Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17152
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Sobre o Feminino: Uma Investigação Psicanalítica Com Vislumbres Mítico-Clínico e a Partir da Literatura de Hilda Hilst
metadata.dc.creator: Borges, Fabíola Graciele Abadia
metadata.dc.contributor.advisor1: Romera, Maria Lucia Castilho
metadata.dc.contributor.referee1: Paravidini, João Luiz Leitão
metadata.dc.contributor.referee2: Herrmann, Leda Affonso Figueiredo
metadata.dc.contributor.referee3: Kodato, Sergio
metadata.dc.description.resumo: Esta investigação parte de um incômodo com a situação da mulher contemporânea que se apresenta na clínica, particularmente da escuta dessas mulheres à luz de algumas teorias que as reduzem basicamente a duas condições: de passividade ou de histeria. Durante o percurso da pesquisa, entretanto, tomada pelo método interpretativo, delineia-se também outra questão urgente, que se dirige para um além da mulher. A questão central passa a ser o feminino, que, desde sempre, constitui-se no imaginário, envolto num espectro de terror e fascínio, mais facilmente captado pelas artes do que pela ciência. Para o estudo da questão, a pesquisadora recorre à literatura de Hilda Hilst, ao mito de Eco e Narciso e a um caso clínico. A escuta e a análise desses três elementos conduzem a investigação e possibilitam algumas descobertas/invenções em relação ao feminino, o qual se revela no entrelaçamento com o processo de constituição do sujeito em seu traço fundante do desamparo. Permeado de um caráter subversivo, que suspende padrões - sejam eles de gênero ou não , o feminino aponta para a possibilidade da criação de si mesmo em meio a impossibilidades e desvãos.
Abstract: This investigation begun with a discomfort with contemporary women situation when they come to a clinic, in particular from listening these women at the light of some theories that basically reduce them to two conditions: passivity or hysteria. During the research, however, done by the interpretative method, another urgent question comes to light, going beyond the woman. The core question then becomes the female, which, from the beginning, consists in the imaginary, enveloped in a spectrum of terror and fascination, more easily captured by arts than by science. The author used the literature of Hilda Hilst, the myth of Eco and Narcissus, and a clinic case to study the question. Listening and the analysis of these three elements conducted the investigation and allowed some discoveries/inventions in relation to the female, which are revealed in the entanglement with a process of constitution of the individual in its founding trace of helplessness. Pervaded by a subversive character, which suspends standards be they of genus or not the female points to a possibility of creation of itself in the middle of impossibilities and voids.
Keywords: Feminino
Psicanálise
Literatura
Female
Psychoanalysis
Literature
Psicanálise
Feminilidade (Psicologia)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: BORGES, Fabíola Graciele Abadia. Sobre o Feminino: Uma Investigação Psicanalítica Com Vislumbres Mítico-Clínico e a Partir da Literatura de Hilda Hilst. 2012. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17152
Issue Date: 23-Mar-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf442.57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.