Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17641
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Cidade média do agronegócio: os efeitos da reestruturação produtiva no município de Rio Verde/GO
metadata.dc.creator: Oliveira, Bianca Simoneli de
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Beatriz Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee1: Pessoa, Vera Lúcia Salazar
metadata.dc.contributor.referee2: Bernardes, Genilda Darc
metadata.dc.contributor.referee3: Oliveira, Hélio Carlos Miranda de
metadata.dc.contributor.referee4: Bacelar, Winston Kleiber de Almeida
metadata.dc.description.resumo: As cidades médias inseridas nas áreas do Cerrado brasileiro estão reestruturando-se no âmbito rural e urbano nas últimas décadas, como reflexo dos investimentos agropecuários. Representante desse processo, escolhemos o município de Rio Verde em função de dois processos: por se desenvolver socioeconomicamente em função da reestruturação produtiva agrícola do Cerrado após 1970, e por oferecer características de cidade média com centralidade regional e contradições intraurbanas. Portanto temos como situação problema o fato de Rio Verde estar inserida numa região agrícola, onde o campo reestruturado cria uma cooperação com a agroindústria e com o setor terciário, estruturando um agronegócio regional de sucesso. No entanto, deixa-nos dúvidas sobre os efeitos da reestruturação produtiva em termos socioeconômicos e ambientais, no que se refere ao campo e à cidade. Portanto, o objetivo dessa tese é contribuir na discussão das cidades médias do Cerrado, cujas funções estejam vinculadas ao agronegócio, e compreender a lógica e os efeitos da reestruturação produtiva no campo e na cidade, tendo Rio Verde - GO como referência para estudo. Com relação ao exercício metodológico da pesquisa, trata-se de uma pesquisa qualitativa, desenvolvida com base no tripé: teórico, documental e campo. Concluímos a tese afirmando que o campo moderno, fruto da reestruturação produtiva agrícola, fomentou uma economia especializada no agronegócio, o que propiciou o enriquecimento do campo, a formação de complexos agroindustriais e a constituição de uma cidade média, especializada no agronegócio, cuja centralidade ultrapassa sua microrregião. Em termos de efeitos, concluímos que processo de reestruturação produtiva agrícola, gerou impactos positivos para a inserção dos Cerrados na economia nacional, e para as cidades inseridas no campo moderno. Por outro lado, campo e cidade inseridos nas regiões agrícolas, mascaram sob o discurso do agronegócio, efeitos perversos de ordem socioeconômica e ambiental, ou seja, um sistema convidativo para investir e, excludente, quando não há o que oferecer. Assim, os problemas são sufocados no local, deixando apenas o discurso da riqueza para ser divulgada em ordem nacional.
Abstract: The average cities inserted in the areas of the Brazilian Cerrado are restructuring in the rural and urban areas in recent decades as a result of agricultural investments. Representative of this process, we chose Rio Verde due to two processes: to develop socioeconomically depending on agricultural production restructuring Cerrado after 1970 and offer average city features regional centrality and intra-urban contradictions. So we have as the problem situation the fact of Rio Verde be inserted in an agricultural region, where the restructured field creates cooperation with the agricultural industry and the tertiary sector, structuring a regional agribusiness success. However, let us doubts about the effects of the restructuring process in socio-economic and environmental terms, in relation to the field and the city. Therefore, the aim of this thesis is to contribute to the discussion about the medium- sized Cerrado cities whose functions are linked to agribusiness, and understand the logic and the effects of the restructuring process in rural and urban areas, having Rio Verde – GO as the reference for studying. Regarding the methodological practice research, it is a qualitative research, developed based on three pillars: theoretical, documentary and field. We conclude the thesis stating that the modern field, the result of agricultural production restructuring, fomented an economy specialized in agribusiness, which led to the enrichment of the field, the formation of agro-industrial complex and the formation of an average city, specializing in agribusiness, whose centrality exceeds its micro-region. In terms of effects, we conclude that process agricultural production restructuring, generated positive impacts for the insertion of Savannahs in the national economy, and to the cities inserted in the modern field. On the other hand, country and city inserted in agricultural regions, masked under the agribusiness speech, perverse effects of socioeconomic and environmental order, is an inviting system to invest and exclusionary, when there is nothing to offer. Thus, the problems are choked on site, leaving only the speech of wealth to be disclosed in the national order.
Keywords: Geografia
Geografia urbana - Rio Verde (GO)
Cidades e vilas - Rio Verde (GO)
Economia agrícola - Rio Verde (GO)
Reestruturação produtiva agrícola
Cidade média do agronegócio
Centralidade regional
Agricultural production restructuring
Average city agribusiness
Regional centrality
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citation: OLIVEIRA, Bianca Simoneli de. Cidade média do agronegócio: os efeitos da reestruturação produtiva no município de Rio Verde/GO. 2016. 332 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17641
Issue Date: 14-Jun-2016
Appears in Collections:TESE - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CidadeMediaAgronegocio.pdfTese13.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.