Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18151
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Romantismo: concepções estéticas, culturais e historiográficas na obra Os Miseráveis (1862) de Victor Hugo
metadata.dc.creator: Santos, Fernando Cesar dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Ramos, Rosangela Patriota
metadata.dc.contributor.referee1: Costa, Rodrigo de Freitas
metadata.dc.contributor.referee2: Ramos, Alcides Freire
metadata.dc.description.resumo: Buscando compreender como o homem moderno se construiu e se modificou, sobretudo a partir do movimento estético do Romantismo e em suas concepções originais acerca da arte e da sociedade, abordamos a obra “Os Miseráveis” (1862), de Victor Hugo, na ânsia que revelar alguns elementos que se comportaram como preponderantes na construção deste indivíduo. A partir de sua idealização, Hugo nos remete a um contexto de grande ebulição política, social, artística e mesmo cultural em que vários paradigmas são colocas à prova por uma classe de artistas que busca romper com o poder instituído nos mais diversos elementos que compunham sua sociedade. Uma nova visão de mundo, representada com uma pulsante vibração estética, procurava redirecionar o caminho do homem moderno desembocando em exacerbações sentimentais, em inversão da lógica racionalista para uma idealização intuitiva, em concepções de projetos de nação baseadas na igualdade do indivíduo e em sua capacidade de autodeterminar-se diante da vida e da arte. Sendo assim, “Os Miseráveis” se coloca como obra romântica que visa ao progresso do homem, baseada no racionalismo, mas que visa constrói-se a partir da intuição idealizada e sentimental.
Keywords: Romantismo
Os Miseráveis
Progresso
Idealização
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: SANTOS, Fernando Cesar dos. Romantismo: concepções estéticas, culturais e historiográficas na obra Os Miseráveis (1862) de Victor Hugo. 2014. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18151
Issue Date: 2014
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RomantismoConcepçõesEstéticas.pdfTCC578.18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.