Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17895
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Reconhecimento biométrico considerando a deformação não linear da íris humana
Author: Bernadelli, Cláriton Rodrigues
First Advisor: Veiga, Antônio Cláudio Paschoarelli
First member of the Committee: Silva, Marcelo Ponciano da
Second member of the Committee: Medeiros, Luciano Xavier
Third member of the Committee: Pereira, Milena Bueno
Fourth member of the Committee: Carrijo, Gilberto Arantes
Summary: Os sistemas biométricos que utilizam a informação contida na textura da íris têm recebido grande atenção nos últimos anos. A grande variação em textura da íris permite o desenvolvimento de sistemas de reconhecimento e de identificação com taxas de erro quase nulas. Entretanto, de forma geral, as pesquisas nesta área ignoram os problemas associados aos movimentos de contração e dilatação da íris que geram diferenças significativas entre as imagens inscritas em uma base de dados e a imagem de teste. Este trabalho, além de desenvolver um sistema de reconhecimento de íris tradicional, composto pelas etapas de detecção, segmentação, normalização, codificação e comparação, determina de forma quantitativa o efeito dos movimentos da íris na precisão do sistema de reconhecimento. Além disso, este trabalho propõe um novo método para diminuir a influência da dinâmica da íris, verificado pela decidibilidade e pela Taxa de Erro Igual (EER), obtidas na comparação entre códigos de íris em estados de dilatação bem diferentes. O novo método utiliza a técnica Dynamic Time Warping para corrigir e comparar os vetores de gradientes extraídos da textura da íris. Dessa forma, as características mais discriminantes da imagem de teste e da imagem da galeria são alinhadas e comparadas, considerando a deformação não linear do tecido da íris. Os resultados experimentais, utilizando imagens dinâmicas, indicam que a performance do sistema piora quando a comparação é feita com imagens em estados de contração diferentes. Para a comparação direta entre íris bem contraída com íris bem dilatada o método proposto melhora a decidibilidade de 3,50 para 4,39 e a EER de 9,69% para 3,36%.
Abstract: The biometric systems that use the information on iris texture has received great attention in recent years. The extraordinary variation in iris texture allows the creation of recognition and identification systems with almost zero error rates. However, in general, researches ignore the problems associated with contraction and dilation iris movements that can result in significant differences between the enrollment images and the probe image. This work, in addition to developing a traditional iris recognition system, comprising the steps of detection, segmentation, normalization, encoding and comparison, determines quantitatively the iris motion effect in recognition system accuracy. In addition, this paper proposes a new method to reduce the influence of dynamic iris, verified by decidability and the Equal Error Rate (EER), obtained in the comparison between iris codes in very different expansion states. The new method uses Dynamic Time Warping technique to correct and compare the gradient vectors extracted from iris texture. Thus, the most discriminant features of the test image and enrollment image are aligned and compared, considering the non-linear distortion of the iris tissue. Experimental results using dynamic images indicate that system performance gets worse with comparison on images in different states contraction. For direct comparison with contracted and dilated iris the proposed method improves the decidability of 3.50 to 4.39 and EER of 9.69% to 3.36%.
Keywords: Engenharia elétrica
Biometria
Iris (Olhos)
CASIA-IRIS-Lamp
Decidibilidade
Dynamic Time Warping
EER
Histograma de Gradientes Orientados
Area (s) of CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica
Quote: BERNADELLI, Cláriton Rodrigues. Reconhecimento biométrico considerando a deformação não linear da íris humana. 2016. 100 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17895
Date of defense: 27-Jun-2016
Appears in Collections:TESE - Engenharia Elétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ReconhecimentoBiometricoConsiderando.pdfTese2.74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.