Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24779
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Empregabilidade no setor contábil: qual a relação com a modalidade de formação acadêmica?
Alternate title (s): Employability in the accounting sector: what is the relation with the modality of academic formation?
Author: Rocha, Lucas Fernandes
First Advisor: Silva, Marli Auxiliadora da
First member of the Committee: Tavares, Marcelo
Second member of the Committee: Araujo, Adriana Maria Procópio de
Summary: A qualificação profissional é requisito para acesso ao mercado de trabalho e para a empregabilidade, ensejando o interesse cada vez maior pela obtenção de uma graduação como confirma o aumento no número de matrículas tanto no ensino presencial quanto no ensino a distância (EaD) (INEP, 2018). Considerando que pesquisas internacionais relacionam modalidade de formação acadêmica e empregabilidade investigou-se, para o contexto contábil brasileiro, a relação entre três variáveis: formação acadêmica, nas modalidades presenciais e a distância, gênero de candidatos e empregabilidade. Neste estudo, em que a decisão de contratação é entendida como proxy para empregabilidade, os resultados foram discutidos à luz da Teoria do Capital Humano (TCH), com o objetivo de identificar se os profissionais da contabilidade, responsáveis pela admissão em suas organizações contábeis, consideram os antecedentes educacionais e o gênero em suas decisões de contratações. Para realização da coleta de dados, adstrita aos profissionais de quatro microrregiões do Triângulo Mineiro, todos eles proprietários e/ou sócios em suas organizações, aplicou-se questionário online e presencialmente a uma amostra de 188 (cento e oitenta e oito) profissionais. Resultados descritivos apontaram idade média de 47 anos; maioria (70,7%) do gênero masculino; graduados em Ciências Contábeis (61,7%) para a amostra, sendo que entre todos os participantes (66,5%) não conhecem a modalidade EaD. Os dados analisados por meio da Estatística Descritiva, Análise de Frequência, Teste t-Student, Análise de Variância e Tabelas de contingência com o Teste de qui-quadrado revelaram que os profissionais, neste estudo, em uma situação de decisão de contratação preferem candidatos que tenham obtido sua graduação por meio do ensino presencial. Prevalece, também, a preferência pela contratação de candidatas do gênero feminino, em qualquer situação que envolva a variável gênero e modalidade de formação acadêmica. Em se tratando de candidatos com formação acadêmica em nível de pós-graduação a modalidade de formação presencial é melhor avaliada. Confirmou-se que três fatores preponderam em ordem de importância para os profissionais da contabilidade, em uma situação de decisão de contratação (empregabilidade): a experiência profissional do candidato (89,36%), a graduação em Ciências Contábeis (80,85%), e as atividades extracurriculares realizadas pelo candidato durante a graduação, como por exemplo o estágio (75%). Confirmou-se que a reputação da instituição educacional do candidato é mais importante do que o ambiente educacional, presencial ou a distância, em que o grau foi obtido, independentemente de a instituição ser pública ou privada. Os resultados também revelaram indícios de que a formação do respondente na modalidade EaD não resulta em uma aceitação plena de possíveis funcionários que tenham formação nessa modalidade.
Abstract: Professional qualification is a fundamental requirement to access the job market and for employability, yielding the increasement of the interest in getting a degree as confirmed by the number of enrollments both in classroom teaching and distance learning (INEP, 2018). Considering that international research relates between three variables was studied: modality of academic background, in face and distance modalities, gender of candidates and employability, it was investigated the relationship between academic training, either distance and classroom modalities and gender of candidates for the Brazilian Accounting context. In this study, wherein the hiring decision is understood as a proxy for employability, the results were discussed in the light of the Human Capital Theory (TCH), in order to identify whether the Accounting professionals, responsible for admission at their accounting organizations, consider the educational environment and gender in their hiring decisions. In order to perform the data collection, attached to four microregions of the Triângulo Mineiro, all of them owners or partners at their organizations, the survey was applied online and in person to a sample of 188 (one hundred and eighty-eight) professionals. Descriptive results indicated mean age of 47 years; majority (70.7%) of the male gender; undergraduated in Accounting (61.7%) for the sample, wherein among all participants (66.5%) do not know the distance education modality. The data analyzed through Descriptive Statistics, Frequency Analysis, Student's t-Test, Analysis of Variance and Contingency Tables with the Chi-Square Test revealed that professionals in a hiring decision situation prefer candidates who have obtained their graduation through classroom teaching. Besides, the choice of hiring female candidates, in any situation that involves the variable gender and modality of academic background predominates. In the case of candidates with academic training at the undergraduate level, the modality of classroom teaching is best assessed. It was confirmed that three factors preponderated in order of importance for accounting professionals, in a hiring decision (employability) situation: the professional experience of the candidate (89.36%), the degree in Accounting (80.85%), and the extracurricular activities carried out by the candidate throughout undergraduation, such as an internship (75%). It has been acknowledged that the reputation of the candidate's educational institution is more important than the educational environment, classroom or distance learning, in which the degree was obtained, regardless the institution is public or private. The results also revealed signs that the training of the candidate in distance education modality does not result in a full acceptance of possible employees with training in this modality.
Keywords: Empregabilidade
Formação acadêmica
Ensino presencial
Ensino a distância
Ciências Contábeis
Employability
Academic training
Classroom teaching
Distance learning
Accounting
Contabilidade
Mercado de trabalho
Formação profissional
Contabilidade - Ensino a distancia
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Contábeis
Quote: ROCHA, Lucas Fernandes. Empregabilidade no setor contábil: qual a relação com a modalidade de formação acadêmica? 2019. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.937.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.937
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24779
Date of defense: 14-Feb-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EmpregabilidadeSetorContábil.pdfDissertação763.33 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.