Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25030
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Internacionalização do capital no setor sucroenergético do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba: estratégias políticas e territoriais
Alternate title (s): Internationalization of capital in the sugarcane sector of the Triângulo Mineiro / Alto Paranaíba: political and territorial strategies
Author: Campos, Natália Lorena
First Advisor: Cleps Junior, João
First member of the Committee: Vinha, Janaína Francisca de Souza Campos
Second member of the Committee: Souza, José Gilberto de
Third member of the Committee: Pereiria, Mirlei Fachini Vicente
Fourth member of the Committee: Chelotti, Marcelo Cervo
Summary: A mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba tem se tornado um importante espaço para a reprodução do setor sucroenergético brasileiro e de capitais hegemônicos, e o processo de globalização foi determinante para a entrada desses capitais. Com início durante a modernização da agricultura e as políticas voltadas à expansão da fronteira agrícola para as áreas de Cerrado, o agronegócio ganhou força na região, inicialmente com a soja e atualmente com a cana-de-açúcar. O Triângulo Mineiro concentra atualmente 60% das usinas do estado de Minas Gerais, essas comandadas por grupos nordestinos, da região Centro-Sul e mais recentemente por grupos estrangeiros. A entrada do capital externo no setor sucroenergético de Minas Gerais ocorreu durante o início da década de 2000, período marcado por processos de fusões e aquisições de empresas brasileiras e multinacionais que associavam o território brasileiro à produção de agrocombustíveis, e intensificou-se logo após a crise financeira de 2008. O momento da crise facilitou a entrada do capital externo com o auxílio do Estado em incentivos de financeirização do setor. Nesse sentido, o objetivo da pesquisa é compreender as novas configurações do capital nas atividades sucroenergéticas a partir da internacionalização do setor na região, bem como as intenções do capital externo e suas estratégias políticas e territoriais. A mesorregião possui cinco usinas controladas por grupos estrangeiros e são esses grupos – Bunge (Estados Unidos/Holanda), British Petroleum (Reino Unido) e Dow-chemical (Estados Unidos), que envolve nossa análise. Metodologicamente, este estudo foi construído através de leituras que envolvem a temática, sobretudo as regionais, análise dos dados que permitiram compreender a territorialização do setor sucroenergético e pesquisa de campo voltada à internacionalização, com foco nos grupos estrangeiros presentes na região. Partindo de reflexões que determinaram a atual configuração do setor sucroenergético mineiro, nossa intenção foi demonstrar o uso corporativo do território e sua apropriação pelas empresas transnacionais, e o interesse na produção de commodities agrícolas. Entre as principais conclusões da tese, destacamos que é preciso considerar que há aumento no interesse na produção global de novas fontes energéticas e a cana-de-açúcar e sua condição flexível, capaz de produzir alimento e energia, tem atraído investimentos externos e gerado uma série de efeitos no campo brasileiro. O processo de internacionalização do capital e da produção canavieira tem rebatimentos sobre as estruturas regionais, como, por exemplo, no aumento da produção de commodities agrícolas em detrimento da produção de alimentos, além da expropriação camponesa e precarização do trabalhador rural. Ainda, a aquisição de terras por estrangeiros reflete em uma maior exploração das terras e recursos por esses agentes que passam a controlar a produção canavieira nos espaços internacionalizados. Nesse sentido, observamos uma consolidação da mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba na produção de agrocombustíveis, tornando-se uma região competitiva e associada ao capital externo, este interessado na exploração de vantagens comparativas e competitivas da produção canavieira em novas fronteiras.
Abstract: The mesoregion of the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba has become an important space for brazilian sugarcane industry and of hegemonic capitals. The globalization was a determinant factor for these financial investment inputs. The agrobusiness gained strength in the region of Triângulo Mineiro, primarily with soybean production and currently with sugarcane cultivation, owing to the agriculture modernization and policies aiming agricultural frontiers expansion of the Cerrado areas. Triângulo Mineiro currently concentrates 60% of the plants in the state of Minas Gerais that are controlled by Northeast, South Central region, and foreign groups. The beginning of the foreign investments inputs into the sugarcane industry occurred during the early 2000s. This period was marked by mergers and acquisitions of Brazilian and multinational companies, which associated the Brazilian territory with agrofuels production. The process of fusion and acquisition of Brazilian and multinational companies intensified after the financial crisis of 2008. The period of crisis facilitated the foreign investments inputs with support of Brazilian government aiding in sector financialization. Thus, the objective of the present study is to understand the new capital configurations in sugarcane activities based on the internationalization of this sector in the region, as well as the intentions of external capital and its political and territorial strategies. The mesoregion has five plants controlled by foreign groups - Bunge (United States/Netherlands), British Petroleum (UK), and Dow-chemical (United States), and these groups are involved in our analysis. Methodologically, this study was constructed through interpretations that involve the theme, mainly regional ones, data analysis that allowed to understand the territorialization of the sugarcane industry, and field research focused on internationalization, focusing on the foreign groups present in the region. Based on reflections that determined the current configuration of the Minas Gerais sugarcane industry, our intention was to demonstrate the corporate use of the territory and its appropriation by the transnational companies, and the interest in the production of agricultural commodities. Among the main conclusions of the thesis, we must consider that there is an increase in interest in the global production of new energy sources. Sugar cane is a flexible condition since it is used for producing food and energy, and this has attracted foreign investments and generated a series of effects in the Brazilian countryside. The process of capital internationalization and sugarcane production has a rebound on regional structures, such as increased production of agricultural commodities to the detriment of food production, as well as peasant expropriation and the precariousness of rural workers. In addition, the acquisition of land by foreigners reflects in a greater exploitation of the lands and resources by these agents that begin to control the sugarcane production in the internationalized spaces. Therefore, we observed a consolidation of the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba mesoregion in the production of agrofuels, becoming a competitive region and associated with external capital, interested in exploiting comparative and competitive advantages of sugarcane production in new frontiers.
Keywords: Setor sucroenergético
Reestruturação produtiva
Internacionalização do capital
Implicações territoriais
Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba
Geografia
Cana-de-açúcar - Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (MG : Mesorregião)
Agroindústria canavieira - Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (MG : Mesorregião)
Agroindústria canavieira - Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (MG : Mesorregião) - Investimentos estrangeiros
Sugarcane industry
Productive restructuring
Internationalization of capital
Multinationals
Territorial implications
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: CAMPOS, Natália Lorena. Internacionalização do capital no setor sucroenergético do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba: estratégias políticas e territoriais. 2019. 258 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2019.631
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2019.631
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25030
Date of defense: 4-Apr-2019
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InternacionalizaçãoCapitalSetor.pdfTese de doutorado8.94 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.