Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23543
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Brasil e Argentina: Uma análise comparativa das políticas externas nos governos de Vargas e Perón em relação aos EUA (1951 - 1955)
Author: Alves, Natasja Landim Ferreira
First Advisor: Cardozo, Sanda Aparecida
First member of the Committee: Prado, Débora Figueiredo Mendonça do
Second member of the Committee: Ramanzini Júnior, Haroldo
Summary: As relações bilaterais entre Brasil e Argentina constituem um dos principais eixos que definem as relações internacionais na América do Sul. Essas relações passaram por momentos de distanciamentos e conflitos ao longo do tempo. Durante os governos de Getúlio Vargas (1951-1954) e de Juan Domingo Perón (1952-1955) as ações de política externa dos dois, apesar de certas semelhanças, foram majoritariamente distintas devido a uma série de fatores, dentre eles o cenário interno e externo. O Brasil, desde no início da República, em 1889, estreitou seus laços com os Estados Unidos, diferentemente da Argentina, que devido à sua aproximação mais proeminente com a Inglaterra, sempre se opôs às iniciativas hegemônicas norte-americanas no continente. O cenário internacional pós-1945 e na proeminência do conflito leste/oeste alterou a política externa norte-americana para a América Latina e, com isso, Vargas e Perón tiveram que buscar uma forma de barganhar melhores condições para os seus processos de desenvolvimento industrial e para se manterem autônomos. A compreensão da política externa entre Brasil e Argentina tem como principal interesse entender a relação com os Estados Unidos e como esta acabou influenciando uma possível aproximação entre Vargas e Perón durante a década de 1950.
Abstract: The bilateral relations between Brazil and Argentina constitute one of the main points that define international relations in South America. These relationships have gone through moments of detachment and conflict over time. During the governments of Getúlio Vargas (1951-1954) and Juan Domingo Perón (1952-1955), the foreign policy actions of the two, despite certain similarities, were largely different due to a number of factors, including the internal and external scenario. Brazil, since the beginning of the Republic in 1889, has tightened its ties with the United States, unlike Argentina, which, because of its more prominent approach to England, has always opposed US hegemonic initiatives on the continent. The post-1945 international scenario and the prominence of the East / West conflict changed US foreign policy towards Latin America, and with it Vargas and Perón had to find a way to bargain better conditions for their industrial development processes and to remain autonomous. The understanding of the foreign policy between Brazil and Argentina has as main interest to understand the relation with the United States and how this ended up influencing a possible approximation between Vargas and Perón during the decade of 1950.
Keywords: Política Externa
Foreign Policy
Brasil E Argentina
Juan Domingo Perón
Estados Unidos
Getúlio Vargas
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
CNPQ::OUTROS::RELACOES INTERNACIONAIS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: ALVES, Natasja Landim Ferreira. Brasil e Argentina: Uma análise comparativa das políticas externas nos governos de Vargas e Perón em relação aos EUA (1951 - 1955). 2018. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23543
Date of defense: 11-Dec-2018
Appears in Collections:TCC - Relações Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BrasilArgentinaAnalise.pdfTCC538.25 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.