Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19803
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Fantasia e História: uma abordagem teórica em J. R. R. Tolkien
metadata.dc.creator: Gomes, Emanuelle Garcia
metadata.dc.contributor.advisor1: Voigt, André Fabiano
metadata.dc.contributor.referee1: Morais, Sergio Paulo
metadata.dc.contributor.referee2: Hering, Fabio Adriano
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação pretende investigar a literatura de fantasia como em contos de fadas a partir do aparente impasse entre a racionalidade e a ordem mágica e poética. Teriam as narrativas maravilhosas algo a dizer? A visão mágica dos textos pode deixar de ser restrita apenas às crianças? Por que razão esse tipo de narrativa é caracterizado pela teoria literária (bem como os críticos literários) como uma literatura menor? Se as mesmas não têm muito a dizer, por que permanecem conhecidas e constantemente recriadas, ou estudadas e analisadas por outras áreas do conhecimento, como a psicanálise? A imaginação norteia a produção nas artes e, como um ato humano, propõe um olhar mais denso e consistente. Com isso, a fonte dessa investigação é o autor e acadêmico J. R. R. Tolkien. Assim, sob o viés da criação artística, a tentativa é formular a contraposição entre duas grandes correntes de análise do efeito proporcionado pela trama que possui sua importância histórica: a tradição platônico/aristotélica versus a tradição estética de Kant e dos românticos.
Abstract: This dissertation intends to investigate fantasy literature as in fairy tales from the apparent impasse between rationality and the magic and poetic order. Would the fantasy narratives have something to say? Could the magical vision of texts not be restricted just to children readers? Why is this kind of narrative characterized by literary theory (as well as literary critics) as a minor literature? If they do not have much to say, why do they still remain known and constantly recreated, or studied and analyzed by other areas of knowledge, such as psychoanalysis? Imagination guides the production in the arts and, as a human act, proposes a denser and more consistent view. Therefore, the author and academic J. R. R. Tolkien is the source of this research. Thus, under the artistic creation view, the attempt is to formulate the contraposition between two great currents analysis of the effect provided by the plot that has its historical importance: the Platonic/Aristotelian tradition versus Kant and the romantics’ esthetic tradition.
Keywords: História
Literatura e história
Tolkien, J. R. R. (John Ronald Reuel), 1892-1973 - História e crítica
Alegoria
Fantasia
History
Allegory
Fantasy
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: GOMES, Emanuelle Garcia. Fantasia e História: uma abordagem teórica em J. R. R. Tolkien. 2017. 110 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19803
Issue Date: 21-Jun-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FantasiaHistoriaAbordagem.pdfDissertação3.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.