Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20495
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Uberlândia – 1977/1988: as contradições da modernidade
Author: Roque, Cláudia Rodrigues Pereira
First Advisor: Cardoso, Heloisa Helena Pacheco
First member of the Committee: Rodrigues, Jane de Fátima Silva
Second member of the Committee: Almeida, Paulo Roberto de
Summary: Este trabalho monográfico objetiva destacar como se deu a construção de uma ideologia a partir das relações criadas entre o poder público e a sociedade uberlandense. Caracterizando-se como uma política “aberta”, respaldada na confiança entre poder público e sociedade, que muito se assemelha com o vínculo empregador e empregado, “Paternalismo” e “Democracia Participativa” foram se mesclando na condução da política municipal dos anos 70 e 80. A documentação que apoia esta monografia foi levantada, principalmente, no Arquivo Público Municipal e no Centro de Documentação e Pesquisa em História da Universidade Federal de Uberlândia. Compreende revistas, folhetos, publicações da Prefeitura Municipal e jornais. Desses, sobretudo o Correio de Uberlândia foi fundamental para a recuperação do período 1977/1988, porque sua série completa possibilita ao pesquisador acompanhar o ir e vir da política municipal na ótica dos grupos dirigentes. O trabalho está estruturado em três capítulos. O primeiro apresenta a construção das imagens da cidade e as realizações dos governos em estudo, contrapondo o campo concreto das realizações às formulações abstratas do discurso. O segundo capítulo resgata a contribuição da classe empresarial para alcançar os objetivos traçados, destacando a importância dessa categoria social para o desenvolvimento e a promoção do crescimento do município, bem como para a formação da ideologia de uma sociedade sem conflitos. Por fim, o terceiro capítulo analisa a contradição entre a imagem constituída pelo discurso e a realidade concreta, enfatizando a ocorrência de lacunas existentes entre as realizações e o discurso. As manobras e artimanhas dos administradores não conseguiram camuflar tais lacunas, que sistematicamente vão sendo vislumbradas, principalmente com o agravamento da situação econômica do país nos anos 80. A crise dificulta às autoridades locais alternativas para “suprimir” as deficiências sociais existentes, visto que os cofres públicos municipais também foram afetados por ela, favorecendo a eclosão dos problemas. Em suma, destaca o quanto o ideário burguês estava, e continua, presente na formação ideológica da sociedade local, bem como esta presença marcante não consegue ocultar as contradições decorrentes da modernidade.
Notes: Palavras-chave e resumo criados pelo pesquisador dos Projetos “(Per)cursos da graduação em História: entre a iniciação científica e a conclusão de curso.” (PROGRAD/DIREN/UFU 2017/2018) e “Entre a iniciação científica e a conclusão de curso: a produção monográfica dos Cursos de Graduação em História da UFU” (PIBIC EM CNPq/UFU 2017-2018).
Keywords: Modernidade
Contradições
Uberlândia
1977-1988
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: ROQUE, Cláudia Rodrigues Pereira. Uberlândia – 1977/1988: as contradições da modernidade. 1998. 71 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 1998.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20495
Date of defense: 1998
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UberlandiaContradicoesModernidade.pdfTCC12.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.