Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22058
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Sociabilidades e relações sociais dos adolescentes em conflito com a lei em Uberlândia/MG em 2017: sentidos e significados atribuídos pelos sujeitos
Alternate title (s): Forms of sociability and social relations, in which are inserted adolescents who conflicted with the law in Uberlândia/MG: representations and classifications that the surveyed individuals built to understand its social experiences and give it meaning
Author: Silveira, Manuela Soares
First Advisor: Previtali, Fabiane Santana
First member of the Committee: Lara, Ricardo
Second member of the Committee: Calixto, Flander de Almeida
Summary: O presente trabalho é resultado da pesquisa de mestrado no Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Uberlândia (PPGCS/UFU), que teve por objetivo analisar a sociabilidade dos adolescentes em conflito com a lei do município de Uberlândia/MG no ano de 2017, mais especificamente os adolescentes do sexo masculino que cumprem medida socioeducativa (MSE) de internação no Centro Socioeducativo de Uberlândia (CSEUB). Buscamos então compreender qual o sentido atribuído pelos sujeitos às suas experiências sociais, desembocando no sentido que a MSE de internação tem para eles. Para tanto, optamos por uma base teórico-metodológica orientadora de todo o processo de construção da pesquisa, inclusive de análise de dados, que se contrapõe à visão naturalista e determinista da realidade: o materialismo histórico e dialético de Marx. Dessa forma, a presente pesquisa é majoritariamente qualitativa, respondendo aos aspectos específicos de uma pesquisa com seres humanos, ao optar por trabalhar com o universo dos significados, que não estão deslocados, mas inseridos na realidade social dos pesquisados. Nesse sentido, partimos de um recorte na sociabilidade dos sujeitos, nos aspectos que dizem respeito à educação, ao trabalho, à família e à comunidade. Assim, procuramos estabelecer uma análise que levasse em consideração que o modo de vida como forma de reprodução dos sujeitos se mostra inserido na sociabilidade própria da ordem sociometabólica do capital. A partir daí, empreendemos primeiramente a pesquisa bibliográfica na busca de um amplo levantamento dos autores e de suas respectivas produções científicas que fossem condizentes com o referencial e com a problemática proposta neste estudo. Para a pesquisa de campo, com o objetivo de conhecer as formas de sociabilidade e relações sociais na perspectiva dos significados e sentidos atribuídos pelos próprios sujeitos, seus familiares e os operadores do programa de atendimento ao adolescente em cumprimento de medida socioeducativa, optamos por um estudo de caso no CSEUB. Nesse sentido, no primeiro capítulo, faremos a construção de conceitos fundamentais para a compreensão da análise que se pretende empreender, quais sejam, os conceitos de juventude, sociabilidade, trabalho, capital e Estado. No segundo e terceiro capítulos, buscaremos inserir os participantes da pesquisa em um contexto macrossocietário, focando especialmente nos aspectos do trabalho e da educação, no que diz respeito à reestruturação produtiva, às novas configurações do mundo do trabalho, e à educação dual e precária para a classe trabalhadora. Finalmente, no capítulo 4 apontamos pistas para a compreensão do processo de criminalização e de responsabilização sociopenal ao qual estão sujeitos os adolescentes em conflito com a lei, tendo como objeto o CSEUB enquanto instituição inserida nesse processo. Os resultados finais do presente estudo nos possibilitaram compreender que os adolescentes aqui pesquisados, bem como o grupo social ao qual pertencem, têm suas sociabilidades configuradas pelo sociometabolismo do capital, de modo a contribuir na reprodução e manutenção dessa estrutura. Sabemos que é necessária uma continuidade da construção desse trabalho que não se esgota aqui, e, ao contrário, apresenta novas indagações, novas complexidades e fenômenos a serem investigados.
Abstract: The present study is a cutout made from a research master's thesis in the Social Sciences Graduate Program of the Universidade Federal de Uberlândia (PPGCS/UFU). Its overall objective is to understand the forms of sociability and social relations, in which are inserted male adolescents who conflict with the law and received deprivation of liberty as educational correctional measures in the Centro Socioeducativo de Uberlândia/MG – CSEUB. We intended to understand the representations and classifications that the surveyed individuals built to understand its social experiences and give it meaning. As well as to understand what the educational correctional measures means to them. Therefore, we used Marxism as a theoretical and methodological basis for the whole research process, including data analysis. Basis that is opposed to the naturalist and deterministic reality perspective. So, this research is mainly qualitative, answering to the specific aspects of a human being research, once we choose working with meanings, that is not displaced from surveyed individuals’ reality. So, we start from a cutout in surveyed individuals’ sociability in aspects of education, work, family and community. We intend to build an analysis that considered that the surveyed individuals’ way of living and self-reproduction is inserted in the sociability proper of capitalism. In this attempt, first we made bibliographic research, looking for researchers and their productions dealing with this theme. In field research to understand the forms of sociability and social relations in surveyed individuals given meanings, a case study was carried out in CSEUB. So, chapter one is about fundamentals concepts for the understanding of this analysis, such as youth, sociability, work, Capital and Nation. In chapters two and three we intended to insert surveyed individuals in a macrosocial context, mainly regarding work and education aspects, and concerning globalization deepening and capital crisis context, with the labor flexibilization, productive restructuring and neoliberalism, and different educational trajectories for the individuals according to their social origin. Finally, in chapter four we pointed out clues to the understanding of criminalization process and penalty in which are inserted adolescents who conflict with the law, as well as CSEUB institution. As final results we understood that the researched adolescents and its social group has their sociability configured by Capital reproduction and maintenance structure. Therefore, we know that this research must go on, once it isn’t exhausted and presents new questions and aspects to be under study.
Keywords: Adolescente em conflito com a lei
Medida Socioeducativa
Sociabilidade
Trabalho
Educação
Processo de criminalização
Adolescents who conflict with the law
Educational correctional measures
Sociability
Work
Education
Criminalization process
Ciências sociais
Adolescentes
Delinqüência juvenil
Assistência a menores
Trabalho
Educação
Populações vulneráveis
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais
Quote: Silveira, Manuela Soares. Sociabilidades e relações sociais dos adolescentes em conflito com a lei em Uberlândia/MG em 2017: sentidos e significados atribuídos pelos sujeitos. Uberlândia. 2018. 244 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Uberlândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.1309
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.1309
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22058
Date of defense: 6-Apr-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SociabilidadesRelaçõesSociais.pdf3.33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.