Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18373
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Qualidade de vida de profissionais de enfermagem que atuam em uma unidade de pronto socorro de um hospital público de grande porte
metadata.dc.creator: Nogueira, Roberta Peixoto
metadata.dc.contributor.advisor1: Aragão, Ailton de Souza
metadata.dc.contributor.referee1: Junqueira, Marcelle Aparecida de Barros
metadata.dc.contributor.referee2: Lourenço, Edvânia Ângela de Souza
metadata.dc.description.resumo: O trabalho é uma atividade humana cuja essencialidade permite ao homem viver em sociedade. O trabalhador se torna protagonista neste sentido e voltar o olhar para esses sujeitos constitui foco desta pesquisa, que tratará em específico dos trabalhadores da equipe de enfermagem. Profissionais estes que desempenham a atividade laboral em circunstâncias adversas de conflitos pessoais e coletivos, com sobrecarga de trabalho, situações ambientais e estruturais desfavoráveis, incitando possibilidades de adoecimento. No âmbito hospitalar, em que a assistência de saúde é ofertada durante as vinte e quatro horas do dia, os trabalhadores de enfermagem ainda estão dispostos em escalas de trabalho em turnos, que constituiu uma importante variável de análise considerando as repercussões da jornada de trabalho noturno à vida biopsicossocial desses sujeitos. Com face ao trabalho da enfermagem, à jornada de trabalho em turnos, entendendo o trabalho como central, considerando suas implicações à saúde do indivíduo, e relacioná-lo à Qualidade de Vida, tornam-se importantes objetos de estudo e que configura esta pesquisa. Com o objetivo de avaliar a Qualidade de Vida desses profissionais utilizou-se da técnica de triangulação de métodos com a aplicação de questionário WHOQOL-abreviado, configuração do Perfil Socioeconômico e realização de sessões de Grupo Focal. Constitui uma pesquisa de campo, explicativa, de abordagem quantitativa e qualitativa. Uma equipe de enfermagem trabalhadora no Hospital de Clínicas de Uberlândia (HC-UFU) da unidade de Pronto Socorro (PS) foi escolhida enquanto alvo desta investigação, entendendo a intensificação da rotina de trabalho em situações de urgência emergência. Por ser uma Instituição Hospitalar pública de grande porte e referência para a região adstrita do Triângulo Mineiro, além de um setor alvo cujas dinâmicas de trabalho são densas, os resultados oriundos da pesquisa têm potencial diagnóstico com o fim de promoção de saúde e prevenção de doenças e agravos aos trabalhadores. Participaram desta pesquisa 127 trabalhadores de enfermagem das diferentes categorias: técnicos e auxiliares de enfermagem, além de enfermeiros. Os resultados obtidos evidenciaram que os trabalhadores estão satisfeitos com a Qualidade de Vida, a partir dos resultados tanto quantitativos quanto qualitativo, porém com possibilidades de melhorias diante os enfrentamentos e dificuldades, elencadas por eles próprios na sessão de Grupo Focal, de diferentes naturezas (física, ambiental, social e psíquica). Em uma perspectiva de turnos os resultados não evidenciaram discrepâncias significativas dos dados obtidos quando comparados. A pesquisa evidenciou uma realidade de trabalhadores com características específicas que repercutem diretamente à avaliação de Qualidade de Vida, destacando-se neste sentido o vínculo empregatício e escolaridade. O adoecimento “no” e “pelo” trabalho têm sido uma constante, conforme evidenciam as bases teóricas, com implicações individuais e coletivas; quando debruçamos sobre os profissionais da saúde verificam-se as contradições entre os processos de trabalhos institucionais e a realização pessoal que impactam no cuidado dos pacientes. Urge aprofundar a investigação dos condicionantes envolvidos nos processos e relações de trabalho em geral, no qual se inscrevem os profissionais da saúde, vislumbrando possibilidades de crítica e de superação dos elementos produtores do adoecimento.
Abstract: Work is a human activity whose essentiality allows man to live in society. The worker becomes the protagonist in this sense and to return the look to these subjects is the focus of this research, which will deal specifically with the nursing team workers. Professionals who perform the work activity in adverse circumstances of personal and collective conflicts, with work overload, unfavorable environmental and structural situations, inciting possibilities of illness. In the hospital setting, where health care is offered during the twenty-four hours of the day, nursing workers are still arranged in shift work schedules, which constituted an important variable of analysis considering the repercussions of the night shift To the biopsychosocial life of these subjects. With regard to the work of nursing, working shift, understanding the work as a center, considering its implications to the health of the individual, and relate it to Quality of Life, become important objects of study and that configures this research. With the objective of evaluating the Quality of Life of these professionals, we used the technique of triangulation of methods with the application of WHOQOL-abbreviated questionnaire, configuration of the Socioeconomic Profile and the accomplishment of Focal Group sessions. It is a field research, explanatory, of quantitative and qualitative approach. A nursing nursing team at the Hospital of Clinics of Uberlândia (HC-UFU) of the Emergency Room (PS) was chosen as the target of this investigation, understanding the intensification of the work routine in emergencies. Because it is a large public hospital and a reference to the affluent region of the Triângulo Mineiro, in addition to a target sector whose work dynamics are dense, the results from the research have diagnostic potential for the purpose of health promotion and disease prevention and injuries to the workers. Participated in this research 127 nursing workers from different categories: nursing technicians and auxiliaries, as well as nurses, participated in this study. The results obtained evidenced that the workers are satisfied with Quality of Life, from both quantitative and qualitative results, but with the possibility of improvement in face of the confrontations and difficulties, which they themselves identified in the Focus Group session, of different natures , Environmental, social and psychic). From a shift perspective the results did not show significant discrepancies in the data obtained when compared. The research evidenced a reality of workers with specific characteristics that directly affect the evaluation of Quality of Life, highlighting in this sense the employment relationship and schooling. The illness "no" and "by" work have been a constant, as evidenced by the theoretical bases, with individual and collective implications; When we look at health professionals, there are contradictions between the processes of institutional work and the personal fulfillment that impact on patient care. It is urgent to deepen the investigation of the determinants involved in processes and labor relations in general, in which the health professionals are enrolled, glimpsing possibilities of criticism and overcoming the elements that produce the disease.
Keywords: Geografia
Geografia médica - Uberlândia (MG)
Qualidade de vida no trabalho
Enfermagem de emergência
Trabalho
Enfermagem
Qualidade de Vida
Work
Nursing
Quality of life
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)
Citation: NOGUEIRA, Roberta Peixoto. Qualidade de vida de profissionais de enfermagem que atuam em uma unidade de pronto socorro de um hospital público de grande porte. 2017. 160 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18373
Issue Date: 14-Mar-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QualidadeVidaProfissionais.pdfDissertação1.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.