Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20699
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: As vogais médias pretônicas no falar de Uberlândia: um estudo variacionista
Alternate title (s): The mean pretonic vowels in the Uberlandia speaking: a variational study
Author: Costa, Priscila Marques
First Advisor: Magalhães, José Sueli de
First member of the Committee: Silva, Ailma do Nascimento
Second member of the Committee: Cristianini, Adriana Cristina
Summary: Esta pesquisa teve como objetivo investigar o abaixamento variável das vogais médias pretônicas no município de Uberlândia-MG. Para o desenvolvimento deste estudo, nos pautamos, principalmente, nos pressupostos teórico-metodológicos de Labov (2008). O corpus desta pesquisa foi composto por 24 entrevistas que fazem parte do banco de dados do Grupo de Estudos em Fonologia (GEFONO), da Universidade Federal de Uberlândia. Os participantes foram estratificados de acordo com três variáveis extralinguísticas, a saber: sexo (masculino e feminino); faixa etária (entre 15 e 25 anos, entre 26 e 49 anos e acima de 49 anos de idade); grau de escolaridade (entre 0 e 11 anos de estudo e com mais de 11 anos de estudo). Além disso, os participantes deveríam ser naturais de Uberlândia e nunca ter morado fora da cidade. As variáveis linguísticas consideradas foram: modo de articulação do contexto precedente à vogal pretônica; ponto de articulação do contexto precedente; modo de articulação do contexto seguinte à vogal pretônica; ponto de articulação do contexto seguinte; altura da vogal tônica; qualidade da vogal tônica; distância da vogal tônica em relação à vogal da sílaba pretônica; distância da vogal pretônica em relação ao início da palavra e tipo de sílaba pretônica. Os dados foram codificados e submetidos ao programa de análise estatística GoldVarb X, cujas rodadas resultaram em um total de 2.549 ocorrências, das quais 1.608 referem-se à vogal /e/ e 941 à vogal /o/. Em 298 ocorrências houve a realização de [e], ao passo que a realização de [o] teve 176 ocorrências. A variável altura da vogal tônica foi a principal favorecedora da variante média baixa no dialeto de Uberlândia-MG, o que caracteriza o abaixamento por meio da harmonia vocálica, uma vez que a presença de uma vogal média baixa na sílaba tônica foi selecionada pelo programa estatístico como a maior favorecedora do abaixamento de ambas as vogais analisadas. Portanto, os resultados mostraram que, na fala dos uberlandenses, predomina a realização das vogais médias altas pretônicas, porém com a presença considerável da variante média baixa, especialmente diante de uma vogal média baixa na sílaba tônica, o que demonstra a variabilidade do fenômeno investigado.
Abstract: This research aims to investigate the variable lowering of pre-stressed mid vowels in Uberlândia-MG. To develop this study, we based mainly on the theoretical-methodological assumptions of Labov (2008). The corpus of this research was composed of 24 interviews that are part of GEFONO's database (Group of Studies in Phonology, at Federal University of Uberlândia). The participants were stratified according to three extra-linguistic variables: gender (male and female); age (form 15 to 25, from 26 to 49 and older than 49) and educational level (between 0 and 11 years of study and above 11 years of study). In addition, the participants should be natural of Uberlândia and never have lived out of this city. The linguistic variables considered were: mode of articulation of the preceding context to the pre-stressed vowel; point of articulation of the preceding context; mode of articulation of the following context to the pre-stressed vowel; point of articulation of the following context; stressed vowel height; stressed vowel quality; distance from stressed vowel to vowel of pre-stressed syllable; distance from the pre-stressed vowel in relation to the beginning of the word and type of pre- stressed syllable. The data were encoded and submitted to the statistical analysis program GoldVarb X, whose rounds resulted in a total of 2,549 occurrences, of which 1,608 refer to the vowel /e/ and 941 to the vowel /o/. In 298 occurrences, there was the realization of [e], while the realization of [□] had 176 occurrences. The variable vowel height of the stressed vowel was the main favored of the variant mid-low in the dialect of Uberlândia, which characterizes the lowering through vowel harmony, since the presence of a mid-low vowel in the stressed syllable was selected by the program as the greatest favoring of lowering in both vowels analyzed. Therefore, the results showed that, in Uberlândia's speech, the realization of mid-high vowels pre-stressed prevails, but with the considerable presence of the variant mid- low, especially when there is a mid-low vowel in the stresed syllable, which demonstrates the variability of the investigated phenomenon.
Keywords: Variação
Vogais Médias Pretônicas
Abaixamento
Variation
Pre-stressed Mid Vowels
Lowering
Linguística
Fonologia
Vogais
Area (s) of CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Quote: COSTA, Priscila Marques. As vogais médias pretônicas no falar de Uberlândia : um estudo variacionista / Priscila Marques Costa. 2017. 99 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: .
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20699
Date of defense: 17-Jul-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VogaisMediasPretonicas.pdfDissertação5.03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.