
Abstract: This dissertation is the result of a survey of the Professional Master's Degree in Letters – PROFLETRAS – Federal University of Uberlândia. Based on the assumption that the Portuguese Language teaching has been a great challenge to Brazilian education, especially in public schools, which serve a clientele from such diverse socioeconomic and cultural classes, we believe, like Cyranka (2007), Dantas (2015), Santos (2017) and Frasson (2017), that to diagnose the student body’s linguistic beliefs can be a useful path towards the search for a meaningful and stimulating Portuguese language teaching in Basic Education. In line with this perspective, we also believe that for such education to be feasible, it is necessary to take into consideration the student's extensive prior knowledge of his mother tongue as a Portuguese native speaker, something that is almost invariably ignored by thousands of Portuguese language teachers in Brazil. Given this scenario and based on the hypothesis that most of the students of Basic Education, especially in public schools, have very negative linguistic beliefs, both in relation to the teaching of the Portuguese Language and the knowledge they have of this language as native speakers, supported by the Linguistic Variation Pedagogy (cf. BORTONI-RICARDO, 2004; 2005; FARACO, 2008), we have developed a didactic intervention proposal and applied it to students of the 6th grade of a Municipal School in the city of Uberlândia, Minas Gerais, in order to contribute with the increase of the linguistic self-esteem of these students. For such, believing that it is essential to raise heterogeneity student awareness regarding the Portuguese Language, we focused a great part of the didactic proposal to the deconstruction, together with the students, of the notion of homogeneous language, as well as of the false relation of Portuguese Language study as synonymous to teaching / learning normative grammar. By doing so, we also seek to contribute to the abolition of "right and wrong" dichotomy regarding the uses of language, favoring the notion of "adequate and inappropriate" to certain communicative situations of speech and writing (BAGNO, 2007). In order to achieve our objectives, we explore the digital resources present in students' daily life as a way of sparking their interest in developing their language skills, thus helping to broaden these students communicative competence. The research was based on the methodological assumptions of action research (THIOLLENT, 1985), in which once a particular demand in the classroom was identified, we elaborated and applied an intervention proposal. In addition, we used other methodological resources, applying a questionnaire of beliefs and linguistic attitudes at two different moments of the 2018 academic year, as well as a questionnaire on the use of digital technology by students participating in the research. Linked to this, we elaborated a didactic intervention proposal created in the blogosphere and titled "Our daily Portuguese" with activities elaborated in the light of the contributions of Educational Sociolinguistics and of Linguistic Variation Pedagogy. In this virtual space, both teachers and students will be able to find, in a simple and practical way, useful information in an interactive space created as a means to ponder on language issues from the language variationist bias. With the development of this research and in accordance with the presented results, we have been able to confirm the urgent and effective need, from the early grades of Elementary School, for a more systematic Portuguese language teaching regarding the reflections related to linguistic variation, to promote a Portuguese language teaching based on the language in use and therefore sensitive to the heterogeneity language, paying attention to the linguistic variation in all its different levels. The analysis of the results allowed us to observe that, despite the short period of intervention, there was a positive contribution coming from our research, since we managed to promote a more reflective look of the students on the mother tongue, extrapolating the school walls.
Keywords: Ensino de língua portuguesa
Pedagogia da variação inguística
Sociolinguística educacional
Crenças e atitudes linguísticas
Tecnologia digital e ensino
Linguística
Língua portuguesa
Estudo e ensino
Língua portuguesa inovações tenológicas
Sociolinguística
Portuguese language teaching
Linguistic variation pedagogy
Educational sociolinguistics
Beliefs and linguistic attitudes
Digital technology and teaching
Area (s) of CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Letras (Mestrado Profissional)
Quote: MELO, Regina Aparecida Ferreira. Variação linguística e tecnologia digital: por uma abordagem reflexiva da língua portuguesa no ensino fundamental. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.625.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.625
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25373
Date of defense: 27-Feb-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Letras (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VariacaoLinguísticaTecnologia.pdf5.52 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.