Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18993
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Bioestimulantes na cultura do milho: impacto na nutrição e nos parâmetros biométricos
metadata.dc.creator: Barcelos, Guilherme Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Lana, Regina Maria Quintão
metadata.dc.contributor.referee1: Pereira, Vanderley José
metadata.dc.contributor.referee2: Sá Júnior, Adílio de
metadata.dc.description.resumo: O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de Zea mays L. (cereal mais plantado no país), desta forma diversas tecnologias são incorporadas anualmente a essa cultura com o intuito de aumentar e melhorar a produção. Dentre essas tecnologias estão os bioestimulantes, que são uma mistura de dois ou mais reguladores vegetais ou de reguladores vegetais com outras substâncias (aminoácidos, nutrientes e vitaminas), que em pequenas quantidade vão provocar alterações morfológicas e fisiológicas do vegetal. Diante disso, objetivou-se determinar a relevância da utilização dos bioestomulantes na cultura do milho com o híbrido NS 92 PRO, de modo a entender qual o impacto desses produtos no crescimento das plantas de milho e sua interação com o balanço nutricional das plantas. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, no período de maio a junho de 2016. O delineamento utilizado foi de blocos casualizados composto por 6 tratamentos e 5 blocos, sendo os tratamentos constituídos por diferentes bioestimulantes (T1- Testemunha; T2- Biocrop; T3- Stimulate; T4- Booster; T5- Amino Speed; T6- Spin), aplicados no tratamento de sementes ou pulverizados no estádio V3. Os resultados indicaram que endógenos de homônios vegetais do híbrido NS 92 PRO foram suficientes para o bom desempenho das plantas; os bioestimulantes testados infuênciaram no desenvolvimento de massa foliar seca, massa fresca de raízes e nos teores de potássio presente nas folhas do híbrido NS 92 PRO; o Stimulate e Amino Speed são bioestimulantes que apresentaram resultados positivos para o híbrido NS 92 PRO
Keywords: Zea mays L.
Bioestimulante
Parâmetros biométricos
Teores nutricionais de folhas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: BARCELOS, Guilherme Silva. Bioestimulantes na cultura do milho: impacto na nutrição e nos parâmetros biométricos. 2016. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18993
Issue Date: 12-Dec-2016
Appears in Collections:TCC - Agronomia (Uberlândia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BioestimulantesCulturaMilho.pdfTCC373.48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.