Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17643
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Aglomeração urbana descontínua: o exemplo de Araguari e Uberlândia/MG
metadata.dc.creator: Araújo, Flávia Aparecida Vieira de
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Beatriz Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee1: França, Iara Soares de
metadata.dc.contributor.referee2: Lemos, Amália Inés Geraiges
metadata.dc.contributor.referee3: Ferreira, William Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee4: Miyazaki, Vitor Koiti
metadata.dc.description.resumo: A análise das aglomerações urbanas exige o entendimento acerca da diferenciação entre continuidade territorial urbana e continuidade espacial. Enquanto a continuidade espacial é compreendida pelas inter-relações e pelos fluxos estabelecidos, ou seja, pela integração espacial, a continuidade territorial está ligada ao tecido urbano. Portanto, a continuidade espacial pode se manifestar de forma simultânea e associada à descontinuidade territorial. Partindo dessa perspectiva, o objetivo central desta pesquisa consiste em identificar e dimensionar as interações espaciais que levam a um processo de aglomeração urbana entre os municípios de Araguari e Uberlândia/MG, apesar da não continuidade territorial da mancha urbana. A intensidade dessas interações foi identificada a partir dos deslocamentos realizados pelos moradores dos dois municípios em busca de trabalho, educação e saúde. Para o alcance dos objetivos propostos adotaram-se diversos procedimentos metodológicos, tais como a pesquisa bibliográfica e documental. A fim de identificar os fluxos de educação e trabalho analisaram-se os microdados do Censo Demográfico 2010. Para o setor de educação também foi levantado, em Araguari, o local de residência dos alunos matriculados no Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos (IMEPAC) e, em Uberlândia, o local de residência dos alunos matriculados na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). A identificação dos fluxos de saúde foi feita com levantamento, em Uberlândia, da procedência dos pacientes que são internados no Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (HCU/UFU) e, em Araguari, da procedência dos pacientes atendidos no Pronto-Socorro Municipal. Também foram realizadas entrevistas semiestruturadas com diferentes atores sociais. Outra etapa importante foi a aplicação de questionários com usuários do transporte coletivo intermunicipal no embarque em Araguari e em Uberlândia. O trabalho foi organizado em cinco capítulos, sendo que, no primeiro, foi realizada uma discussão teórica sobre o conceito de aglomeração urbana, de forma a apresentar os critérios de identificação e classificação das aglomerações urbanas de caráter não metropolitano. O segundo capítulo analisa o processo de diferenciação entre Araguari e Uberlândia, o qual é resultante da distinta formação territorial dos municípios. O terceiro capítulo analisa a intensidade e o grau das interações espaciais entre os dois municípios, tendo como enfoques os fluxos estabelecidos no setor de trabalho. O quarto, por sua vez, enfoca os fluxos nos setores de educação e saúde, ao passo que o último capítulo realiza uma discussão de forma a investigar se os fluxos analisados nos capítulos anteriores possibilitam identificar se as interações espaciais estabelecidas entre Araguari e Uberlândia são marcadas por complementaridade ou por dependência. Como resultado identificou-se que, em função da expressividade dos fluxos estabelecidos entre os dois municípios frente aos demais do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba nos três setores selecionados, há a configuração de um processo de aglomeração urbana descontínua. Foi possível concluir ainda que, não obstante os fluxos no sentido Araguari-Uberlândia serem mais representativos do que no sentido contrário há coexistência de relações de dependência e de complementaridade entre os dois municípios.
Abstract: The analysis of urban conurbations demands the understanding regarding the difference between urban territorial continuity and spatial continuity. While the spatial continuity is understood due to its interrelations and established fluxes, in other words, through the spatial integration, the territorial continuity is related to the urban tissue. Therefore, the spatial continuity can manifest in a simultaneous way or associated to the territorial discontinuity. From this perspective, the main objective of this research consists on identifying and dimensioning the spatial interactions that are driven to a urban conurbation process between the municipalities of Araguari and Uberlândia/MG, besides the not continuity of the territorial urban area. The intensity of these interactions was identified from the displacements by the dwellers from both municipalities in search of job occupations, education and health assistance. So it would be able to reach the proposed objectives we used several methodological procedures, such as a bibliographic and documental researches. In order to identify the education and work fluxes we analyzed the micro data from the Demographic Census 2010. For the educational sector it was also accomplished a research, in Araguari, the place of residence of students enrolled at Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos (IMEPAC) and, in Uberlândia, the place of residence of students enrolled at Universidade Federal de Uberlândia (UFU). The identification of health fluxes was done through a research, in Uberlândia, of the inpatients' origin at Hospital de Clínicas de Uberlândia of the Universidade Federal de Uberlândia (HCU/UFU) and, in Araguari, of the origin of patients that are attended at the Pronto-Socorro Municipal. Semi structured interviews were also accomplished with different social actors. Another important step was the use of questionnaires with the inter-municipal public transportation users at their boarding place in Araguari and Uberlândia. This paper was organized in five chapters, while in the first one we accomplished a theoretical discussion over the concept of urban conurbation, in order to presenting the identification and classification criteria and the urban conurbation of non metropolitan criteria. The second chapter analyses the differentiation process between Araguari and Uberlândia, which is a result of the distinct territorial formation of the municipalities. The third chapter analyses the intensity and degree of the spatial interactions between the two municipalities, having as a focus the established fluxes in the work sector. The fourth chapter, on the other hand, focuses on the education and health sectors, while the last chapter accomplishes a discussion to investigate if the analyzed fluxes in the previous chapters make it able to identify if the spatial interactions established between Araguari and Uberlândia are measured through complementarities or dependence. As a result it was possible to identify that, due to the expressiveness of the established fluxes between the two municipalities, beyond the further ones of Triângulo Mineiro and Alto Paranaíba in the three selected sectors, there is a configuration of a discontinuous urban conurbation process. It was also possible to conclude that, despite the fluxes between Araguari and Uberlândia being more representative than the other way around there's a coexistence dependence relationship and complementarity between the two municipalities.
Keywords: Geografia
Geografia urbana
Planejamento urbano - Araguari (MG)
Aglomeração urbana
Descontinuidade territorial
Continuidade espacial
Fluxos
Urban conurbation
Territorial discontinuity
Spatial discontinuity
Fluxes
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: ARAÚJO, Flávia Aparecida Vieira de. Aglomeração urbana descontínua : o exemplo de Araguari e Uberlândia/MG. 2016. 411 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17643
Issue Date: 15-Jun-2016
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AglomeracaoUrbanaDescontinua.pdfTese8.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.