Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21657
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: A Classe Média brasileira no século XXI e sua relação com o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV): reflexões a partir de Uberlândia (MG)
Alternate title (s): A "Nova Classe Trabalhadora" e o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV)
Author: Bernardo, Luciano Tiago
First Advisor: Cleps, Geisa Daise Gumiero
First member of the Committee: Pessôa, Vera Lúcia Salazar
Second member of the Committee: Abrão, Larissa Guimarães Martins
Third member of the Committee: Ramires, Julio Cesar de Lima
Fourth member of the Committee: Pereira, Mirlei Fachini Vicente
Summary: Esta pesquisa tem como objetivo compreender as alterações ocorridas na Classe Média brasileira, na primeira década deste século, e seus efeitos na oferta de seu principal desejo de aquisição, a casa própria, com destaque para o “Programa Minha Casa, Minha Vida” (PMCMV). A hipótese levantada é de que há uma estreita relação entre o nível de renda da Classe Média brasileira e as faixas de renda contempladas no PMCMV o que possibilitou considerar que o Programa beneficiou as classes econômicas com menor renda, mas também grande parte da Classe Média brasileira. Para o desenvolvimento da pesquisa, foi realizado um levantamento histórico da formação da Classe Média brasileira e dos principais programas habitacionais implantados no Brasil. Sobre a composição da Classe Média foram analisadas as alterações nas classes econômicas entre os anos 2000 e 2010 e os principais determinantes das mudanças ocorridas que levaram ao aumento do número de pessoas que vieram a compor a referida classe. Neste estudo, foi utilizado o método qualitativo de pesquisa, com o emprego da Pesquisa Teórica e Documental. O levantamento bibliográfico foi empreendido com obras de referência, teses, dissertações e artigos científicos, visando o aprofundamento conceitual da temática. Além da pesquisa bibliográfica, foi efetuada a pesquisa documental sobre dados estatísticos suscetíveis de um aprofundamento analítico. O levantamento de dados estatísticos secundários, oriundos principalmente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Fundação João Pinheiro (FJP), foi fundamental para a análise das classes econômicas, do déficit habitacional e das despesas mensais das famílias brasileiras e de Uberlândia. Com relação aos resultados do PMCMV em Uberlândia, área de estudo desta tese, as fontes utilizadas foram a Caixa Econômica Federal (CEF), teses, dissertações, artigos científicos, construtoras, pesquisadores e profissionais do setor habitacional. A partir do levantamento e análise dos dados obtidos observou-se o aumento do número de pessoas que vieram a compor a Classe Média devido ao advento de uma classe econômica denominada “Nova Classe Trabalhadora” que, somada a uma “Classe Média Tradicional”, fez com que a Classe Média viesse a abranger aproximadamente metade da população brasileira. Também foi verificado que o PMCMV atendeu, em distintas proporções, os interesses de vários agentes envolvidos como o Governo, as empresas do setor de construção civil e de parcela da população inserida no quadro do déficit habitacional. Esta pesquisa identificou que há uma estreita relação entre o nível de renda da Classe Média e as faixas de renda do PMCMV. O programa contemplou as classes econômicas com menor renda, porém, a Classe Média foi a maior beneficiária, apesar de não apresentar o maior déficit habitacional. Por último, percebeu-se que, em Uberlândia, programas como o PMCMV promovem uma inclusão periférica segundo uma escala hierárquica cujo determinante é a renda e, quanto menor esta, maior a periferização e a distância das moradias em relação ao centro da cidade.
Abstract: This research aims to understand the changes that occurred in the Brazilian middle class in the first decade of this Century, and its effects on the offer of its main possession desire: a house, especially the ones offered by the Brazilian Government “Minha Casa, Minha Vida Program” (PMCMV). The hypothesis raised was that, there is a close relation between the level of income of the Brazilian Middle Class and the levels of income contemplated by the PMCMV which made it possible to consider that the program benefited the lower income classes, but also a large part of the Brazilian Middle Class. Aiming to produce an analytical research, a historical survey of the formation of the Brazilian Middle Class was held and we analyzed all housing programs implemented and carried out in Brazil. Regarding to the composition of the middle class, we analyzed changes in economic classes between the years 2000 and 2010 and the main determinants of these changes led to an increase in the number of people who came to compose Brazilian Middle Class. In this study, the qualitative method of research, associated to the Theoretical and Documentary Research, was used. The bibliographical survey was undertaken with reference works, theses, dissertations and scientific articles, aiming at the conceptual deepening of the theme. Besides the bibliographical research, documentary research was carried out on statistical data susceptible of an analytical deepening. The survey of secondary statistical data, mainly coming from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) and the João Pinheiro Foundation (FJP), was essential for the quantitative analysis of economic classes, the housing deficit and monthly expenses of the Brazilian families and Uberlândia-MG. Concerning to the results of the PMCMV program in Uberlândia-MG, area of study of this theses, the sources used were the Caixa Econômica Federal (CEF), theses, dissertations, scientific articles, construction companies, researchers and professionals in the housing sector. From these surveys, we observed that there was an increase in the number of people who joined the Middle Class due to the emergence of a new working class called the “New Working Class” which, together with a “traditional Middle Class”, meant that the middle class would cover approximately half of the Brazilian population. It was also verified that the PMCMV attended, in different proportions, the interests of several agents involved as the Government, the companies of the civil construction sector and of the part of the population inserted in the context of the housing deficit. This research identified that there is a close relationship between the income level of the middle class and the income bands of the PMCMV. The program included economic classes with lower income, however, the Middle Class was the biggest beneficiary, although it didn’t present the biggest housing deficit. Finally, it was noticed that, in Uberlândia-MG, programs such as the PMCMV promote a peripheral inclusion according to a hierarchical scale whose determinant is the income and, the lower it is, the greater the periphery and the distance of the dwellings in relation to the center of the city.
Keywords: Classe Média
Middle Class
Nova Classe Trabalhadora
New Working Class
Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV)
Minha Casa, Minha Vida Program (PMCMV)
Déficit e Demanda habitacional
Deficit and Housing Demand
Uberlândia-MG
Uberlândia-MG
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA HUMANA::GEOGRAFIA ECONOMICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Quote: BERNARDO, Luciano Tiago A classe média brasileira no século XXI e sua relação com o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV): reflexões a partir de Uberlândia (MG). 2018. 280 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.614
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.614
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21657
Date of defense: 23-Apr-2018
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ClasseMédiaBrasileira.pdf6.33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.