Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18060
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Fatores preditivos da qualidade de vida e da intensidade de sintomas do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade em crianças e adolescentes
metadata.dc.creator: Lemes, Paula
metadata.dc.contributor.advisor1: Morales, Nívea de Macedo Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Barroso, Sabrina Martins
metadata.dc.contributor.referee2: Ladico, Veridiana Silva Nogueira
metadata.dc.contributor.referee3: Rossini, Joaquim Carlos
metadata.dc.contributor.referee4: Mendonça, Tânia Maria da Silva
metadata.dc.description.resumo: Introdução: O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) em crianças e adolescentes consiste em uma importante fonte de encaminhamento ao sistema de saúde em virtude dos prejuízos multidimensionais na vida desses indivíduos, especialmente no âmbito acadêmico, social e familiar, com impacto negativo na qualidade de vida (QV). Assim, conhecer os fatores associados aos sintomas e prejuízos ocasionados por essa condição clínica possibilitará melhor compreensão do transtorno e consequentemente o direcionamento das estratégias terapêuticas mais eficazes. Por isso, esta pesquisa teve o objetivo de verificar se o desempenho neuropsicológico e desempenho escolar são fatores preditivos da intensidade de sintomas de desatenção e hiperatividade e da qualidade de vida. Método: Participaram do estudo 96 crianças/adolescentes entre 6 a 16 anos (média = 10,23 anos; DP = 2,37) com diagnóstico de TDAH. Foram aplicados: questionário SNAPIV para avaliar a intensidade de sintomas de desatenção e de hiperatividade; TDE para avaliar o desempenho escolar; WISC-III para avaliar o desempenho neuropsicológico; e Peds-QL 4.0 para avaliar a qualidade de vida. Foram realizadas análises de correlação e o Modelo Linear Geral (GLM). Resultados: Nas análises univariadas, o sexo apresentou efeito significativo na intensidade de sintomas de desatenção e de hiperatividade e no domínio físico da QV; a idade presentou efeito somente na intensidade de sintomas de desatenção e no domínio social da Q; os escores de escrita, aritmética, leitura e total do desempenho escolar apresentaram efeito no domínio escolar da QV. Na análise multivariada, o desempenho neuropsicológico apresentou efeito na intensidade de sintomas e no domínio social da QV; o desempenho escolar apresentou efeito nos domínios físico, emocional e social da QV. Conclusão: O desempenho neuropsicológico não demonstrou ser um fator preditivo da intensidade de sintomas de desatenção e de hiperatividade e da qualidade de vida de crianças e adolescentes com TDAH. O desempenho escolar foi preditivo tanto da intensidade de sintomas quanto da qualidade de vida no grupo estudado. Os resultados deste estudo implicam na necessidade de maior atenção ao bem estar das crianças e adolescentes com diagnóstico de TDAH relacionado ao desempenho acadêmico.
Abstract: Introduction: Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) in children and adolescents is an important source of referral to the health system due to the multidimensional impairments in these individuals lives, especially in the academic, social and family contexts, with an impact on their quality of life (QoL). Thus, knowing the factors associated with the symptoms and damages caused by this clinical condition will allow a better understanding of the disorder, consequently the direction of the most effective therapeutic strategies. Therefore, this research aimed to verify if neuropsychological performance and school performance are predictive factors of the intensity of symptoms of inattention and hyperactivity and of the quality of life. Methods: A total of 96 children/adolescents aged 6 to 16 years (mean = 10.23 years; SD = 2.37) with a ADHD diagnosis participated in the study. We applied: SNAP-IV questionnaire to assess the symptoms intensity of inattention and hyperactivity; TDE to assess school performance; WISC-III to assess neuropsychological performance; and Peds-QL 4.0 to assess quality of life. Correlation analysis and the General Linear Model (GLM) were performed. Results: In the univariate analysis, sex had a significant effect on the symptoms intensity of inattention and hyperactivity and on the physical domain of QoL; age had an effect only on the symptoms intensity of inattention and on the social domain of QoL; the writing, arithmetic, reading and total scores of school performance had effects in the academic domain of QoL. In the multivariate analysis, neuropsychological performance showed effect on the symptoms intensity and on the social domain of QoL; school performance had effect on the physical, emotional and social domains of QoL. Conclusions: Neuropsychological performance dit not show to be a predictive factor of the symptoms intensity of inattention and hyperactivity and the quality of life of children and adolescents with ADHD. School performance was predictive of both symptoms intensity and quality of life in the group studied. The results of this study imply the need for greater attention of children and adolescents well-being diagnosed with ADHD related to academic performance.
Keywords: Ciências médicas
Crianças hiperativas
Neuropsicologia
Qualidade de vida
Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade
Neuropsicologia
Criança
Adolescente
Qualidade de vida
Attention deficit hyperactivity disorder
Neuropsychology
Child
Adolescent
Quality of life
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: LEMES, Paula. Fatores preditivos da qualidade de vida e da intensidade de sintomas do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade em crianças e adolescentes. 2016. 83 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18060
Issue Date: 16-Dec-2016
Appears in Collections:TESE - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FatoresPreditivosQualidade.pdfTese4.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.