Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21023
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Perfil do suspeito e racismo institucional : uma análise da ação policial em Uberlândia, Minas Gerais
Alternate title (s): Profile of the suspect and institutional racism: an analysis of the action Police Officer in Uberlandia, Minas Gerais
Author: Jesus, Andreia Sousa de
First Advisor: Previtali, Fabiane Santana
First member of the Committee: Barbosa, Pedro
Second member of the Committee: Petean, Antônio Carlos Lopes
Summary: O presente trabalho analisa os entraves sociais estabelecidos institucionalmente pela administração pública e que condicionam a estigmatização da população negra. Resquícios do processo de escravização no Brasil perduram nos dias atuais de forma complexa e emblemática. A raça permanece existente no imaginário coletivo, sendo construída a partir de diferenças fenotípicas que se configuram como representações da subjetividade dos sujeitos, porém, atuando de forma objetiva no cotidiano. Programas habitacionais funcionam como artifício de alocar a população negra nas periferias e, considera-se que esta é uma prática institucionalmente racista. A repressão do Estado acerca desta população não surge na violência policial, mas em ações tendenciosas que determinam espaços para determinados indivíduos. A violência policial, institucionalmente organizada, é mais uma forma de impedir a ascensão social, política, econômica e intelectual da população negra.
Abstract: The present study analyzes the social barriers established institutionally by the public administration and that condition the stigmatization of the black population. Remains of the enslavement process in Brazil endure today in a complex and emblematic way. Race remains in the collective imaginary constructed from phenotypic differences that configured as representations of subjects' subjectivity, however, acting in an objective way in everyday life. Housing programs function as an artifice of allocating the black population in the peripheries, and it considered that this is an institutionally racist practice. The state's repression of this population does not arise in police violence, but in tendentious actions that determine spaces for certain individuals. Institutionally organized police violence is yet another way to prevent the social, political, economic and intellectual rise of the black population.
Keywords: Sociologia
Racismo - Uberlândia (MG)
Segregação
Estigmatização
Racismo
Racismo institucional
Segregação socioespacial
Estigmatização da população negra
Racism
Institutional racism
Socio-spatial segregation
Stigmatization of the black population
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais
Quote: JESUS, Andreia Sousa de. Perfil do suspeito e racismo institucional : uma análise da ação policial em Uberlândia, Minas Gerais - 2017. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: x
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21023
Date of defense: 14-Mar-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PerfilSuspeitoRacismo.pdfDissertação603.2 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.