Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18658
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Processo saúde-doença do docente de universidade pública: inquietações sobre o sofrimento psíquico na UFU
Other Titles: Health and illness process of public university professor: thoughts on psychic suffering at UFU
metadata.dc.creator: Macedo, Abadia de Fátima Rosa
metadata.dc.contributor.advisor1: Menezes, Lucianne Sant'Anna de
metadata.dc.contributor.referee1: Elias, Marisa Aparecida
metadata.dc.contributor.referee2: Querino, Rosimar Alves
metadata.dc.description.resumo: Tendo como pano de fundo a temática dos novos modos de produção de subjetividade na contemporaneidade e de seus efeitos nos sujeitos e nos laços sociais, o objetivo geral desta pesquisa é examinar como o referencial da teoria de Christophe Dejours poderia colaborar para a compreensão do processo saúde-doença do professor de universidade pública. E, como consequência, os objetivos específicos são investigar as condições de trabalho e aspectos do processo de trabalho que podem gerar sofrimento no docente e, a partir disso, procurar delinear algumas características do sofrimento docente na Universidade Federal de Uberlândia, de modo a poder subsidiar o setor de ações de promoção à saúde dessa instituição com conhecimentos sistemáticos que possam ser úteis para planejar ações voltadas à saúde do trabalhador docente dessa universidade. Trata-se de uma pesquisa que espera estabelecer uma articulação teórica na interface do campo da saúde do trabalhador com a Psicodinâmica do Trabalho, em que o material selecionado para estudo foi analisado segundo a abordagem de análise de conteúdo, na modalidade temática. Foi possível criar cinco categorias temáticas: condições e organização do trabalho; causas de sofrimento e desprazer; defesas detectadas; sintomas e adoecimentos; e, causas de prazer e realização. Os dados foram remetidos, em especial, à categoria teórica de sofrimento psíquico de Christophe Dejours, por meio de trabalho comparativo entre textos deste autor relativos ao objeto recortado para investigação. Este repertório conceitual foi colocado em interlocução com autores do campo da saúde do trabalhador e com comentadores do tema do sofrimento e do adoecimento do professor universitário. Os resultados apontam novas configurações da organização do trabalho cujas características e condições indicam a precarização do trabalho docente na universidade pública. Este cenário vai levando o docente a se afastar de sua função social. Com relação aos professores da UFU foi possível detectar o adoecimento psíquico, de modo que compreendemos que os transtornos mentais seriam um indicativo de sofrimento patogênico no trabalho.
Abstract: Having as background the subject of new ways of subjectivity production and its effects on the individual and its social bonds, the overall aim of this research is to examine how Christophe Dejours’ theory could help understanding the health and illness process amongst public university professors. As a result, its specific aims include examining work conditions and working process’ aspects that may cause professors to suffer as well as to systematize characteristics of such suffering at Federal University of Uberlândia so that it may be useful for the planning of actions to promote health among professors. It does so interfaced with the fields of work psychodynamics theory, workers’ health, and sociology of work. The research is supposed to establish a theoretical articulation of occupational health field and the psychodynamics of work theory. Research data were analyzed according to the content analysis approach, in its thematic modality. Five thematic categories were work conditions and work organization, causes of pain and displeasure, detected defenses, symptoms and illnesses; and causes of pleasure and accomplishment. Data were placed within Dejours’ theoretical category of psychic suffering through a comparison of texts this author related to the research’s subject matter and data. This conceptual repertoire was considered in dialogue with occupational health field’s authors and with commentators of university professor suffering and illness as a theme. Results point out new work organization settings whose characteristics and conditions indicate the precariousness of teaching work setting at public universities. This scenario tends to lead professors to withdraw from his/her social function due to sickness. Regarding professors at UFU, results allowed recognizing the existence of psychic illness. Therefore, mental disorders would be indication of pathogen suffering in work settings.
Keywords: Geografia médica
Saúde e trabalho
Doenças profissionais
Professores universitários - Stress ocupacional
Saúde do trabalhador
Sofrimento psíquico
Adoecimento psíquico
Trabalho docente
Psicodinâmica do Trabalho
Occupational health
Psychic suffering
Psychic illness
Teaching work
Psychodynamics of work
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)
Citation: MACEDO, Abadia de Fátima Rosa. Processo saúde-doença do docente de universidade pública: inquietações sobre o sofrimento psíquico na UFU. 2017. 103 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18658
Issue Date: 25-Apr-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ProcessoSaudeDoenca.pdfDissertação11.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.