Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22308
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Os sertões de Euclídes da Cunha : uma (re)leitura estético-política da Guerra de Canudos
Alternate title (s): Os sertões de Euclídes da Cunha: an aesthetic-political (re) reading of the Canudos War
Author: Oliveira, Ângela Pereira da Silva
First Advisor: Seixas, Jacy Alves de
First member of the Committee: Lopreato, Christina da Silva Roquette
Second member of the Committee: Almeida, Antônio de
Third member of the Committee: Noronha, Gilberto Cézar de
Fourth member of the Committee: Fernandes, Paulo Irineu Barreto
Summary: Neste trabalho de tese de doutorado, intitulado Os sertões de Euclides da Cunha: uma (re)leitura estético-política da Guerra de Canudos, fazemos uma análise do estético e do político, a fim de encontrar novas leituras possíveis a partir de Os sertões, de Euclides da Cunha. Para isso, identificamos certas transformações políticas de Euclides da Cunha, as quais redundaram em sua mudança estética também. Percebemos traços de ruptura social e política em Canudos, que podem ser considerados qualidades distintivas fundamentais de modos de vida mais éticos e solidários, pois fogem das fórmulas totalizantes. Invocamos alguns saberes em História e Literatura, por sua força narrativa, uso dos afetos e da imaginação. Tangencialmente, apropriamo-nos de conceitos de algumas áreas, sendo a do Direito uma delas. Numa perspectiva interdisciplinar por princípio, estes conceitos, no contexto da Guerra de Canudos, ajudam-nos a revelar uma sociedade no país marcada pelo conservadorismo e pelo positivismo jurídico. Em que pese o caráter teológico da comunidade canudense, guiada por sentimentos de religiosidade, o modo de vida da sociedade brasileira urbana e endinheirada contrasta profundamente com o modo de vida peculiar da comunidade sertaneja do arraial de Belo Monte. Nas tramas das suas antíteses e dos seus paradoxos, Euclides da Cunha, pretendendo firmar os ideais republicanos, acaba por revelar um sujeito, que se constitui sujeito de direito, cuja maior aspiração era viver bem. Os saberes envoldidos na escrita de Euclides da Cunha, em Os sertões, possibilitam uma partilha estética desveladora de novos mundos e novas realidades, que desmorona certezas, dada a crueza dos fatos narrados. Para esse desvelamento, contribuem ainda os conceitos de autopoiese, regime estético e interdisciplinaridade. Tais conceitos possibilitam construir esta outra interpretação que pretendemos com Os sertões, de Euclides da Cunha.
Abstract: In this research, titled Os sertões de Euclides da Cunha: an aesthetic-political (re) reading of Canudos War, we proceed an analysis of the aesthetic and the political, in order to find new possible readings from Os sertões, by Euclides of Cunha. For this, we identified certain political transformations of Euclides da Cunha, which resulted in his aesthetic change as well. We perceive traces of social and political rupture in Canudos, which can be considered fundamental distinctive qualities of more ethical and solidary ways of life, since they escape the totalizing formulas. We invoke some knowledge in History and Literature, because of their narrative force, use of the affections and the imagination. Tangentially, we take advantage of concepts from some areas, law is one of them. From an interdisciplinary perspective on principle, these concepts, in the context of the Canudos War, help us to reveal a society in the country featured by conservatism and legal positivism. Despite the theological character of the Canudos community, guided by feelings of religiosity, the way of life of urban and wealthy Brazilian society contrasts sharply with the peculiar way of life of the community of the countryside of Belo Monte. In the plots of his antitheses and his paradoxes, Euclides da Cunha, intending to set the republican ideals, reveals a subject, who is a subject of law, whose main aspiration was to live well. The knowledge involved in the writing of Euclides da Cunha, in Os sertões, allows an aesthetic sharing of new worlds and new realities, which collapses certainties, given the crudeness of the facts narrated. For this unveiling, the concepts of autopoiesis, aesthetic regime and interdisciplinarity also contribute. Such concepts allow us to construct this other interpretation that we intend with Os sertões, by Euclides da Cunha.
Keywords: História
Literatura e história
Brasil - História - Canudos, 1897
Cunha, Euclídes, 1866-1909 - Crítica e interpretação
Os sertões
Euclides da Cunha
Interdisciplinaridade
Guerra de Canudos
Sertanejo
Sujeito de direito
Interdisciplinarity
War of Canudos
Peasant
Subject of law
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em História
Quote: OLIVEIRA, Ângela Pereira da Silva. Os sertões de Euclídes da Cunha : uma (re)leitura estético-política da Guerra de Canudos. 2018. 215 f. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.621.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.621
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22308
Date of defense: 27-Feb-2018
Appears in Collections:TESE - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SertõesEuclidesCunha.pdfTese2.41 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.