Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24882
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Tornar-se tempo: Maya Deren e Maura Lopes Cançado
Alternate title (s): Becoming: Maya Deren and Maura Lopes Cançado
Author: Silva, Ava
First Advisor: Soares, Leonardo Francisco
First member of the Committee: Soares, Cinara de Araújo
Second member of the Committee: Andrade, Paulo Fonseca
Summary: Ao investigar uma série de relações possíveis entre a literatura e o cinema, Maria Esther Maciel, em “Para além da adaptação: formas alternativas de articulação entre literatura e cinema” (2003), destaca a existência de um cinema que, a despeito daquele que se dispõe a um diálogo com o “modelo narrativo do século XIX”, busca “na linguagem poética os subsídios para sua própria constituição” (p. 108). Tal cinema, segundo a autora, é parte de um filmar cujo vínculo com o texto literário concebe-se, também, em forma de “diálogos implícitos, citações, evocações oblíquas, ‘transcriações’, cruzamentos imprevistos” (p. 107). Do “cinema de poesia”, pensado, em especial, por Pier Paolo Pasolini (1966), às imagens poéticas de diretores como Alain Resnais, Peter Greenaway, Wim Wenders e Jim Jarmusch, o texto de Maria Esther Maciel percorre um espaço de composição cinematográfica ainda repleto de possibilidades quanto às discussões que envolvem as interartes. Tendo essas novas possibilidades em vista, propõe-se, aqui, um estudo comparativo entre as obras da diretora e teórica de cinema Maya Deren e da escritora mineira Maura Lopes Cançado, considerando-se a maneira como seus textos inserem-se no – e lidam, em sua superfície, com a questão do – tempo. A composição de corpora engloba os curtas-metragens Meshes of the afternoon (1943), At land (1944) e o inacabado Witch’s cradle (1944), de Maya Deren, e os contos do livro O sofredor do ver (1968), de Maura Lopes Cançado. Pretende-se, num primeiro momento, localizar, por meio de aspectos das obras em questão, as autoras em seus respectivos cenários de atuação, especialmente no que se refere à produção de autoria feminina. Posteriormente, são discutidas as diferentes formas de manipulação da noção temporal nas narrativas literárias e fílmicas em análise, buscando proximidades entre as autoras e entre os dispositivos de escrita e cinematográfico. Nessa direção, é objetivo, também, do trabalho, colocar em movimento, em conjunto com os textos literários e fílmicos, as noções de dissolução do tempo (CASTELLO BRANCO, 1990), imagem-tempo (DELEUZE, 2005), forma ritualística (DEREN, 2005b), liame narrativo (CALVINO, 2002) e punctum (BARTHES, 2015).
Abstract: In a text on the possible relations between literature and film, “Para além da adaptação: formas alternativas de articulação entre literatura e cinema” (2003), Maria Esther Maciel discusses a cinema that goes beyond the dialogue with the 19th century’s common narrative forms, usually taking inspiration on the language of poetry. In this type of film, according to Maria Esther Maciel, the connections with literature would lie on implicit dialogues, references, “transcriations” (2003, p. 107), etc. From Pier Paolo Pasolini’s “cinema of poetry” concept to the poetic images created by filmmakers such as Alain Resnais, Peter Greenaway, Wim Wenders and Jim Jarmusch, Maciel’s essay explores a field of numerous possibilities regarding the interarts studies involving films. Taking these possibilities into consideration, we aim to develop, here, a comparative study on Maya Deren’s – an american filmmaker – and Maura Lopes Cançado’s – a brazilian writer – works, concerning how these literary and filmic texts relate to its production context and the way they incorporate the time dimension into the narratives. Our corpora includes Deren’s short films Meshes of the afternoon (1943), Witch’s cradle (1944, unfinished) and At land (1944), and Cançado’s short stories from her collection O sofredor do ver (1968). We aim to put in motion, alongside the literary and filmic works, concepts like dissolution of time (CASTELLO BRANCO, 1990), time-image (DELEUZE, 2005), ritualistic form (DEREN, 2005b), narrative link (CALVINO, 2002) and punctum (BARTHES, 2015).
Keywords: Cinema e Literatura
Maya Deren
Maura Lopes Cançado
Tempo
Interarts
Female authorship
Time
Autoria feminina
Literatura
Deren, Maya, 1917-1961
Cançado, Maura Lopes, 1930-1993
Area (s) of CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::CINEMA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Estudos Literários
Quote: SILVA, Ava. Tornar-se tempo: Maya Deren e Maura Lopes Cançado. 2019. 92 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.634.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.634
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24882
Date of defense: 21-Feb-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Literários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TornarseTempoMaya.pdf1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.