Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20445
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Mario de Andrade e sua “A Escrava que não é Isaura”: um manifesto à nova estética poética e a ideia de cultura nacional.
Author: Miranda, Lílian Carvalho de
First Advisor: Barros, Carla Miucci Ferraresi de
Summary: Esse estudo pretende-se uma fotografia do início do movimento modernista, suas estéticas e processos que o constituíram como grande marco na cultura brasileira, além de tecer algumas considerações críticas e pertinentes sobre esses significados. O projeto estético do Modernismo Brasileiro é caracterizado pela substituição de uma linguagem tradicional por uma nova linguagem modernizante, rompendo com os modelos passadistas. A fonte utilizada para a realização do trabalho é o ensaio “A escrava que não é Isaura” (1925), de Mário de Andrade. Esta monografia está dividida em três capítulos: o primeiro se refere ao processo histórico com o qual o movimento surgiu bem como o arsenal teórico que o baseou no Brasil. O segundo capítulo se refere à trajetória de vida e obra de Mário de Andrade e seu arsenal teórico metodológico de trabalho. O último analisa a obra “A escrava que não é Isaura” dividindo-se em questões estéticas e questões de identidade nacional. O livro foi resultado de intensos estudos e pesquisas estéticas que compõem espécie de tratado sobre a estética modernista.
Notes: Palavras-chave e resumo criados pelo pesquisador dos Projetos (Per)cursos da graduação em História: entre a iniciação científica e a conclusão de curso (PROGRAD/DIREN/UFU 2017/2018) e Entre a iniciação científica e a conclusão de curso: a produção monográfica dos Cursos de Graduação em História da UFU (PIBIC EM CNPq/UFU 2017-2018).
Keywords: Mário de Andrade
A escrava que não é Isaura
Modernismo
Brasil
Década de 1920
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: MIRANDA, Lílian Carvalho de. Mario de Andrade e sua “A Escrava que não é Isaura”: um manifesto à nova estética poética e a ideia de cultura nacional. 2015. 67 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20445
Date of defense: 2015
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarioAndradeEscrava.pdfTCC596.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.