Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19428
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Embargado
Title: Qualidade de vida relacionada à saúde bucal de crianças com deficiências e a percepção dos pais
metadata.dc.creator: Silva, Rachel de Freitas
metadata.dc.contributor.advisor1: Prado, Alessandra Maia de Castro
metadata.dc.contributor.referee1: Moreira, Marília Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Fabiana Sodré de
metadata.dc.description.resumo: A deficiência é um conceito em evolução e considera-se que pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas. No último censo realizado, em 2010, o número de pessoas portadoras de algum tipo de deficiência era 24% (quase 45,6 milhões de brasileiros). A literatura relata que 13-75% das crianças com necessidades especiais tiveram problemas em obter o cuidado em saúde bucal. Os problemas de saúde bucal na infância podem causar impacto na vida diária e na vida de suas famílias. Desta forma, o objetivo deste estudo é realizar uma revisão de literatura sobre a qualidade de vida de crianças com deficiências em relação à saúde bucal e percepção dos pais. As condições de saúde bucal influenciam diretamente na qualidade de vida da criança, causando consequências na vida diária, tais como a dificuldade em se alimentar, limitações em sorrir e falar, autoestima e bem-estar emocional. Entende-se como qualidade de vida, segundo a Organização Mundial de Saúde, a expectativa que cada indivíduo tem sobre sua própria vida, seus objetivos e valores. Estudos voltados ao público infantil sobre a qualidade de vida relacionada à saúde bucal ainda são escassos. Foram encontrados oito estudos que utilizaram o COHQOL (P-CPQ E FIS) ou o ECOHIS como instrumento para avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde bucal de crianças com deficiências e um estudo qualitativo, por meio de uso de entrevistas. Embora seja um assunto de grande importância para o bem estar de crianças com deficiências, ainda existem poucos estudos que avaliam a qualidade de vida relacionada à saúde bucal dessas crianças. Pode-se concluir a partir deste estudo que a cárie dentária e a saúde bucal tem impactos negativos na qualidade de vida de crianças com deficiências tanto relacionado aos sintomas orais como a dor, ou ao bem estar geral e convívio social.
Keywords: Crianças com deficiências
Percepção dos pais
Qualidade de vida relacionada à saúde bucal
Cárie dentária
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::ODONTOPEDIATRIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: SILVA, Rachel de Freitas. Qualidade de vida relacionada à saúde bucal de crianças com deficiências e a percepção dos pais. 2017. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19428
Issue Date: 4-Jul-2017
Appears in Collections:TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QualidadeVidaRelacionada.pdf2.58 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.