Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19736
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: (Im)possibilidades de tomada da palavra em língua inglesa por alunos da Terceira Idade
metadata.dc.creator: Menezes, Stella Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: Tavares, Carla Nunes Vieira
metadata.dc.contributor.referee1: Bertoldo, Ernesto Sérgio
metadata.dc.contributor.referee2: Leite, João de Deus
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa objetiva analisar como se dá ou não o processo de tomada da palavra na língua inglesa em um curso de Ensino de Língua Inglesa para Terceira Idade na cidade de Uberlândia, que faz parte de um projeto de extensão para a inclusão desses alunos no ambiente de ensino de língua inglesa. Partindo do pressuposto de que o processo de ensino- aprendizagem de uma língua demanda que alguém se inscreva nas discursividades mediadas por ela, acredito que esta inscrição se dá pela inserção do aluno em um processo de tomada da palavra. Este evento é considerado como um processo, pois é composto por duas condições interligadas: ser tomado pela palavra para, então, tomar a palavra, visto que esse processo está para a ordem de uma identificação do sujeito à e na Língua Inglesa. A partir dos processos identificatórios, talvez seja possível ao aluno ser tomado pela palavra, para então tomar a palavra e se lançar em uma troca linguageira. A subjetividade, portanto, é decisiva no processo. Nos recortes de análise, apresento alguns mo(vi)mentos nos quais é possível identificar indícios e analisar efeitos da subjetividade do aluno emergindo durante a atividade e a (im)possibilidade do processo de tomada da palavra. O material de análise constitui-se de filmagens feitas das aulas, durante a quarta edição do curso no ano de 2014, desenvolvidas no curso Ensino de Inglês para a Terceira Idade, de dois questionários aplicados aos alunos, um no início do curso e o outro no término, além de anotações feitas por mim durante as aulas em um diário de campo. As cenas enunciativas foram analisadas à luz de algumas noções advindas da Psicanálise freudo-lacaniana e da teoria da enunciação de Benveniste, valendo- me do paradigma indiciário proposto por Ginzburg. Os indícios de identificação à e na Língua Inglesa me levam a articular os conceitos da Psicanálise, ao passo que os indícios de semantização me remetem à teoria da enunciação de Benveniste. A partir do gesto analítico sobre o corpus, foi possível obervar que, mesmo no que é considerado como nível mais inicial de ensino-aprendizagem da Língua Inglesa, é possível perceber indícios da subjetividade emergindo durante atividades, pois realizar mo(vi)mentos em direção à tomada da palavra nessa língua outra não está somente para a ordem de um nível de competência comunicativa alta, e, sim, para a ordem de possíveis identificações do aluno na e à essa língua.
Abstract: This research aims at analyzing how the process of taking the floor in the English language is (or is not) carried out in an English Course for Senior Citizens in the city of Uberlândia, which is part of an extension project for the inclusion of these students in the environment of English teaching. Assuming that the teaching-learning process of a language demands that one inscribes oneself in the discourses mediated by it, I believe that this inscription takes place by the insertion of the student in work taking process. This event is regarded as a process, because it is composed of two interrelated conditions: to be taken by the word and to take the floor, since this process corresponds to an identification of the subject to and in the English Language. Starting from the identification processes, it might be possible for the student to be taken by the word, to take the floor and engage in language exchanges. Subjectivity, therefore, is decisive in this process. In the analysis cutouts, I present some mo(vi)ments in which it is possible to identify clues and analyze the effects of student subjectivity emerging during the activity, and the (im)possibility of the taking the floor process. The corpus analyzed is based on the footage of the classes filmed during the fourth edition of the course in the year 2014, developed in the English for the Elderly course, two questionnaires applied to the students, one at the beginning of the course and the other in the end, plus notes taken by me during class in a logbook. The enunciative scenes were analyzed under some notions from freudian and lacanian psychoanalysis and Benveniste's theory of enunciation, using the indiciary paradigm proposed by Ginzburg. The signs of identification to and in the English Language lead me to articulate the concepts of psychoanalysis, while the signs of semantization refer me to the theory of Benveniste's enunciation. From the analytical gesture on the corpus, it was possible to observe that, even in what is considered the most initial level of teaching and learning of the English Language, the emerging of subjectivity during activities is possible; since mo(vi)ments towards taking floor in that language is not restricted to a high level of communicative competence, but is due to possible identifications of the student in and to that language.
Keywords: Linguística
Língua inglesa - Estudo e ensino
Lingua inglesa - Idosos
Oralidade
Tomada da palavra
Terceira idade
Taking the floor
Orality
Elderly
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos
Citation: MENEZES, Stella Ferreira. (Im)possibilidades de tomada da palavra em língua inglesa por alunos da Terceira Idade. 2017. 115 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19736
Issue Date: 27-Jul-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Estudos Linguísticos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ImpossibilidadeTomadaPalavra.pdfDissertação5.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.